badbyekim Mandy

Kim Taehyung, um vampiro que anda pela Terra a séculos encontra alguém que o fez querer mais do que pode.


Fanfiction Groupes/Chanteurs Interdit aux moins de 18 ans.

#taehyung #v #namjoon #bts #jin #rm #bangtanboys #sobrenatural #terror #taejoon #vmon #nsfw #pwp
0
520 VUES
En cours - Nouveau chapitre Tous les 30 jours
temps de lecture
AA Partager

Manere

“Dracula ou Dracul, é um deus da antiguidade cultuado pelos Dracs, foi lhe dado vida eterna para que cuidasse das criaturas da noite. Tem se dados de que em 1367 A.C., fugiu de seu séquito, suas razões permanecem desconhecidas.” O homem baixo de cabelos pretos e lisos em um corte perfeito terminou sua explicação. “Alguma dúvida?” Muitas pessoas levantaram a mão, mas alguém se levantou, não para tirar uma dúvida. “Você esqueceu de apenas um detalhe: o deus das trevas não desapareceu.” Todos olharam para o homem, louro, ele se mantinha firme com sua postura perfeita e olhar implacável ao professor. “Você fala como se fosse real, é apenas uma lenda. Um mito.” Todos riram e o professor Yoongi, especialista em lendas e mitologias, voltou-se a plateia escolhendo quem iria responder à pergunta. Mas o loiro não desistiu e andou até perto do palco. “É real a história e também não aconteceu muito tempo atrás.” Ele olhou de soslaio para Yoongi enquanto caminhava até a saída deixando o professor confuso. Yoongi continuou a palestra, perguntaram sobre o homem que acabou de sair e Yoongi não soube responder. “O que acha da possibilidade de a lenda ser real?” Um estudante perguntou. Yoongi ficou com a mente em branco, não considerava a mínima chance da lenda ser real. “Acho que não exista uma possibilidade de ser real.” Encerrou a palestra deixando todos confusos e murmurando entre si. O professor foi direto a recepção para descobrir quem era aquele homem. Chegou na entrada do prédio e pediu informações sobre um loiro com terno caro. Imediatamente responderam que era Park Jimin, um colecionador de objetos sobrenaturais. Yoongi perguntou onde poderia o encontrar e disseram que ele estava hospedado em um hotel de luxo. Yoongi agradeceu e pegou o endereço. O hotel parecia ser de outra dimensão pela grandiosidade de seu tamanho junto do design interior. Foi até a recepcionista e perguntou por Park Jimin, ela respondeu que ele estava no quarto 1012 e o aguardava. Yoongi franziu o cenho confuso e foi até o quarto. Entrou surpreso com seu tamanho, Jimin, elegantemente servia uma bebida e perguntou se Yoongi queria alguma. O professor recusou. Jimin falou-lhe para se sentir confortável. Sentou-se no sofá e Jimin de frente para ele com o copo de bebida em mãos. “Você falou que a lenda era real, poderia explicar como?” Yoongi começou. Jimin fez um gesto indicando para o professor ver a pasta a sua frente. Yoongi a pegou pasta e viu uma foto de dois homens em um restaurante, era de 30 anos atrás. Outra estavam caminhando e o homem de cabelos pretos acompanhava o outro um pouco mais baixo que si, ele pousava a mão na cintura do outro denotando a intimidade que compartilhava. “Está me dizendo que esse é o conde Dracula?” Yoongi colocou as fotos de volta a mesa sentindo-se enganado. Jimin mantinha-se impassível. “Eles ainda vivem aqui em Seul, então irá se esbarrar com eles uma hora ou outra.” Jimin falou calmamente mesmo com Yoongi o fuzilando com o olhar. “E quem seria esse ao lado de conde Dracula?” Yoongi olhava para as fotos, intrigado por um pequeno detalhe, os olhos pareciam mudar de cor e possuía inscrições em sua nuca que eram familiares. “Esse é seu amante...” Jimin terminou sua bebida e viu Yoongi intrigado. Yoongi nada respondeu, apenas olhava as fotos como se tivessem nada demais. Concluiu que foi uma perda de tempo. “Obrigado pelo seu tempo, Park Jimin-ssi. Preciso ir agora.” Yoongi levantou-se até a porta, mas antes de abrir a porta parou. “Se quiser os ver, estarão em uma exposição de arte no Centro Cultural daqui a 1 hora.” Foi a última fala de Jimin. Yoongi saiu do quarto exasperado, uma completa perda de tempo. Mas uma voz dizia para ir ver o Dracula, mas algo lhe dizia que era mentira, aquele homem era apenas um louco que estava tentando arrasta-lo junto. Yoongi voltou para a universidade com a ideia de ir à exposição apenas para conferir se eram reais. “Mesmo que se estivessem lá não provaria nada, poderia ser apenas um casal como qualquer outro...” Para ter paz saiu de sua sala o mais rápido possível e pegou táxi para o Centro Cultural de Seul. O local estava um pouco vazio com algumas pessoas entrando. Yoongi pagou o motorista e foi para dentro do prédio. Procurou por um homem alto de cabelos ondulados e olhos arredondados. Notou que umos visitantes iam se aglomerando mais ao fundo. Perguntou o que seria e responderam que era um discurso que seria dado antes da exposição começar. Yoongi não era um convidado, mas sentou-se entre eles. Um homem chegou no palco, agradeceu pela presença de todos e pediu que fizessem silêncio. “Estamos honrados em receber Kim Namjoon, um historiador e colecionador que cedeu parte de sua coleção para que fosse exposta hoje para arrecadar fundos para o projeto de suporte a artistas menores.” Ele apontou para o homem elegante subindo para perto do microfone que recebia vários aplausos da multidão. Ele fez mais acenos e pediu para que parassem. “Agradeço por esta oportunidade de fazer a diferença e ajudar na produção artística de nosso país.” Começou seu discurso recebendo aplausos durante as pausas. Ao final agradeceu a Kim Taehyung, grande amor de sua vida que o apoiou por anos, ele virou-se para ver a plateia. Yoongi sentiu sua cabeça girar seu lado racional gritava com o mais emocional. “Eles podem ser apenas pessoas comuns, estarem aqui não significa que são um vampiro milenar com, com...” O professor sentiu que uma mao agarrava seu cabelo por trás e o jogou no chão, o impacto o deixou desacordado. A última visão que teve antes de desmaiar por completo era a de Taehyung o socorrendo, podia jurar que viu os seus olhos avermelhados o reflexo de Jimin sorrindo maligno.

5 Février 2022 19:51:45 0 Rapport Incorporer Suivre l’histoire
0
Lire le chapitre suivant Foederis

Commentez quelque chose

Publier!
Il n’y a aucun commentaire pour le moment. Soyez le premier à donner votre avis!
~

Comment se passe votre lecture?

Il reste encore 3 chapitres restants de cette histoire.
Pour continuer votre lecture, veuillez vous connecter ou créer un compte. Gratuit!