kanaeyy kanaey

"Quando seu mundo desmoronar, conte comigo." Seria uma simples frase, se não significasse tanto para Sasuke. Não porque foi algum amigo a lhe dizer aquilo, e sim, por que foi ele a lhe dizer.


Fanfiction Anime/Mangá Para maiores de 21 anos apenas (adultos).

#guerra #suicídio #naruto-e-sasuke
Conto
2
214 VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Capítulo Único - In the war of despair

“Você de olhos tristes, não desanime.

Eu sei que é difícil tomar coragem em um mundo cheio de gente.

Você pode perder o objetivo e a escuridão dentro de você pode fazê-lo se sentir muito pequeno, mas eu vejo seu verdadeiro caráter, brilhando.

Eu vejo seu caráter, é por isso que eu amo você

Então não tenha medo de mostar a todos o seu verdadeiro caráter”

—True Colors.

“Quandoseu mundo desmoronar, conte comigo.”

Seria uma simples frase, se não significasse tanto para Sasuke. Não porque foi algum amigo a lhe dizer aquilo, e sim, por que foielea lhe dizer.

Queria, e como queria se manter firme a essas palavras. Agarra-se a elas como sua última esperança. Porém, naquele momento era difícil.

Todos presentes naquela guerra sangrenta lutando por sua vida, todos tinham um objetivo. E ele próprio? Qual era seu objetivo?

Tudo estava tão confuso, que não conseguia assimilar do porque estar lutando. De que lado estava? Não sabia, só continuava a lutar. A matar qualquer um que aparecesse em seu caminho.

Rodopiou no ar, e com uma katana em mãos, decepou um ninja que vinha em sua direção. Sangue, sangue e mais sangue; só se via isso por onde se olhava.

Ativou o sharingan, analisando toda a área onde aquela guerra se passava. E foi quando seus olhos captaram a uma certa distância chamas amarelas.

Podia ser qualquer um, mas seu coração insistia em dizer que eraele.

Se desligou de tudo a sua volta, concentrando-se em um único ponto fixo no meio daquele pandemônio, fixo nas chamas. Correu o mais rápido que seus pés permitiam, desviando dos outros ninjas — ou quando não dava para se desviar, os matava.

As fortes correntes do vento castigavam seu pálido rosto como navalhas, porém, nem isso não seria um empecilho para que chegasse atéseu amado.

Olhou rapidamente para trás, o campo de batalha já estava distante, mas o cheiro de sangue fresco ainda era sentido mesmo de longe. Pulou sobre algumas rochas, respirando o mais rápido que os pulmões permitiam.

Não demorou muito, e finalmente, já podia ver com clareza as chamas que envolviamele.As chamas queimavam ao redordele, mais não o tocavam. Ele mantinha a cabeça baixa, estava de costa para Sasuke. Os músculos do corpo pareciam tensos.

Ele não era assim, seuloiro não era de se abater daquela forma!

Engoliu em seco ao perceber onde o dono da chamas amarelas se encontrava. A beira de um penhasco. Não queria pensar na possibilidade dele pular dali; parecia um final muito triste para uma pessoa comoele.

— Naruto…. — Chamou, aproximando-se a passos lentos. Sempre se esquivando das chamas.

Quando já estava próximo o suficiente para tocá-lo, chamas surgiram do nada em sua frente, formando uma barreira.Agora, a única coisa que Sasuke conseguia ver era a silhueta de Naruto entre as chamas .

—Usuratonkachi….. — O apelido a muito tempo não dito por saiu sem que notasse. —O que pensa estar fazendo? Estamos em guerra, precisamos de você lá!

O outro continuava quieto. Estava um silêncio desconfortável ali, a única coisa que se podia ouvir era o som abafado da luta que acontecia a uma distância deles. Pensou que não iria receber uma resposta do outro, e se surpreendeu ao ouvir a voz dele.

— Ninguém precisa de mim nessa guerra, Sasuke. Eu sou somente um estorvo.

— Não é verdade….. Eu... Eu preciso de…. você… — Balbuciou, nunca havia exposto seus sentimentos ao Uzumaki.

Quando seu mundo desmoronar, conte comigo. —Naruto repetiu aquelas palavras que já eram como um mantra para o Uchiha. — Me desculpe, Sasuke. Eu não poderei te ajudar quando seu mundo desmoronar, pois, o meu mundo já demorou a tempos... Espero que seja feliz.

Aquela foi a última coisa que ouviu de Uzumaki Naruto antes dele se jogar de cima do penhasco. Ele tentou, tentou segurá-lo, porém, as chamas o impediram e a única coisa que conseguiu ganhar foi algumas fortes queimaduras.

Agora já não existia mais chamas, nem vida, nem nada ali, a não ser o Uchiha. A mão direita segurava o braço esquerdo que estava em um estado crítico de queimaduras; não soube por quanto tempo ficou olhando para o fundo do penhasco, só se via a escuridão lá em baixa, como se não houvesse um fim...

Suspirou, pegou uma katana reserva que estava escondida em sua cintura e a empunhou com mais força que o comum. Mesmo com todo o corpo com doendo e ardendo, mesmo com o coraçãosangrando, Sasuke voltou o mais rápido que seu estado atual pode para o meio da guerra.

Sentia um imenso ódio, queria vingar-se de todos aqueles que disseram que Naruto era um monstro, queria todos mortos. Uma imensa sede de sangue crescia dentro de si, fazendo com que matasse sem ver a quem.

Pouco se importava com que rumo aquela guerra tomaria no fim, e também não importava mais para si, pois, aquele que mais queria que estivesse consigo lutando junto lado a lado, não estava mais.

Que sefode-setudo e todos. Não sabia se iria morrer ali, ou se viveria para ver o fim de tudo isso. Já não importava. Sasuke só queria matar e matar, só queria que esse ato cruel fizesse com que essa dor tão sufocante em seu peito desaparecesse.

“Aquele sou eu no canto,

Aquele sou eu em destaque,

Perdendo a minha fé.

Tentando me igualar a você, e eu não sei se eu consigo fazer isso.

Oh, não

Eu falei demais,

Eu não disse o suficiente”

— Losing My Religion

18 de Maio de 2020 às 00:06 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Fim

Conheça o autor

kanaey ⠀⠀⠀⠀⠀⠀𝙋𝙇𝙐𝙎 𝙐𝙇𝙏𝙍𝘼! -'ღ'- ⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~