Histoire courte
2
694 VUES
Terminé
temps de lecture
AA Partager

Então é Natal...

Estava cansado, não, exausto.

Os nervos doíam e meu dorso permanecia calejado de puxar a carroça.

Hoje parecia ser um dia diferente, meus donos, não, os usuários de minha força, pareciam estar a espera de algo.

Natal o nome. Um momento mágico em que os seres humanos se unem em nome de uma figura antepassada e trocam votos de felicidade e presentes.

Sou colocado na baia pequena e úmida, pois havia goteiras. Me alimentam com feno amarelo, que se embrulham no estômago e que não sei como ainda não me fez morrer de cólica, e bebo a água acumulada da chuva.

Os humanos se reúnem na casa de tábuas roídas pelos ratos e comemoram feliz este dia, a viagem rendeu algumas batatas, que seriam cozinhadas para a ceia e as cascas para a refeição do próximo dia.

Vejo pela janela sem vidraças, tampada com um cobertor rasgado, eles ajoelhados e orando ao redor da mesa.

Balanço meu pescoço jogando meus cabelos para os lados.

Tolice acreditar nas lendas dos homens.

Começo a relaxar semi apoiando o casco ao chão para adormecer, mas antes de obter sucesso, algo capta minha atenção.

Um cheiro divino incendiando a construção precária.

Viro-me para a frente e vejo a criança banguela acenando para mim em frente onde habito.

Nas mãos pequenas uma cenoura estendida e na face suja um sorriso, enquanto mastigava sua batata cozida.

Relincho feliz apontando as orelhas para a frente. Entendo o que é esse sentimento que envolve os bípedes. A esperança de dias melhores, a fé de alcançar essa dádiva e o amor em compartilhar as próprias essências.

Mordo a cenoura, substituindo a fadiga pelo sabor delicioso, a solidão pela companhia infantil e minha fé equina por ensinamentos benéficos da humanidade.

30 Décembre 2021 01:40:00 2 Rapport Incorporer Suivre l’histoire
2
La fin

A propos de l’auteur

A Louca dos Cavalos "A escrita é como um cavalo selvagem, em que não consegue segurar-lhe as rédeas; porém se surpreende ao deixar livre." By Daniele de Fátima Silva ♞♥♞ Perfil de Daniele de Fatima Silva Sou uma escritora amadora que carrega a mesma paixão pela escrita dos escritores profissionais.

Commentez quelque chose

Publier!
Max Lake Max Lake
Olá! É bom vê-la por aqui também! =D E comentando (não só, mas também) para apoiá-la no desafio. Um conto bem legal sob o ponto de vista de um cavalinho, fazendo jus ao nome de autora hehe A melhor parte foi vê-lo contente após comer a cenoura de uma criança. Já até imaginei os dois cavalgando por aí após ela ter a idade certa. Parabéns pelo conto! Até a próxima! o/
December 30, 2021, 23:04

  • A Louca dos Cavalos A Louca dos Cavalos
    Oiee ♥ Faz tempo que tava querendo escrever algo com cavalos novamente e saiu isso ♥ O Natal não é perfeito, mas traz a esperança que a gente precisa de que as coisas vão melhorar, é isso que quis trazer neste conto ♥ Eu achei lindo a criança estendendo a cenoura pra ele enquanto comia a batata ♥ Sim, uma amizade muito linda ♥ Muito obrigada por comentar e me notar ♥ Bjss de cavalinhos ♥ December 31, 2021, 01:00
~