A Flor Azul Suivre l'histoire

senhorasolo Elane Santiago

Ela sentiu um toque em sua cabeça e uma mão repousou na mesa, ao lado de seus cadernos. Ela fitou a mão com assombro, e depois ergueu a cabeça. E lá estava ele, segurando uma flor azul.


Histoire courte Tout public.

#haku #Chiriro #Studio-Ghibli
Histoire courte
2
4666 VUES
Terminé
temps de lecture
AA Partager

Capítulo único

Uma brisa forte balançou as cortinas cor de salmão. Da janela aberta, pétalas de flor de cerejeira caíram sobre a mesa de Chihiro.

— O que? – murmurou baixinho, surpreendida.

Não estava na época do ano em que as cerejeiras floravam. Não entendia de onde aquelas pétalas tinham vindo. Olhando para fora, no pátio da escola – onde de fato existia uma cerejeira –, a árvore estava cheia daquelas belas flores que pintavam o chão ao redor do tronco de rosa e cujo vento trazia algumas para a mesa da garota.

Olhou rapidamente ao redor, para as colegas e para a professora. E percebeu que somente ela tinha notado que a cerejeira lá fora estava florando fora da época do ano. Ela lembrou que quando seu pai a deixou na escola pela manhã, ela passou pela árvore e nela não havia flor alguma, nem sinais da florada.

Teve vontade de cutucar a colega da frente e perguntar se ela também estava vendo, mas uma voz calma e conhecida sussurrou o seu nome em meio a brisa, fazendo a menina de quatorze anos soltar o lápis e virar a cabeça para janela.

— Chihiro...

— Haku? – sussurrou ela.

— Chihiro...

A voz dele estava na brisa. Era delicada e mansa, arrepiava a pele de seu rosto quando a brisa lhe tocava a face e balançava seus cabelos presos num rabo-de-cavalo.

Fazia tanto tempo desde que a última vez que o viu, que com o passar do tempo, Chihiro começou a acreditar que tudo não passou de um sonho, e que Kohaku fora apenas uma invenção da sua mente imaginativa.

Sentia falta dele. Tanta que não gostava de achar que ele só existiu em sua mente. Mas o silêncio que se fez após ter escutado a voz dele ao vento, a fez cogitar que aquilo também havia sido a sua imaginação.

— Era real, Chihiro – disse ele. Mais vento entrou pela janela, balançando as cortinas e trazendo mais flores de cerejeira para sua mesa. – Confie no seu coração, ele sabe a verdade.

— Então por que nunca mais o vi? – viu-se perguntando. – Se esqueceu de mim?

— Como pode achar que a esqueci? Prometi que nos veríamos novamente.

Ela sentiu um toque em sua cabeça e uma mão repousou na mesa, ao lado de seus cadernos. Ela fitou a mão com assombro, e depois ergueu a cabeça. E lá estava ele, segurando uma flor azul.

— Haku! – disse alto.

— Chihiro! – bradou a professora. – O que significa isso?

— Perdão, senhora Mei! Eu... – Olhou para o lugar onde antes estava Haku, mas ele havia desaparecido. – Hã?...

— Sem conversa. Abram seus cadernos de cálculo – disse para toda a turma.

Em sua mesa, todas as pétalas de cerejeira haviam desaparecido junto com Haku. Instintivamente olhou pela janela, e a árvore estava exatamente como naquela manhã: nenhuma flor, somente as folhas. Sumiu como por mágica.

— Rápido, Chihiro! – ordenou a mestra.

— Sim, senhora Mei! – Apressou-se e abriu o caderno, quando se deparou com a flor azul no meio da folha.

Pegou a flor, olhou a flor, cheirou a flor. Era real, não parte de um sonho.

— Que flor bonita, Chihiro – disse a sua colega do lado. – Onde conseguiu?

Demorou-se a responder. Mas somente pela amiga ter visto, era prova suficiente de que tudo foi real. Haku esteve ali e falou com ela, mas somente ela o viu. Haku voltou, e em seu coração sabia que não tardaria para vê-lo outra vez, e dessa vez seria um encontro de verdade.

— Foi presente – respondeu por fim.

1 Septembre 2018 00:54:11 2 Rapport Incorporer 2
La fin

A propos de l’auteur

Elane Santiago Não sei como vim parar aqui. Só queria viajar na TARDIS ao lado do 8º Doutor, conquistar Westeros com meu sabre de luz, me juntar aos Vingadores depois de ter reunido todas as esferas do dragão e conhecido os Beatles. Mas virei uma escritora fracassada viciada em café.

Commentez quelque chose

Publier!
Andre Tornado Andre Tornado
Lindo! Beijo de luz!
1 Septembre 2018 04:59:04

~