Além Da Mente Suivre l’histoire

dan-yanagashi1550698773 Dan Yanagashi

Via Widewolf tem nove anos e vivia uma vida normal com seu pai, ela pertencia a uma família de nobres na Inglaterra. Porém tudo muda quando a pequena perde sua melhor amiga, a mesma desaparece misteriosamente, causando uma enorme tristeza na vida dela. Porém ela nota que o sumiço de sua amiga foi causado por algo além da mente dos adultos. Venha descobrir com Via, Canland um reino aonde só os puros de mente podem adentrar, por trás de toda a magia há algo obscuro pelo qual ela terá que lutar e salvar sua amiga Hannah.



Fantaisie Voyage dans le temps Tout public.

#suspense #mistério #poder #imaginação #mágicas #poderes #força #mind #mente #comédia #romance #amor #amizade #familia #drama #kids #crianças #adventure #aventura #343 #341 #332
0
3.8k VUES
En cours - Nouveau chapitre Tous les 15 jours
temps de lecture
AA Partager

Prólogo

📷
📷

-Via estenda sua mão. – Diz Hannah para mim do lado de fora da tempestade de areia negra, ela parecia estar muito tensa e com medo em sua voz e feição.

- Hannah, confia em mim eu vou conseguir sair, apenas saia daqui com Jack. – Digo para ela gritando devido ao barulho forte da ventania, quase que ordenando para eles dois.

Estava tudo se tornando escuro e dificultando cada vez mais nossa visão, as folhas das arvores estavam secando e perdendo o tom verde vivo que antes as mesmas continham, a grama estava se tornando marrom e seca, eu apenas estava conseguindo ver o vulto de um homem alto e magro andando em meio a todo caos causado pelas areias negras.

Eu sentia apenas o medo tentando me consumir e apagar as ultimas chamas de esperança a qual eu estava sentindo naquele momento, eu dava pequenos passos para trás, recuando, pós eu sabia que ele, ou seja, lá o que for aquilo estava vindo em minha direção, querendo a única coisa que eu tinha naquele momento.

(Acredite em você via!) – Penso fortemente naquele momento, sentindo minha mente bolando as mais loucas e mirabolantes coisas que se poderiam ser usadas contra ele naquele momento.

Logo escuto uma voz fria e medonha rodeando aquele tornado negro, para minha falta de sorte eu estava no meio do mesmo, como eu não escutei mais a voz de meus dois amigos, creio eu que os mesmos foram levados pela rainha Lyft ou uma das criaturas fantásticas, se for para mim pensar, creio eu que o Sr. Flup (Um coelho que usa ternos e me lembra muito um mordomo, ele sabe fazer as melhores sobremesas e chá de toda a Canland.) deve ter tirado eles contra a vontade, usando de seu spray do sonhos.

(Fiquem em segurança, pós tenho que lidar com isso.) – Penso comigo naquele momento rapidamente, logo sentindo o medo se apossando de mim a medida que aquela voz ia ficando cada vez mais clara e alta em meus ouvidos e a forma do homem adentrando o tornado.

- Não tema criança.

- Quem é você ? – Digo estendendo meus punhos para frente, meus braços estavam trêmulos e eu precisava imaginar algo para combater aquilo, mas sem ver do que ele seria capaz eu não saberia o que seria melhor para o combater ou se defender.

- Sou apenas um amigo incompreendido dessas terras. – Diz o homem com sua voz grossa e fria que se ecoava por todo o espaço em que eu me encontrava.

(Uma capa, brilho, repelir tudo e proteger o lado interno.) – Penso comigo uma capa com uma forte luz verde água, toco com as mãos sobre minha cabeça, descendo com ela sobre meu corpo, não demora muito e eu via minha imaginação tomando forma e uma capa cobrindo meu corpo.

- Revele-se me mostre sua verdadeira face. – Digo agora um pouco mais confiante, sentia o brilho de meu poder N'Mind sobre o centro de minha testa.

- Não gostara muito de ver o que eu consigo fazer criança e nem a forma que fico quando uso de meu poder. – Diz ele dando uma breve risada maldosa em seguida. Eu olhava em volta a procura de onde estava vindo a voz, tudo indicava que a mesma não vinha da forma que se mantinha fixa em meio ao tornado.

- Eu não tenho medo do que vejo, e sim do que não posso ver. – Falo mais certa do que nunca.

- EuEstava certo.

- Sobre o que ? – Eu estava curiosa em saber mais sobre ele e o que o mesmo desejava com nós crianças.

- Seu poder vem de sua coragem Via. – Ele falava aquilo com clareza e um certo interesse pessoal sobre minha pessoa.

- Como sabe o meu nome ?

- Eu sempre estive a observando.

- Está me assustando. – Digo com a voz tremula.

- É a única coisa que sei fazer. – Quando ele termina de falar aquilo me sinto ser puxada em direção a forma do homem que estava no tornado, dou um grito alto e fino, enquanto me enrolava e cobria meu rosto com a capa, após isso eu não sabia para onde estava sendo levada.

📷

O que acharam do prólogo de Além da mente ?

Estou muito ansioso para saber a opinião de vocês, o que esperam e não me importo com as criticas construtivas, adoro a opinião de meu leitores e espero que tenham gostado.

Não deixem de votar e dar um comment, pós isso ajuda bastante a obra e deixa o D.Holland mt feliz pessoal.

Encontro vocês em breve no lançamento do primeiro cap que não deve demorar muito pessoal.

Desejo a todos uma boa noite e uma ótima semana. Fiquem com Deus pessoal.

8 Mars 2019 03:53:36 0 Rapport Incorporer 0
Lire le chapitre suivant A Dura Realidade

Commentez quelque chose

Publier!
Il n’y a aucun commentaire pour le moment. Soyez le premier à donner votre avis!
~

Comment se passe votre lecture?

Il reste encore 5 chapitres restants de cette histoire.
Pour continuer votre lecture, veuillez vous connecter ou créer un compte. Gratuit!