Z
Zack Lopes


Hell é filho de Lúcifer e herdeiro direto do trono,mas ele não almeja assumir o lugar do seu pai como rei do mundo inferior, também conhecido como Gehenna. Hell então planeja fugir, a curiosidade de descobrir novos mundo trazem o filho de Lúcifer a Terra,enquanto uma guerra pelo trono começa.


Fantaisie Fantaisie sombre Déconseillé aux moins de 13 ans.

#["Fantasia"," Mistério",""]
0
1.3mille VUES
En cours - Nouveau chapitre Tous les 30 jours
temps de lecture
AA Partager

O início

meu pai era o ser mais perfeito criador pelo o todo-poderoso, era um querubim ungido responsável por comandar os corais celestiais, a sua mais alta posição, era imponente sobre os outros anjos e criaturas do universo a fora. Mas meu pai, Lúcifer, pensava de uma forma diferente do seu criador, e isso levou a um grande debate e brigas no céu, Lúcifer então viajou por todo o universo tramando seus planos e adquirindo mais seguidores para sua causa, até que um dia o pior aconteceu.

Lúcifer contava com a terça parte dos seres do universo, e uma guerra contra os seguidores do criador foi travada, a guerra durou milhares de anos, até que Lúcifer foi expulso do céu junto com todos os seus devotos, o Arcanjo Miguel, o príncipe do exército celestial foi o responsável pela queda do gigante Lúcifer. O querubim foi mandado para uma dimensão vazia que era conhecida como " Gehenna" não havia nada lá, Lúcifer então criou seu reino do zero, a dimensão que antes era vazia agora era quase infinita repletas de construções e monumentos, um novo reino havia sido criado, um reino que tinha um líder que um dia havia sido os mais respeitado do universo.

O Reino foi divido em nove níveis, cada um comandando por um duque da confiança de meu pai, a Gehenna era o lugar de tortura, os seres de todos o universo que havia deixado o caminho do bem iria passar o resto de suas vidas, sendo torturado dia após dia, eternidade a eternidade. Meu pai se estabeleceu como rei e seu império crescia com poder e glória, a estrela da manhã já não era mais visto como uma criatura, e os seus devotos o assemelhava com o próprio criador, sendo semelhante à ele.




A minha vida aqui não é lá nenhuma maravilha, ser herdeiro de toda uma dimensão não é para qualquer um, aliás isso foi imposto a mim. Para quem não me conhece eu sou Hell, filho de Lúcifer e herdeiro direto do trono, sou híbrido de duas linhagens diferentes, anjos, demônios. Portanto sou diferente de todos os demônios sujos e repugnantes que se meche por cada canto dessa dimensão, e portando assim sou um ser um tanto ocupado,meu pai me restringiu a vida toda o contato com outros seres com o mesmo argumento de sempre, " você não está pronto para o universo lá fora" e isso é chato, e olha que tenho mais de 1 milhão de anos.


A luz no horizonte sumia e os gritos começam por todo o lado eu conseguia escuta tudo, diferente dos outros, as almas dos seres maus eram trazida pelos demônios, e elas permanência eternamente sofrendo, cada um de acordo pelo que cometeu, esse foi um acordo entre o criador e meu pai, e diariamente todos os seres de todos os planetas chegam em milhões e milhões, existe um lado especial na Geehena Onde é proibido a minha entrada , mas pelo o que ouço dizer a crueldade é tanta que os gritos são de um desespero sem fim, as vezes fica difícil relaxar a mente


Como herdeiro do trono tenho obrigação e dever de estar por dentro de todas as informações do reino, então viajou entre os noves níveis, também conhecido como os noves reinos, os duques as frente desses reinos, eram generais e guerreiros que lutaram ao lado de Lúcifer na guerra no céu, todos são poderosos e estão nessas posições por que mereceram, exceto Baal, ser desprezível.




Estava sentado no meu trono quando chegou o comandante Iriel, anteriormente a queda, fazia parte da classes das potestades, era um anjo magnífico segundo relatos escutado entre os reinos, agora era comandante das tropas de demônios, antes anjo, agora um demônio. Sua aparência ainda era semelhante aos anjos, tinha dois pares de asas brancas, seus cabelos possuía tranças nas laterais dando um visual diferente dos demais, seus olhos eram vermelho, semelhante ao sangue, trajava uma armadura negra, com uma enorme capa que atingia ao chão, sua presença era imponente e desafiadora. Se aproximando do trono se ajoelhou perante a mim e disse

- Príncipe Hell, seu pai o rei e senhor o convoca a sua presença imediatamente, para tratar de um assunto de extrema importância

Disse ele de cabeça baixa.

Olhei em sua direção e responde

- sabe me informar qual é esse assunto?

Ainda de cabeça baixa respondeu

- perdão príncipe, não possuo essa informação

- pois bem

Disse eu se erguendo do trono

- irei até o soberano

Iriel colocou a mão no peito em sinal de reverência e se retirou


Atravessei todo o Palácio até chegar na sala de reuniões, meu pai estava do outro lado da mesa, e nas laterais estavam sentados os duques. Tomei um susto não esperava que o assunto fosse tão sério, na outra ponta da mesa, eu sentei em uma espécie de trono negro. Do outro lado da mesa meu pai mim encarava, as feições de Lúcifer nunca havia mudado, os mais proximos de meu pai, relata que a beleza e sabedoria continuavam a mesma, Lúcifer possuía cabelos longos ruivos, extremamente alinhado, seus olhos eram semelhantes a safira, rosto perfeitamente em harmonia e belo, meu pai não usava armadura, mas sim uma túnica negra e uma capa.

Todos os duques estavam presentes cada um representando o seus respectivos reinos, eles são: Asmodeus à luxúria, Azazel à ira, Belphegor à preguiça, Belzebu gula, Leviatã a inveja, Mammon à ganância, Belial à crueldade, Ball à avareza e Buet à morte.


Lúcifer levantou a mão para o céu e com uma voz calma,porém cheia de autoridade disse:

- Convoquei todos vocês para fazer um pronunciamento, que já tenho tardado a fazer

Todos os duques olhavam atentamente

- Estou deixando a função de rei da Gehenna, já estabeleci a pedra fundamental, irei continuar a observar todos vocês, mas agora não será mais eu que irá lidera

No mesmo instante o olha de meu pai se cruzou com o meu

- Hell será coroado rei em breve, e todos vocês devem o obedecer

Algo dentro de mim queria sair correndo loucamente dali, era uma sensação nova, nunca havia experimentado nada semelhante

- Meu senhor, vossa majestade não estaria se precipitando em relação a essa decisão?

Disse Azazel, ele possuía cabelos longos pretos, e seus olhos eram escuros,usava uma armadura negra, que parecia se mecher

- está duvidando da minha decisão?

Os olhos de meu pai transmitia autoridade e poder, e Azazel logo percebeu

- Jamais meu senhor, mas o príncipe não possuí o conhecimento necessário para

governa

Respondeu Azazel

Uma risada foi escutada, e todos olharam para Baal

- Não vejo necessidade de essa desconfiança no príncipe, afinal é filho do todo-podero

As palavras de Baal não demonstrava verdade, mas uma falsidade escancarada

Baal tinha a aparência de um ser humano, possuía cabelo curto, usava geralmente sua armadura vermelha e sempre andava com seu anel de ouro

- Garanto que a decisão foi a melhor a ser tomada

Disse leviatã olhando para os outros duques

- A decisão foi tomada

Falou Lúcifer se levantando

- Reunião encerrada.

Me ergui sem falar nenhuma palavra e decidi colocar o plano que eu almejava em prática.


3 Janvier 2022 09:29:45 0 Rapport Incorporer Suivre l’histoire
0
À suivre… Nouveau chapitre Tous les 30 jours.

A propos de l’auteur

Commentez quelque chose

Publier!
Il n’y a aucun commentaire pour le moment. Soyez le premier à donner votre avis!
~