Demons and Lovers Suivre l’histoire

fadeless Viviany Andrade

"Nunca acreditei nessas histórias de "amor verdadeiro", de que "o nosso amor seria para sempre", apenas achava que se ficasse ao lado daqueles que importavam para mim tudo estaria bem... Mas após aquele acidente, todos esses pensamentos mudaram, de que mesmo ficando somente ao lado dos seus amigos, você paga pelas consequências dos seus atos. Mas um dia, quando conheci aquele homem, cujo foi capaz de trazer novamente alguns desses sentimentos de... Felicidade. Eu sabia o que queria, e mesmo sabendo que não poderia ficar ao seu lado, que algo de ruim poderia acontecer novamente, eu ainda assim queria arriscar, e faria de tudo para protegê-lo se fosse preciso..."


Fanfiction Interdit aux moins de 18 ans.

#romance #sobrenatural #drama #violencia #luta #the gazette #nudez
2
6821 VUES
En cours - Nouveau chapitre Tous les 10 jours
temps de lecture
AA Partager

Uma nova vida.

''Matsumoto... eu...''

Acordei meio assustada, olhei para os lados ainda meio sonolenta e tive o alívio de ver que estava em meu quarto, levantei-me e fui em direção a janela para abri-la e deixar o vento ameno e aconchegante do outono entrar e tocar o meu rosto, aquela sensação era tão boa, logo peguei a cadeira que estava ao lado de minha cama e me sentei nela apoiando meus braços sobre a janela e cruzando eles e observar as folhas caírem das arvores, o inverno estava chegando, minha estação preferida.

"Tive o mesmo sonho de novo..." – disse a mim mesma. Aquilo era realmente estranho, desde que conheci aquela pessoa e me mudei pra Tóquio venho tendo esse mesmo sonho... Já iria fazer um ano desde que vim para cá, levava minha vida trabalhando em um Maid Café apenas por simples diversão há alguns meses, moro em um pequeno apartamento, era o suficiente para viver minha vida com minha pequena companhia chamada Sebastian, meu pequeno gato preto e Apollo meu husky, e ter menos problemas comparado onde vivia antigamente. Sai da cadeira e fui em direção a cômoda, onde estava a ultima lembrança que tinha de meus pais, uma katana com bainha roxa em detalhes azul-escuro, e daquela pessoa, cuja esperava reencontrar novamente, um colar. Virei-me para ver que horas eram em meu relógio que estava em cima da pequena estante onde eu guardava meus livros e vi que estava atrasada para o trabalho, já eram 8:35, rapidamente corri para o banheiro e fiz minha higiene matinal, peguei minha bolsa que estava sobre a cama e sai correndo para o pequeno salão do Café, quando cheguei as meninas já tinham aberto, tentei entrar de fininho para que ninguém percebesse, mas logo vi que minha tentativa foi sem sucesso quando ouvi alguém chamar meu nome.

-Ludy!! –subitamente parei assim que ouvi meu nome, quando me viro para ver quem era, vejo minha chefa Lysa de braços cruzados me encarando com uma cara nem um pouco feliz.

-Está atrasada –Disse ela séria ainda olhando pra mim. Uma das principais regras do Maid Café era nunca chegar atrasada.

-Me desculpe... –Respondi com a cabeça meio baixa. Ela fechou os olhos e logo em seguida suspirou.

-Tudo bem pode ir se arrumar, mas irá pagar hora extra por isso entendeu? –Ela me disse apontando em direção ao vestiário do Maid Café.

-Eeeh, por que? –Retruquei fazendo um biquinho deixando obvio que não achava aquilo justo já que era uma das poucas vezes em que me atrasava. Mas simplesmente não poderia contar o motivo de meu atrasado, Lysa iria ficar tirando graça da minha cara de novo.

-Vai pagar hora extra sim, agora vá logo antes que eu aumente seu castigo! –Ela me disse em um tom ameaçador e brincalhão ao mesmo tempo.

-Tá tá vossa alteza –Respondi dando um leve sorriso e fui para o vestiário me trocar.

[No vestiário]

Assim que estava terminando de me arrumar sinto uma mão me pegar pelo braço, assustada me viro e era a Iris, uma das garotas que também trabalhava no Maid.

-Yahoo –Ela me disse dando um grande sorriso.

-Iris! Você está doida? Quase me mata do coração, ainda mais por que eu estava sozinha aqui! –Disse a ela ainda com o coração batendo um pouco rápido.

-Por esse motivo fiz isso. –Ela mostrou a língua pra mim. –Agora já pode sair do modo de defesa pequena ninja.

-Ora sua... –Fechei a mão fazendo um punho com vontade de bater nela. Ela riu após ver minha reação.

-Mas mesmo assim, está tudo bem com você? Você nunca chega atrasada no trabalho... –Ela indagou franzindo uma das sobrancelhas e levantando a outra demonstrando curiosidade.

-Nenhum problema, apenas dormi demais só isso... –Respondi a ela pegando meu prendedor de cabelo e fechando a porta do meu armário, quando do nada ela exprimiu um "Não" em um tom que demonstrava tédio, chamando minha atenção fazendo com que eu deixasse o broche cair.

-O que foi dessa vez Iris? –Perguntei a ela pegando o broche do chão.

-Não! –ela me respondeu olhando séria para mim e pegando o broche da minha mão

-Não o que? O que aconteceu? E por que você está me olhando assim?

-Ludy... você não vai usar seu cabelo desse jeito chato assim de novo, ele é tão lindo e longo, dá ate inveja, você deveria fazer um penteado nele! –Ela disse ainda me olhando meio séria e fazendo biquinho.

-Hã, Por que? Eu gosto dele preso.

-Porque sim! –Ela me respondeu com um grande sorriso no rosto. –Agora se sente ai, eu irei fazer um, não irei demorar prometo. –Os olhos delas estavam brilhando após dizer aquilo. Eu me sentei em um banco que tinha no vestiário e ela começou a mexer no meu cabelo, fazendo o famoso "Maria Chiquinha" no meu cabelo e ajeitando a franja sobre a minha testa.

-Pronto! Ah você esta tão fofa. 

-Hey Iris calma! Realmente não esta tão mal assim, até que esta legal. –Respondi me olhando no espelho.

-Claro que não está, afinal quem fez foi a grandiosa Iris. E assim você fica parecendo personagem de anime, alguns dos clientes gostam disso e nos ajuda também sabia?! 

-É nisso que dá eu ter o cabelo grande, e eu não sou uma personagem 2D. –Nós rimos um pouco, meu cabelo era grande o suficiente para fazerem qualquer penteado, ele era até a cintura e Iris adorava isso, assim como ficar apertando minhas bochechas. –Iris vamos logo para o salão se não Lysa irá dar bronca na gente! –Peguei no braço dela e a puxei levando-a comigo.

[No salão]

O salão estava realmente cheio nesse dia, mais cheio que o normal. Peguei a bandeja e fui em direção a uma mesa me despedindo da Iris que foi atender outra mesa, o resto da manhã toda foi realmente movimentada só perto do horário do almoço que foi se acalmando aos poucos, fechamos o Maid durante o almoço e todas almoçamos juntas como de costume, eu estava perto de terminar o meu quando Lysa se aproximou de mim.

-Você não vai mesmo me contar o motivo do atraso? –Ela me perguntou sentando-se ao meu lado.

-Por que você quer saber? –Indaguei fechando o pequeno potinho onde estava o meu almoço.

-Sabe como eu sou quando fico preocupada, e não irei parar de lhe perguntar ate saber o motivo de seu atraso. –Ela falou ainda olhando para mim esperando uma resposta, depois de perguntar varias vezes repetidas suspirei e logo disse pra ela que tinha tido o mesmo sonho de novo, ela sorriu e colocou o seu braço dando a volta pelo meu pescoço me fazendo se aproximar dela.

-Hum sei, você gosta mesmo dele pelo visto não é sua garotinha! –Ela falou bagunçando o meu cabelo e sorrindo.

-Lysa pare, e fale baixo por favor! E além do mais... eu já tinha decidido tirar essa ideia da cabeça.–Segurei a mão dela fazendo-a parar de bagunçar meu cabelo.

-Mas por que?... Talvez poderi-

-Não irá. –Disse em um tom sério e um pouco frio cortando-a antes que terminasse de falar.

-Okay okay... Mas não desista –Lysa disse piscando para mim. –Mas ainda assim, hoje realmente será um dia divertido... –Ela sussurrou dando um pequeno sorriso e logo se levantou mandando as meninas abrirem novamente o Maid Café. Eu não entendi o que ela quis dizer com aquilo, embora estivesse tudo bem, me deu um pequeno mau pressentimento, me levantei e fui arrumar meu cabelo que a Lysa tinha bagunçado quando eu voltei elas já tinha aberto e estava com duas mesas ocupadas. Enquanto observava o sino da porta de entrada chamou minha atenção no momento em que tocou, quando olho me deparo com aquela pessoa, a pessoa cuja queria e ao mesmo tempo não queria encontrar novamente, Matsumoto Takanori, ele andou em direção a recepção para falar com Lysa, naquele momento não acreditava que era ele, mas realmente era ele, meu coração acelerou um pouco, não só por saber que ele estava ali, mas também por que aquela cena dele conversando com Lysa de um jeito tão intimo me incomodava também... agora entendia porque ela disse aquilo, ela sabia que ele viria aqui hoje, Lysa olhou para mim e nesse momento olhei-a com a cara séria o que poderia significar um típico "Ora sua..." e um certo momento ele desviou o olhar em minha direção logo após Lysa o ter feito, rapidamente virei de costas fingindo estar limpando algo, droga, eu sentia estar sendo observada mesmo estando de costas para eles. Ainda estando a pouco metros de distancia dos dois, dava para ouvir algumas coisas das quais falavam, pensei ter ouvido uma súbita pergunta de "Quem é ela?" vindo dele, tentei olhar para eles de novo mas ele ainda estava me olhando, parecia me encarar, isso estava começando a incomodar, entrei de volta pra dentro do vestiário, após entrar me olhei no espelho e deparei com a imagem de minhas maçãs um pouco rosadas. Precisava me acalmar, sentei no banco e respirei calmamente quando alguns minutos depois Lysa entrou no vestiário atrás de mim.

-Ludy você está liberada poder ir para casa. –Ela me disse com um sorriso no rosto, aquele sorriso parecia meio malicioso sabia que estava aprontando, ela realmente deveria estar escondendo algo de mim. Mas como Lysa não é muito forte em guardar segredos ela foi logo me contando depois de eu ter perguntado o porque de me liberar mais cedo.

-Por que você esta me liberando? Eu ainda tenho algumas horas extra por ter chegado atrasada não é?

-Ah ok, você viu quem estava ai fora certo?! O Matsumoto, saiba que só estou lhe liberando por que ele me pediu e porque ele é um cliente frequente, não pense que irei fazer isso na próxima vez entendeu?!

Eu olhei para ela surpresa não acreditando no que ela acabou de me dizer, o Matsumoto pedindo para eu sair... Só pode ser algum tipo de brincadeira certo?!...

-Ludy, hey Ludy!! De terra para Ludy, alô.

-Hã? Ah me desculpa, eu estava com o pensamento longe...

-Deu para perceber, anda se arruma logo ele esta te esperando lá fora! –ela disse me puxando pelo braço e me jogando dentro do provador que tinha lá e jogando minhas roupas para eu me trocar logo. terminando de me trocar, sai do vestiário e olhei para fora, realmente ele estava lá me esperando quando senti alguém dar uns tapinhas nas minhas costas.

-Vai lá, não deixe ele esperando por mais tempo! –Lysa me disse dando uma piscadinha. Quando senti outra mão me empurrando.

-Isso mesmo, ande logo. –Iris dizia fazendo biquinho piscando para mim.

-Ora suas... SAIAM JÁ DAQUI!!

-Yaaay ataque da tsundere!! Hahahaha.– Iris dizia enquanto corria para trás de Lysa.

Sai do Maid Café e fui ao encontro de Matsumoto.

-Olá, você deve ser a Ludy certo? Ou eu deveria dizer... Viviany?–Ele dizia para mim com um pequeno sorriso no rosto, os traços da face dele sorrindo eram... Lindos.

-Sim sou eu, é um prazer vê-lo de novo Matsumoto. Estou impressionada por se lembrar de mim, apesar de termos nos visto apenas duas vezes. –Respondi normalmente evitando encará-lo.

-Claro que não esqueceria... –Ele dizia pegando no colar relutantemente e o soltando depois. –Afinal de contas, passamos muito tempo nos divertindo da ultima vez.

-É... –Respondi olhando distraída para os lados.

-Bem vamos indo? Eu gostaria de conversar um pouco com você antes de chegarmos ao nosso destino.

-Ah, sim claro.

Logo eu e ele começamos uma caminhada meio longa, conversamos sobre varias coisas e rimos um pouco também, a risada dele era realmente charmosa e contagiante. Meia hora depois chegamos ao nosso famoso destino e ele me convidou para entrar, relutante, entrei e fomos para sala. Ele se dirigiu a um quarto e após alguns minutos saiu de lá com uma pasta preta contendo algumas folhas dentro, ele se senta em uma poltrona e faz sinal para eu me sentar na outra a sua frente onde tinha uma pequena mesa redonda entre elas. Em seguida ele coloca a pasta em cima dela e aponta pra mim.

-Serei breve Ludy... Quero que seja minha secretária pessoal, ajudar eu e os outros em coisas básicas, como nos ensaios da banda por exemplo. –Ele ainda estava apontando para mim com um sorriso no rosto.

-O que? Por que eu? –Indaguei surpresa. –Poderia ser qualquer outra não?...

Matsumoto dá um sorriso o qual parecia ter um pouco de malicia nele, acho que acordei com pé esquerdo hoje, estão todos aprontando comigo...

-Sim, realmente poderia... Estava pensando em chamar a Lysa, afinal já conhecia ela há um tempo e não teria problemas, mas... mudei de ideia...

-Por minha causa.

-Exatamente... Por sua causa.

-E posso saber o quanto eu sou tão importante assim para o "senhor"? –Cruzei os braços esperando sua resposta.

-Não é a toa que ela lhe chamou de "princesa fria". –Disse ele dando uma pequena risada.

Matsumoto se levantou e caminhou em minha direção se aproximando e então colocou sua mão em meu rosto e logo em seguida pegando meu queixo fazendo-me levantar o rosto e começando a se aproximar lentamente, coloquei minha mão em seu braço na tentativa de pará-lo mas por algum motivo, não o fiz, ele continuou até que pudéssemos sentir nossas respirações se cruzarem, e foi ficando cada vez mais perto, meu coração começou a acelerar, ate o ponto em que era possível ouvir os batimentos. Ele já estava tão perto que instintivamente apenas fui fechando meus olhos lentamente...

28 Février 2018 05:29:20 0 Rapport Incorporer 0
À suivre… Nouveau chapitre Tous les 10 jours.

A propos de l’auteur

Viviany Andrade Bem, o que dizer né? Sou uma garota simples, mas dedicada no que faz, que ama ouvir música, ler, dançar, tudo relacionado aos animais & natureza, gosto também de animes, e jogar na maior parte do tempo, sem contar mais algumas coisinhas. ʕ•ᴥ•ʔ E como a maioria, estou começando a escrever fics por diversão.

Commentez quelque chose

Publier!
Il n’y a aucun commentaire pour le moment. Soyez le premier à donner votre avis!
~