larissae-pedro1592615639 Larissae Pedro

Uma revisão de acontecimentos, explicando cada fato ocorrido na trajetória da vida.


Histórias da vida Todo o público.
0
895 VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo Todas as Sextas-feiras
tempo de leitura
AA Compartilhar

SE CONHECER

Houve um tempo em que ser a melhor em tudo era uma prioridade, mas me parece que quanto mais se busca pela perfeição mais se torna uma pessoa vazia um balão que quanto mais se enche menos se torna alguém, até que se chegue um tempo que de estar tão cheio explode, evaporando todo o ar colocado para dentro, não haverá lembranças boas, não haverá histórias.

Em meu tempo de escola ensino fundamental lembro que não me encaixava em nenhum grupo que se formava, não era patricinha, não era despojada, não era tão ligada a esportes, não era extremamente nerd, me parecia que ou estava muito a frente a todas aquelas pessoas ou a um tempo muito anterior pois quanto mais gostaria de me encaixar a um grupo não conseguia permanecer muito tempo ligada a algumas situações que se sucediam.

Permanecer em silêncio me parecia ser a melhor forma de me tornar algo que realmente gostaria, e dava certo pois quanto mais me distanciava das situações desagradáveis mais me tornava alguém melhor e isso me parecia bom, não era como não ter nenhum amigo isso seria impossível conversava com todos, ria de assuntos banais, fazia brincadeiras tolas, mas na hora de falar sério ou de me posicionar em situações frustantes não me obtinha e mantinha meus pensamentos.

Observar as pessoas é algo incrível e muitos não o fazem, devemos fazer uma projeção do que vivemos para onde queremos ir e aonde podemos chegar, nada tão longe que não possamos sonhar, e nada tão menos que possamos merecer, toda luta vem agregada a muita dor e com a dor vem os aprendizados não pense que para se tornar um grande executivo não teve que começar pelo básico, não quer ser básico seja uma coisa ruim desmerecedor devemos ser feliz naquilo que escolhemos e se tornar cada dia melhor.

Certa vez conheci uma senhora, que me instruiu coisas incríveis onde ousar em ser diferente mas não diferente no sentido ruim, e não diferente no sentido de esnobe, ser a melhor pessoa que poderia ser onde meu eu interior pudesse se orgulhar por cada passo, por cada pedra transformada em degrau, onde a opinião dos outros importasse menos que meu tênis velho mas em bom uso, onde o simples fato de respirar fosse a melhor sensação ao acordar, sentir o sol na pele, a brisa da chuva, o sorriso das pessoas.

Essa sensação de plenitude é meu passado presente e futuro, carregar fardos pesados de mais nos torna sacos fechados cheios de mais para poder absorver coisas novas, pessoas novas momentos novos, deve-se olhar para o que já se viveu e pensar, vivi os melhores momentos, consciente nos meus atos, sem julgamento, cada faze da vida de forma que me sentir completa hoje é algo inexplicável, para se ter boas histórias não é preciso fazer grandes loucuras, não que fazer algumas não seja fora do comum, seja ousado mas seja você não o espelho de alguém querendo copiar algo do outro, viva seus momentos, conte as suas histórias da sua maneira. VIVA!


20 de Junho de 2020 às 01:51 0 Denunciar Insira Seguir história
1
Continua… Novo capítulo Todas as Sextas-feiras.

Conheça o autor

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~