kanaeyy kanaey

"Não imaginas quantas foram as vezes que te devorei em pensamentos." - Jousival Sales de Santana


Fanfiction Anime/Mangá Para maiores de 18 apenas.

#yuri #kakegurui #mary #Yumeko
Conto
0
696 VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Te desejo a distância


Naquela manhã com seu arquinho de orelhas de seda, a sombra escura nos olhos e o delineador puxado no estilo gatinho, vestida com o uniforme vermelho e preto do colégio; tudo isso compunha o quadro espetacular de se louvar que era Yumeko. Sua moldura robusta propunha um "quê" a mais em toda a obra — essa sendo a personalidade, como Mary Saotome gostava de associar.

Há tantas loucuras insanas que podemos consumir e nos auto-destruir por elas, e a de Mary era justamente o desejo mesclado com um gostar acanhado por Yumeko — a quem espiava entrar no colégio pela janela do segundo andar.

Optou por sentir sem se restringir, mas em algum momento se deixou levar pelas águas infernais de seus sentimentos, tirando o controle da razão em suas atitudes e palavras; nadar contra a correnteza somente a faria se afogar, e tinha o receio de que nunca mais pudesse alcançar a superfície.

Já não havia mais como esconder seu estado se até mesmo Suzui parecia ter percebido, o que significava que Jabami provavelmente sabia a algum tempo ou desde o começo. Talvez estivessem em um jogo de "fingir que não sei" e isso a excitava; as frases de duplo sentido, olhares sugestivos e saber a hora certa de provocar e, principalmente, nunca perder a piada.

Tanto ela quanto Yumeko amavam qualquer espécie de jogo, mesmo que suas perspectivas sobre fossem um tanto diferentes, mas ainda assim parecia ser a coisa mais clara que tinham em comum. Essa cadeia mental de pensamentos de Saotome foi interrompida quando os burburinhos dos alunos aumentou notavelmente. Apertou com força a alça da mochila em suas mãos, sentindo-as arderem com a força do atrito.

Yumeko vinha desfilando pelo corredor com seus longos cabelos esvoaçando, passou por Mary com um sorrisinho convencido de quem sacou que ela estava ali parada apenas para vê-la passar — o que era uma verdade inegável. E no meio de tantas outras verdades que se passavam pela mente de Saotome, algumas lhe desciam como um friozinho na barriga e outras como um calor entre suas pernas, não sendo novidade que a grande parte dessas últimas direcionadas a Jabami.

Enamorava a insanidade que era Yumeko a distância juntos de tudo que vinha como consequência disso, quase sempre terminando com ela própria trancada no banheiro com seus dedos a satisfazendo em uma fantasia de que podia ser a mulher que desejava ali.

“Não imaginas quantas foram as vezes que te devorei em pensamentos.” - Jousival Sales de Santana.

27 de Maio de 2020 às 18:52 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Fim

Conheça o autor

kanaey ⠀⠀⠀⠀⠀⠀𝙋𝙇𝙐𝙎 𝙐𝙇𝙏𝙍𝘼! -'ღ'- ⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Mais histórias

Art Deco Art Deco
Jardim de borboletas Jardim de borboletas
You make it easy You make it easy