mayra-barreto-1644352547 Mayra Barreto

Um romance verídico de uma adolescente com desejo e amor por um homem, sua história sobre seu primeiro amor sua primeira experiência e sua primeira perda. Capítulos quentes com sentimentos para não ser esquecido essa linda história.


Récits de vie Tout public.

#relacionamento #adolescente #primeiroamor #amor #inkspiredstory #vida
0
1.8mille VUES
En cours - Nouveau chapitre Tous les lundis
temps de lecture
AA Partager

O início

Tudo começou nas ferias de escola. Estava fazendo um sol de 27 graus em minha cidade e as praias estava cheias pois era final de ano e o movimento no litoral triplicava, eu estava louca para ir a praia mas como ainda tinha meus 16 anos não podia sair sem meus pais.

Ficava super chateada pois todos os meus amigos estavam tendo liberdade de sair , por esse motivo estava sempre questionado a minha mãe mais a resposta era sempre a mesma;

mãe: - você só vai sair quando completar 18 anos.

Até que um dia tive uma ideia, se eu não posso sair para me divertir talvez eles me deixam trabalhar, e como todo adolescente pensa em ter sua independência, mas como achar um emprego tendo 16 anos, então lembro que minha tia estava precisndo de alguém para trabalhar no setor de bebida em seu restaurante, logo mandei mensagem para ela e ela topou mais eu precisava fazer um teste pois nunca tinha trabalhado com bebidas,aliás nunca tinha bebido.

Então conversei com meus pais e só minha mãe estava me apoiando, meu pai não aceitava que eu fosse trabalhar, mas com tanta insistência minha ele aprovou com uma condição minha tia teria que me vigiaria todo instante.

Então todos concordaram e eu estava super animada com meu primeiro serviço,logo chegou o dia e me adaptei super rapido na vaga e com todos os funcionários, estava muito feliz, até um dia como outro minha tia estava me levando para casa, só que no meio do caminho ela resolve parar em sua casa para poder dar algo para um amigo dela,

Chagando em sua casa minha tia resolve entra no banho e logo a campanhia toca e ela me pede para receber o amigo dela, então eu desço as escadas e abro a portae ali me deparo com um homem alto, forte, rosto perfeito com um olhar mistérioso, á aquele olhar, ficamos ali se olhando sem dizer uma palavra era como se o tempo tivesse parado meu coração disparou estava sem reação, até que ele levemente sorri e fala;

-oie a ana está ai.

eu apenos aceno a cabeça com um sim e respondo lentamente;

- está no banho.

ele sorri e sobe as escadas.

senti um mix de sentimento, fechei a porta e fui atrás dele, minha tia ainda estava no banho então nos apenas ficamos ali trocando os olhares e sorriso por alguns minutos até que ele se apresenta e pergunta o meu nome;

luis: - então eu me chamo luis e qual seu nome lindeza?

na quele instante ao ouvir sua voz novamente fico encantada e respondo como se não tivesse sentindo nada por ele;

eu:- me chamo maya, o que você faz aqui luis ?

ele sorri e diz que precisa pegar algo com minha tia sobre a prancha, então ele pergunta se estou trabalhando no restaurante, eu respondo sim no setor das bebidas, ele ri alto e pergunta a minha idade;

eu: - tenho 16 aninhos e você?

luis: - tenho 23.

ele me pergunta se eu ja bebia eu respondo rapidamente que não, minha tia sai do banho e entrega os equipamentos de prancha a ele, ele estava com presa e ao se despedir ele tira o celular de minha mão e anota o seu número,eu solto um sorriso bobo e ele entra em seu carro.

Eu confesso que ja estava encantada por ele, chegando em minha casa tento mandar mensagem a ele mais não encontrava seu número em meu WhatsApp logo percebo que ele digitou errado de propósito então frustrada tento esquecer o que tinha acontecido.

Após passar uma semana, quando voltavamos para casa depois de um dia de trabalho, o celular de minha tia toca como ela estava dirigindo atendo para ela, e logo escuto aquela voz sexy e misteriosa, sim era o Luis;

Eu: - oe gostaria de falar com quem ?

Luis: - com você mesmo lindeza.

Eu:- quer falar comigo ?

Luis: - sim você nao me chamou, fiquei curioso para saber o motivo.

Eu: - você passou seu número errado besta.

Luis: - como assim vamos resolver isso, estou indo para casa da ana avise ela.

Então ele desliga o celular, meu coração estava saindo pela boca então aviso minha tia.

Chegando na casa me deparo com ele encostado em seu carro, nós nos comprimentamos e logo ele manda eu pesquisar o número dele com o nome de Amor, eu solto uma risada e falo;

Eu: - como assim ja estamos na parte do amor ?

Luis:- na verdade quero estar sim.

Na quele instante sintia minha boca secando eu estava desejando loucamente sentir aqueles lábios no meu, os seus olhos estavam brilhando como se estive uma constelação inteira de estrelas, então sinto sua mão levemente tocando em meu pescoço e finamente sues lábios tocaram os meus.



9 Février 2022 12:56:30 0 Rapport Incorporer Suivre l’histoire
1
À suivre… Nouveau chapitre Tous les lundis.

A propos de l’auteur

Commentez quelque chose

Publier!
Il n’y a aucun commentaire pour le moment. Soyez le premier à donner votre avis!
~