O Lobo Suivre l’histoire

senhorasolo Elane Santiago

Um uivo ressoou pelas campinas... Não saia da estrada!


Histoire courte Interdit aux moins de 18 ans.

#lobisomem #lobo
Histoire courte
2
4.4k VUES
Terminé
temps de lecture
AA Partager

Capítulo Único

Eles haviam combinado de se encontrarem no carvalho grande da campina há pouco menos de 1,5 km da sua casa. Ela pulou a janela de seu quarto com uma trouxa de roupa atada às costas. Fazia tanto frio que as pontas de seus dedos congelavam, mas mesmo assim, ela estava decidida a ir até o fim.

Ao chegar lá, encontrou-o, como prometido. Sorriu felicíssima ao testemunhar que ele não desistiu de fugir com ela. Ele, um homem casado, com duas filhas, e vinte e dois anos mais velho, sendo ela uma garota de dezessete anos. Jovem e ingênua, deixou sua cabeça ser feita por ele.

Beijaram-se, ela ria como uma boba apaixonada, mas não se importava. Ele a achava um pouco estúpida e imatura demais. Já queria largar a mulher há anos e planejava abandoná-la depois de usá-la à vontade. Iria embora para uma cidade grande, talvez em outro país; se tivesse sorte, faria fortuna e teria todas as mulheres aos seus pés.

Apressaram-se. Eram três horas da manhã e eles não queriam que dessem por falta dos dois antes de já estarem bem longe. Havia um carro esperando por eles da cidade vizinha, mas sendo aquela uma região pouco povoada e onde tudo era longe, eles só chegariam lá quando o sol estivesse amanhecesse.

Andavam pelo caminho de terra marcado. Não havia nada ao redor, nalguma alma viva. Estavam sozinhos. A única coisa que iluminava o céu era uma lua cheia.

— Estou com tanto frio — disse ela.

— Eu também. — Ele sorriu. — Mas não se preocupe, querida. Logo vamos chegar.

— Tomara.

Ouviram um uivo de lobo, distante, mas que arrepiou todos os pelos do corpo. Pararam assustados.

— O que foi isso?!

— Eu não sei... — Ele olhou ao redor. Mesmo considerando-se um homem corajoso, temeu como um garotinho. Poderia ser um lobo grande. E um pensamento passou pela sua cabeça, mas tentou não pensar nisso. — Vamos embora.

Um uivo ressoou pelas campinas novamente. A mulher ficou apavorada.

— Brian, o que é isso?

— Não é nada, vamos embora.

— Mas, Brian...

— Rápido, temos que ir. — Puxou-a pelo braço, não se importando se estava sendo muito rude ou não. — E não saia da estrada!

— Estou com medo.

— Não há razão para ter medo.

Ele estava quase correndo e ela caiu quando tropeçou numa pedra. Ela gritou e ele a repreendeu. Antes dela se levantar, só teve tempo de ver o enorme lobo pulando no pescoço dele e tirando-o da estrada.

Ela gritou tão alto que sua voz reverberou pela campina. O grito chamou a atenção da criatura, que largou o homem e encarou-a. Tinha grandes olhos amarelos e dentes enormes e pontiagudos. Rosnou para ela. A mulher ficou apavorada.

Arrastou-se até estar de pé e começar a correr. Saiu da estrada, largando suas coisas e correndo por sua vida. Chorava de medo e por Brian, que ficou para trás. Mas ela não foi tão rápida quando o lobisomem.

Ele estraçalhou seu corpo, comeu suas carnes e ela só foi reconhecida por suas coisas que ficaram largadas na estrada.

O pai da moça havia percebido que tinha fugido, foi atrás dela com alguns homens, de carro, munidos de espingardas e mataram o lobisomem a tiros. As balas de prata.

Brian sangrou até a morte, ou pelo menos pensaram que tinha morrido.

2 Novembre 2018 18:42:05 0 Rapport Incorporer 3
La fin

A propos de l’auteur

Elane Santiago Não sei como vim parar aqui. Só queria viajar na TARDIS ao lado do 8º Doutor, conquistar Westeros com meu sabre de luz, me juntar aos Vingadores depois de ter reunido todas as esferas do dragão e conhecido os Beatles. Mas virei uma escritora fracassada viciada em café.

Commentez quelque chose

Publier!
Il n’y a aucun commentaire pour le moment. Soyez le premier à donner votre avis!
~