AA Compartilhar

Íris Vermelha

Minha flor preferida sempre foi a Íris principalmente as vermelhas mais o que eu não sabia era que esse nome ia me acompanhar até depois da minha morte mais antes deixe eu contar o que aconteceu 1 hora antes de eu me tornar Zalgo e acredite eu era disputada até mesmo o Poste Gigante me queria mais no fim eu tive que ficar com o Zalgo ah Lembrei de Uma coisa "He Comes"



Eu estava cantando uma de minhas músicas preferidas até que eu fui me sentar em uma árvore como eu sempre fazia eu tinha dois amigos imaginários eles tinham nomes próprios com o mais magro se chamava Skinny e o mais obscuro que sempre me visitava a noite se chamava Die... mais voltando a árvore...Eu vi Skinny se comportar diferente ele sempre ficava perto de mim mais dessa vez ele saiu de perto de mim, logo eu avisto dois Homens altos, lá minha cidade eles eram os Filhos da P*** que Faziam coisas com as crianças, até que eles vieram falar comigo

Helio-Ei garota você quer ir ali com a gente

Eu-Não obrigado eu estou lendo mais quem sabe em uma próxima

Larry-Não, você irá agora com a gente

Eu-Desculpe mais não

Eu me levantei e fui andando para casa até que um dos Garotos tocaram no meu braço e me puxaram, nessa hora meu sangue ferveu e eu peguei o Livro e dei uma pancada na cabeça dele, fazendo ele cair no chão logo o outro veio Provavelmente me Bater mais como meu Pai era super protetor ele sempre mandava eu levar comigo uma Spray de pimenta, eu pego o Spray quando eu olho para o menino os dois estavam com Canos de Ferro Helio estava com a cabeça sangrando pois eu bati fortemente na cabeça dele, quando eu menos esperava uma Gargalhada Saiu de mim, eu fiquei ali rindo Segurando o Spray em uma mão e o livro da outra, Helio veio correndo até mim e usou o Cano para tentar me acertar mais ele acaba errado fazendo uma pequena Breja aparecer eu pequei o meu Livro e Acertei no Braço dele, fazendo uma abertura de Sangue que a mesma estava com um pedaço do Osso para fora, Quando eu vi ele se deitando no Chão de Dor eu comecei a rir mais dessa vez o meu riso estava sendo controlado por mim, bem... eu admito que foi ótimo eu Faria isso de novo mais enquanto eu me distraí Larry Acertou o Cano na Minha cabeça fazendo eu cair no chão e deixar o o Livro e o Spray Cair no Chão nessa Hora eu senti como se fosse ali que minha vida fosse acabar e eu acertei Larry veio até mim e Perfurou meu crânio com o Cano, eu me levantei e vi meu corpo deitado no Chão mais isso não me afetou eu me levantei sem expressão porque eu não sentia nada até que uma luz me chamou a atenção quando eu vejo era Die Estendendo a mão até mim, eu Apertei a mão dele quando de repente meu minha alma voltou para meu corpo quando eu me levanto minha adrenalina aumentou e o meu pai que estava chorando em meu corpo quando ele vê que eu acordei ele Falou "Foi Uma Milagre" mais o empurrei ele fazendo ele cair no Chão eu fui andando até ele eu subi no corpo dele e fiquei deitada até que eu começo a querer sangue então eu me levanto e começo a pular a cada pulo que eu dava era um órgão que saia até que o corpo dele não avia mais nada mais aquilo não me dava prazer até que me vem uma breve lembrança do meus assassinos então eu vou andando até um Beco onde todos sabiam que eles viviam lá eu fui andando despreocupada até que vem Helio se aproximando de mim pelas costas, logo meus eu percebo que começou a crescer Chifres em minha cabeça e meus dentes foram se tornando Navalhas, eu me viro quando eu olho para ele a pele dele começa a ficar Pálida e ele desmaia, Larry apareceu e olhou pra Mim eu retribuo o seu olhar e vou até ele, dou um tapinha no rosto dele, quando eu acabo de dar os tapinhas a mandíbula dele cai, eu seguro aquilo na mão e fico brincando enquanto o corpo dos dois começaram a se esquartejar sozinhos de repente um Buraco se abre no Chão e Die sai do Buraco agora me levando para lá, Fazendo eu me Tornar Íris Vermelha


1 de Julho de 2020 às 15:03 0 Denunciar Insira 0
~