A velha debaixo da cama Suivre l’histoire

kimberly-evans1543929524 Kimberly Evans

Depois de tanto pedrinho querer ver a tal velha, não só ele a viu, como ele passou a ser só dela.


Horreur Tout public.
Histoire courte
1
4.2k VUES
Terminé
temps de lecture
AA Partager

Sua nova cria

Pedrinho era um garoto de 7 anos muito, mais muito malcriado.  A mal criação dele era tão extrema, que nem os próprios pais não conseguiam mais lidar com ele. Durante a noite para ele ir dormir, era sempre uma missão quase impossível. Ele perturbava de todas as formas possíveis até quando bem entendesse. A mãe dele sem saber mais o que fazer para pelo menos ter noites mais tranquilas, ela começou  a dizer a ele que se ele não parasse com as mal criações para dormir, a velha de baixo da cama ia sair e vinha buscar ele para ela criar ele, como se diz na canção.           

  🎶

A véia debaixo da cama

A véia criava um rato

na noite que se danava

o rato chiava

E a véia dizia:

Ai meu Deus se acaba tudo

Tanto bem que eu te queria..... 


Pois bem, ela começou a citar todas a noites isso a ele, se ele não fosse ir dormir a velha iria buscar ele. 

Até que deu certo por no máximo uns dias. 

Num certo dia que ele se levantou cedinho, para se arrumar para ir a escola, ele perguntou a mãe dele.  mãe? Cadê a tal da velha que vinha me buscar? toda vez que eu me acordo na madrugada, eu olho debaixo da minha cama e chamo ela e nada vejo la. Sabe o que eu acho? Que a senhora é uma baita mentirosa. 

A mãe dele ficou muito zangada com a forma em que ele falou com ela e disse em voz alta... 

Hoje a noite Pedrinho, você não só vai ver ela, como também ela vai te levar com ela, para ela te criar, como ela fazia com os animais. 

Com muita raiva, ela pegou ele pelos braços e saiu puxando ele até o carro, para levar ele a escola. Naquele mesmo dia,  no mesmo horário de ir dormir.  Pedrinho perturbou tanto que a mãe dele estava ficando louca.  Ele era direto chamando ela de Mentirosa incansavelmente. Depois de muito perturbar, ele decidiu ir dormir. 

Por volta de 00:00, um barulho de arranhões no quarto tão alto  que fez com que pedrinho se acordasse. Já acordado ele sentiu algo se movimentando vindo debaixo da cama dele. De imediato ele se curvou para ver o que tinha debaixo da cama dele,  Ao olhar ele não teve chance nem de gritar e nem de voltar para cima da cama. Uma velha com unhas que parecia garras muito afiadas, deu uma avançada segurando o rosto dele e puxando ele para debaixo da cama.  Quando a mãe dele foi acordar ele para ele se arrumar para o colégio, viu que pedrinho não Estava em canto nenhum dentro do quarto. E nem dentro do guarda roupas como ele tinha costume de se esconder la. Ela entrou em desespero e quando se virou viu um bilhete no chão, perto do pé da cama com arranhões e rastros de sangue escrito. 

🎶A velha debaixo da cama 

     A velha vai criar pedrinho

     ele não acreditava, sempre me chamava 

     Aqui eu sempre estava e agora ele é a minha cria. 

 


21 Janvier 2019 12:53:47 3 Rapport Incorporer 0
La fin

A propos de l’auteur

Commentez quelque chose

Publier!
MiRz Rz MiRz Rz
Olá, eu sou a MRz do Sistema de Verificação do Inkspired. O sistema de verificação atua não só para ver a qualidade da história, como também para observar se a história está de acordo com as normas do site. Sua história está “em revisão” porque há alguns errinhos de escrita, como letra minúscula em nome próprio. Você escreveu “Pedrinho” com o “p” minúsculo algumas vezes. Tem erros do tipo, em começo de frase também, como em “[...] mãe? [...]”, “[...] toda vez que eu me acordo [...]”. Nessa última frase o “eu me acordo”, o “me” não é necessário. Há muita repetição do pronome ele/ela tornando o texto repetitivo, por exemplo, “[...] Pois bem, ela começou a citar todas as noites isso para ele, se ele não fosse dormir a velha ia vir buscar ele [...]”. Aconselho a procurar sinônimos para “ele”, como menino, garoto, criança, etc. Tem algumas crases faltando, como em “a noite”, sendo a forma correta “à noite”. Tem palavras com falta de concordância, pois está escrito “a noites”, sendo o correto “as noites”. Também é importante sinalizar o diálogo entre os personagens com o travessão e o novo parágrafo para deixar o texto mais organizado e compreendido. Eu dei apenas alguns exemplos, mas se você quiser, o Inkspired possui um blog que dão algumas dicas de gramática chamado Esquadrão da Revisão caso tenha alguma dúvida das regras que eu expliquei aqui, ou também você tem a opção de solicitar um Beta Reader no serviço de Autopublicação para correção dos erros mais profundos. Depois de corrigido todos os erros, é só responder esse comentário para que eu faça uma nova verificação. :)
April 09, 2019, 21:31
Marurishi Paz Marurishi Paz
Que medo! Nunca mais vou ouvir essa musiquinha do mesmo jeito! Nossa! Muito boa tua história!
January 22, 2019, 23:39

~

Plus d'histoires