anneclaksa Anne Claksa

Depois de um longo tempo na China e da restauração do portal, Hera finalmente funda a sua nação preferida: Deutschland ou melhor dizendo, Alemanha. No inicio não foi fácil construí-la, mas, ela reuniu forças com os alemães e com seus amigos asgardianos, Hera reergueu o país e em pouco tempo, a Alemanha se tornou uma potência moderna na Europa. Porém, Hera não busca apenas fundar uma grande nação, com a Alemanha ela quer provar do que é capaz de fazer. Esta história mostra o início da nação que movimentou o século XX, além de descobrir como aos poucos os alemães se envolvem em guerras. [Mitologia Grega de um Jeito Diferente] [História também postada no Nyah! Fanfiction : https://fanfiction.com.br/historia/776257/A_Familia_Olimpiano_e_suas_nacoes_-_Parte_2/]


Romance Déconseillé aux moins de 13 ans.

#drama #alemanha #fantasia
4
4.7mille VUES
Terminé
temps de lecture
AA Partager

O início- Deutschland

Desde 962, Hera está em Deutschland e manteve isso em segredo, pois, precisava reestruturar o lugar e unifica-lo para que assim pudesse fundar sua tão sonhada nação.

Foi um árduo trabalho, primeiro as guerras napoleônicas destruíram a maioria das plantações, muitos produtores perderam tudo. Depois Hera teve a ideia de já industrializar Deutschland, pois, já que não havia plantações para a agricultura, Hera achou que a indústria seria a solução. Porém, o resultado não foi o que ela esperava, muitos alemães não conseguiram se adaptar ao novo sistema e começaram a passar fome. E as guerras entre os condados do sul e do norte se tornavam mais intensas. Hera estava desesperada, estava tudo dando errado na sua nação e como tudo que está ruim pode piorar, a maioria dos alemães queria deixar Deutschland. Hera ficou louca de raiva, chorava, não conseguia aceitar que a nação que tanto queria não iria ser fundada de verdade. Seus amigos ficaram preocupados com ela, andava triste, desanimada, pensava em até voltar para a China.

Frigga, uma deusa asgardiana de longos cachos vermelho claro, era a melhor amiga dela, esteve nos momentos mais difíceis ao seu lado. É através dela que descobrimos que a deusa Ivy é Hera. Hera/Ivy estava em seu quarto, olhando pela janela e pensando, Frigga entra no quarto. Estamos em 1824.

— Ivy, você está bem? — Perguntou Frigga.

— Ai Frig, estou tão desapontada, sabe o que sonhar com uma grande nação e quando vê, nada dá certo? Eu estou com esse sentimento agora. De que fracassei, disse que Deutschland não ia ser fundada, para que ninguém viesse me procurar e estragar meu projeto, mas agora, corre risco dela não ser fundada de verdade. — Disse Hera com lágrimas nos olhos.

— Não fique assim Ivy, você ficou tempo demais longe daqui. Nós e os alemães ficamos um longo tempo te esperando, enquanto isso, as guerras foram acontecendo, os povos do norte e do sul não se entendiam.

— A culpa é minha, eu deixei vocês para me casar com o Zeus, estava tão apaixonada por ele que nem pensei duas vezes em deixar vocês. Me sinto tão culpada. Se eu soubesse que ia ser traída todos os dias e ia sofrer tanto, nunca teria me casado com ele, teria ficado aqui.

— Não se culpe. Você se apaixonou, percebi que o amava e ainda o ama, mas agora tem que se concentrar em resolver os problemas, convencer os condados a se unirem para que assim Deutschland possa se tornar uma nação. Vi alguns grupos de alemães se preparando para ir até o porto para partir.

— Eles já sabem para aonde vão?

— Não. Estão esperando algum destino sugerido por você.

— Pois bem, eu já sei para aonde vou manda-los.

Hera, com Frigga, Odin, Vili e Vé, foi para o porto, chegando lá, foi reverenciada pelos alemães, Hera mal conseguia olhar para o navio “Germânia”.

— Alemães, sei que nossa terra passa por dificuldades e que muitos de vocês estão insatisfeitos com isso, por isso querem ir embora. Isso me deixa muito triste, mas não vou impedi-los de partir, estão em busca de uma vida melhor, quero que sejam felizes. Por isso, eu tenho um destino para vocês, vocês, meus alemães, vão para a região sul do Brasil. Pesquisei, a região sul tem um clima parecido com o de Deutschland, vocês vão trabalhar, cultivar e estabelecer colônias. — Disse Hera.

— Mas o Brasil não é o país daquele maldito do Zeus, que te tirou de nós, te fez sofrer? — Perguntou um alemão.

— Sim, vocês vão espionar o Brasil, me contarão tudo que acontece lá, o Zeus ficará com os imigrantes, como fez com os italianos. Vocês vão trabalhar e desenvolver o lugar ao ponto de que no futuro, a região sul queira se separar do Brasil. Só faço um pedido, não digam de onde vocês são, digam só que vieram da Europa. Essa será a vingança de vocês contra o Zeus, roubar as terras dele e transferi-las para mim, Ivy Lily Venandre, enquanto que aqui vou dar um jeito de reestruturar Deutschland. O que acham?

Os alemães concordaram e vibraram, eles gritavam “Vamos tomar o sul do Brasil” enquanto subiam no navio. Quando o navio começou a sumir na imensidão do oceano, Hera começava se lembrar de todas as traições. De todas a vezes que fora humilhada, ignorada, da raiva que sentia, do ciúme, das perseguições que fazia, tudo isso dava forças para ela reestruturar Deutschland e fazer dela uma grandiosa nação.

— E agora? O que vamos fazer, Ivy? — Perguntou Vili.

— Nós vamos fundar Deutschland, agora é questão de honra. — Hera falou com uma expressão determinada.

23 Août 2022 20:07:40 0 Rapport Incorporer Suivre l’histoire
1
Lire le chapitre suivant Gerando o (a) deus(a) protetor(a)

Commentez quelque chose

Publier!
Il n’y a aucun commentaire pour le moment. Soyez le premier à donner votre avis!
~

Comment se passe votre lecture?

Il reste encore 19 chapitres restants de cette histoire.
Pour continuer votre lecture, veuillez vous connecter ou créer un compte. Gratuit!

New Mitology
New Mitology

Um universo reimaginando a mitologia grega, colocando os deuses gregos fundando nações e tendo uma nova vida fora do Olimpo. En savoir plus New Mitology.