Histoire courte
4
4.2mille VUES
Terminé
temps de lecture
AA Partager

Persuasão ou Fetiche?

-Eu queria tomar uma cerveja hoje... - reclamei pela quarta vez naquela noite.

-Eu até iria comprar, só que o mercado já fechou. - Ele disse me abraçando na cama.

-Tem o posto... - Sorri descaradamente.

-E pagar o preço de duas latinhas em uma? - ele levantou da cama. - Nem pensar.

-Mas isso ia me deixar feliz por essa noite... - Fiquei de joelhos na cama e comecei a tirar a blusa do pijama. – Ou você não quer me ver feliz?

-Ei, não é pra tanto, né? - Ele riu. - Aliás, se tu topar, eu até vou comprar no posto e pago o preço que for... Mas tu vai ter que ir junto.

-Claro que vou! - Levantei e atirei o pijama na cama. Abri a gaveta das peças íntimas e peguei um sutiã para colocar.

-Não. - Ele apontou para o sutiã. - Ele não.

-Por quê? - só de calcinha, fui para perto dele.

-Porque eu não disse como você iria... Tu topa ir só com o vestido? O mais curtinho que tu tiver... - Ele pegou na minha cintura e desligou as mãos até a calcinha. - Só com o vestido.

-Eu não sei... Pode ser arriscado... - Abracei ele. - Mas até que eu queria...

-Vamos. - Ele pegou as chaves e esperou eu colocar só o vestido.

Subi na moto e me senti a garota mais pervertida de todas. Em cada sinaleira ele ia alisando a minha perna um pouco mais para cima. Eu podia sentir os dedos gelados chegando perto de mim. Dei um tapinha na mão dele.

-Só depois. - Falei pelo capacete.

Chegando no posto, o vestido curto subiu quando desci da moto. Olhei para o local, que estava lotado, e fiquei com um pouco de vergonha. Afinal, era para ser um segredinho meu e dele. Mas ninguém pareceu de fato ter percebido isso. Ele me pegou pela mão e andamos até a loja de conveniências. Nos olhávamos e trocávamos carícias discretas. Ao pagar as bebidas e finalmente sair dali, pude notar com mais calma os olhares para as minhas pernas.

Eu gostei desse tipo de atenção. Estava imaginando o que mais poderíamos fazer em situações semelhantes. Queria dar um amasso nele e sentir as mãos pegando minha bunda com vontade. Novamente na moto, perguntei se ele queria ir para uma rua sem movimento.

-A ideia é ótima, mas quero isso outra noite e de outro jeito. - Enquanto dirigia, deslizei as minhas mãos pelas costas dele e fui abraçando ele lentamente. Encostei meu peito e me apertei contra ele para que me sentisse. Já em casa, abrimos uma cerveja e sentamos lado a lado na cama.

-O que achou? - Deitei a minha cabeça no ombro dele.

-Acho que sou um homem de sorte.

4 Avril 2020 22:24:18 7 Rapport Incorporer Suivre l’histoire
8
La fin

A propos de l’auteur

Krishna Grandi Sou escritora, atriz e publicitária. Gosto de escrever sobre tudo um pouco, mas tenho focado em escrita erótica, contos de terror/horror e comédia. São os meus favoritos. Quero fazer amigos, contatos e parcerias. Um beijo.

Commentez quelque chose

Publier!
GM Giorgio Massera
Conto leve e envolvente. Que tal uma continuação?
July 22, 2022, 22:51
Hillary La Rocque Hillary La Rocque
Olá! Faço parte da Embaixada brasileira do Inkspired e estou aqui para lhe parabenizar pela Verificação da sua história. Primeiramente, gostaria de dizer que, além de chamativa, a sinopse está em perfeita harmonia com o conto – risinhos. Incrível como o calor do momento chegou até onde eu estava, e olha que aqui está frio! Do início ao fim, mesmo que breve, a estruturação está lindamente bem feita. Você foi capaz de descrever de forma sagaz os acontecimentos e suas sequências, com regularidade, dosando a quantidade de detalhes – e emoção -nos pontos certos, investindo mais no que interessa para a proposta do conto. Erotismo não falta, e, além de super picante, é bastante agradável. Você conseguiu trabalhar a narrativa de forma a manter a animação do leitor e prender sua atenção, de maneira contínua e equilibrada. Também se pode perceber que o casal em questão está em perfeita sincronia, como dizem: “com os neurônios conectados”! No mais, quero acrescentar elogios à sua escrita. Ela é clara e lisa, além de muito cativante e agradável. Não tenho nenhuma observação a fazer. Meus parabéns pelo trabalho primoroso. Convido você a visitar o nosso blog do Esquadrão da Revisão, para conferir às dicas valiosas que podem contribuir com o seu crescimento no universo da escrita, e também o blog Guia de Etiqueta, para sanar quaisquer dúvidas com relação às regras de convívio da plataforma. Por aqui eu me despeço. Desejo-lhe sucesso com seus novos projetos e que continue crescendo e compartilhando conosco mais do seu talento. Um grande abraço e, até a próxima!
April 09, 2022, 23:09

  • Krishna Grandi Krishna Grandi
    Oiiie Hillary! Esse casal bem que podia existir na vida real e ensinar a gente a se relacionar hahahaha, então, acho que sintonia entre eles é bem forte mesmo. Obrigada pelo seu comentário e fico feliz que tenha aquecido o seu coraçãozinho, mesmo que por um momento durante o frio, aqui tbm anda frio e só um momento desses pra esquentar mesmo. Fico muito contente que tenha gostado da história, obrigada pelo comentário, fiquei bem feliz de lê-lo. Seja bem vinda por aqui, bjbjbjos e até mais! April 10, 2022, 12:25
  • Krishna Grandi Krishna Grandi
    Oiiie Hillary! Esse casal bem que podia existir na vida real e ensinar a gente a se relacionar hahahaha, então, acho que sintonia entre eles é bem forte mesmo. Obrigada pelo seu comentário e fico feliz que tenha aquecido o seu coraçãozinho, mesmo que por um momento durante o frio, aqui tbm anda frio e só um momento desses pra esquentar mesmo. Fico muito contente que tenha gostado da história, obrigada pelo comentário, fiquei bem feliz de lê-lo. Seja bem vinda por aqui, bjbjbjos e até mais! 🥰 April 10, 2022, 12:24
Jordana Lima Jordana Lima
Uau! Me deu até calor aqui, hein? Rsrsrs... Ótimo conto, pena que durou pouco.
June 11, 2020, 00:44

~