ventoepoesia Rafael Ferreira

Lara e Raque, duas grandes heroínas salvam o mundo do Sapo Gigante.


Enfants Tout public.

#ventoepoesia
Histoire courte
1
4.2k VUES
Terminé
temps de lecture
AA Partager

Lara e Raquel e o Sapo Gigante

Era uma vez duas meninas, Lara e Raquel. Elas eram irmãs, gêmeas univitelinas. Isso significa que elas eram muito parecidas. Raquel tinha 5 anos de idade, Lara também. Lara tinha cabelo preto e cacheado, Raquel também. Raquel tinha cerca de 109 centímetros de altura, Lara também. Lara sabia andar muito bem de bicicleta, Raquel mais ou menos. Raquel era mandona e cuidadosa, Lara manhosa e teimosa. Pode até parecer que elas eram meninas normais, que vão para a escola todos os dias, que brincam em casa, que fazem muita travessura e que gostam de comer arroz e feijão. Mas, na verdade, todas as noites Lara e Raquel se transformavam em super heroínas e lutavam para salvar o mundo.

As pessoas comuns não sabem disso, mas cada parte da cidade é cuidada e protegida por um super herói e é assim que o mundo consegue seguir em paz. Lara e Raquel protegiam toda a região da brasilândia, um grande bairro da zona norte da metrópole paulista. Elas tinham ótimo prestígio na associação dos super heróis, essas meninas nunca haviam perdido uma batalha sequer, e todos os vilões morriam de medo de passar pela brasilândia e trombar com as grandes heroínas.

Funcionava assim, todas as noites Lara e Raquel tomavam banho, jantavam, escovavam os dentes, faziam uma oração e depois iam "dormir". E quando os seus pais estavam deitados, totalmente adormecidos, elas levantavam, pegavam os trajes de batalha e iam patrulhar. Ah, os pais! A mãe era uma mulher comum, dedicada e muito calma, dificilmente se irritava, trabalhava e cuidava muito bem das filhas, uma ótima mãe, salvo pela organização, não era nada organizada! O pai era um homem bem humorado e boêmio, cuidava de todos, como se espera de um pai de família, trabalhava arduamente, mas era totalmente sedentário. Mesmo jovem, uma pequena aglomeração de pneuzinhos crescia na sua barriga. Pode-se dizer que essas meninas davam um show de esperteza nos seus pais. Ao saírem da cama colocavam cobertores e travesseiros para parecer que ainda estavam dormindo. Também deixavam um som de ronco, já que as duas roncavam alto e forte a noite toda! Antes de saírem para salvar o mundo assaltavam a geladeira e pegavam chocolate e salgadinho. A mãe sempre achava que era o pai que comia escondido de noite! Depois de fazerem um lanchinho, as duas alçavam voo e saiam pelos céus da brasilândia. As heroínas podiam lançar rajadas de vento das mãos, fazer furacões aparecerem em um instante e ainda, voar.

Aconteceu que certa noite, Lara e Raquel patrulhavam o bairro, e de longe avistaram um monstro gigante e gosmento. Lara disse - eca! o que será aquela meleca? - Raquel respondeu - nossa! é grande e toda feiosa! - E as duas, destemidas e corajosas, voaram em direção ao monstro. Quando chegaram perto da criatura notaram que era um Sapo Gigante, Raquel disse - Lara, se meus olhos não estão enganados, aquele é o Sapo Gigante, o vilão mais perigoso do mundo! - Lara fez um aceno com a cabeça confirmando a suspeita da irmã. Ao mesmo tempo o Sapo Gigante notou a presença das duas heroínas e com uma voz de deboche falou:


Muito prazer sou o grande vilão

Não posso voar, ando sempre no chão

Vim hoje aqui para uma refeição

E todo esse bairro vai para o meu barrigão


Eu como de tudo, casa, rua e pedra

Como também todas as coisas da terra

Cebola e brócolis, hum que gostoso!

Eu sou um monstrengo muito pomposo


Saiam daqui, vão logo embora

Talvez eu deixe vocês de fora

Mas todo o resto irei devorar

Comer e comer, sem nada sobrar!


As heroínas ouviram aquela música tenebrosa e sentiram o hálito horrível do monstro, por causa disso ficaram tontas e quase desmaiaram. Mas, na mesma hora Raquel encontrou forças e deu uma bela bronca no monstro - Olha aqui seu monstro, ninguém te convidou para fazer essas coisas e hoje eu preciso descansar porque amanhã vou andar de bicicleta! Por isso, pode colocar sua barba de molho e aprender a ter modos mais saudáveis, principalmente escovar os dentes - Lara recuperou a consciência e disse mais - Monstro feioso, eu acho que não vou pegar leve com você, vou contar até três pra você desaparecer, ou se não em você eu jogo um furacão, para você ver o que é bom pra tosse! - O Sapo Gigante não se intimidou com as ameaças e pulou bem alto! O Sapo era realmente gigante e se ele caísse em cima de uma casa certamente ela seria destruída. Pois bem, o Sapo estava pra cair bem em cima da casa da Lara e da Raquel, e desse jeito ele ia destruir tudo. Foi então que Lara ligou o alto falante e começou a tocar um rock ‘n’ roll pesado, Beautiful day da banda U2, e assim os efeitos do mau hálito do monstro passaram. Lara juntou as duas mãos e começou a esfregar e rapidamente um vento forte foi em direção ao monstro. O que começou com uma ventania se transformou em um furacão que engoliu o Sapo Gigante, que ficou rodando e rodando e rodando. Raquel não ficou parada, mexeu seus cabelos, e um golpe de ar atingiu a barriga do monstro, que soltou mais hálito terrível e depois desmaiou. Foi uma grande batalha mas nem mesmo o vilão mais forte do mundo conseguiu vencer as duas heroínas. O Sapo Gigante foi para o beleléu, apanhou feio das duas heroínas ao som de U2 e nunca mais passou perto da brasilândia.

A luta foi muito intensa e o sol estava nascendo, era quase hora de acordar! Lara e Raquel se olharam e num coro ensaiado gritaram: Ahhhhhhhhhh, nossos pais vão ver que não estamos em casa. E as duas saíram voando até a janela de casa. Entraram em casa, trocaram de roupa e deitaram na cama de mansinho, no mesmo momento em que o despertador tocou e a mãe estava acordando. - Lara, Raquel, vamos levantar, está na hora! - Disse a mãe. Todos levantaram e logo estavam na mesa tomando café, Lara disse - nossa que cheiro estranho, parece que alguém ficou com dor de barriga - Raquel respondeu - isso mesmo, foi o papai que ficou a noite inteira soltando pum! - As duas riram e deram muitas gargalhadas!

E foi assim que Lara e Raquel salvaram o mundo mais uma vez!

Fim.






15 Avril 2020 22:00:00 0 Rapport Incorporer Suivre l’histoire
1
La fin

A propos de l’auteur

Commentez quelque chose

Publier!
Il n’y a aucun commentaire pour le moment. Soyez le premier à donner votre avis!
~