E
Elly Silva


Anadark uma caçadora de recompensas a sangue frio. Depois de sofrer uma infância perturbadora ninguém mas pode parar a jovem assassina que tem segredos obscuros e um passado que nem ela mesmo conhece.


Criminalité Interdit aux moins de 18 ans.

#sangrento #morte #romance #inkspiredstory #poderosa #rainha #Crime
0
1.9mille VUES
En cours - Nouveau chapitre Tous les 10 jours
temps de lecture
AA Partager

Eu sou Anadark

O barulho de tiro ecou junto ao choro de um bebê,o corpo de uma jovem mulher de cabelos negros compridos aterrisa no chão gelado criando uma poça de sangue em volta...


~ DIAS ATUAIS ~


Passo por um grupo de bêbados que incomodam uma garota que aparentava ter dezesseis anos,eles sequer notam minha presença estão muito focados tentando levantar a saia da menina.

Poderia mata-los facilmente mas não valeria a pena,sou uma caçadora de recompensas não uma justiceira que luta pelo direito das mulheres.

Mas não é por isso que vou deixar que abusem da pobre garota,com apenas um corte os dez dedos das mãos de um homem caiem no chão todos ensanguentados,os outros homens me olham assustados e saiem correndo.

Não seria inteligente da parte deles enfrentar uma mulher mascarada com uma espada atravessada nas costas e outra na bainha presa ao quadril.

_O...obrigado_a garota fala ainda assustada, não é todo dia que uma mulher corta os dedos da mão de um homem.

Saio dando as costas para a garota que fica chorosa em uma canto estreito,“esse país é uma merda”_penso comigo.



O nascer do sol vem junto dos gritos dos mercadores e o cheiro horrível dos peixes recem pescados,as ruas começam a lotar por conta dos compradores.

Mulheres param em barracas de tecidos, crianças correm roubando frutas da barracas enquanto os donos gritam palavras de baixo calão.

As pessoas me olham de canto e cochicham umas com as outras, não é sempre que se vê uma mulher usando uma capa e calça de couro com os cabelos presos em um rabo de cavalo.

Aqui as mulheres costumam a estarem sempre de vestido e cabelos soltos embaraçados,ou muitas vezes as que usam lenços amarrados nós cabelos para se protegerem do sol.

Entro em uma pensão que se divide em bar,paro em frente ao balcão então uma jovem de cabelos loiros vem me atender com um sorriso amigavelmente.

_Bom dia! como posso ajudar a senhorita?_Ela pergunta mantendo o sorriso no rosto,quando a olho com desdém ela apenas ignora e mantém o sorriso,como se aquilo fosse algo natural.

_Estou procurando Shamon_falo então pude notar que o bar estava cheio quando todos se calaram.

A garota se atrapalhou com as palavras e todos me encaravam como se eu fosse louca ou coisa do tipo,percebi que no canto tinha uma mesa e três homens em sua volta.

O mais alto deles estava com um cigarro no canto da boca ele me olhava de cima a baixo como se eu fosse uma vadia,os outros apenas me encaravam mantendo os olhos nos meus seios.

Me dirigi até eles fazendo as pessoas saírem da frente e só então pude perceber quatro mulheres seminuas sentadas em seus colos,elas também me encaravam mas não tiravam atenção dos homens.

_ Por que procura meu irmão?_o homen do meio pergunta enquanto a mulher em seu colo acende o cigarro em sua boca.

_Tsc_resmungo virando o rosto.

_Algum problema senhorita?_o mais baixo entre eles pergunta dessa vez olhando em meus olhos.

_ Entendi... Você é o irmão mais velho que acha que manda em tudo... Você é o irmão mais novo que pensa que é forte o suficiente para descer a porrada em todos aqui_falo dando uma pausa observando eles me encarar.

_ Quem você pensa que é para me insultar..._eu interompo o mais velho e ele me encara como se quisesse me matar.

_Você... Você é oque realmente manda, estás me olhando como se eu fosse uma vadia desde quando pronunciei seu nome_falo apontando para o mais alto.

_Eu quero saber oque você quer_Ele fala apagando o cigarro na mesa e jogando a bituca no chão.

Sento de frente para ele e me debruço sobre a mesa,ele observa cada movimento como se fosse uma cobra esperando para dar o bote.

_Eu me ofereço para caçadora de recompensas_falo e os irmãos dele riem como se eu tivesse acabado de contat uma piada.

Com apenas um sinal de mão Shamon faz com que seus irmãos fiquem quietos e volta a me encarar,com um olhar sério ele tenta desifrar oque realmente eu quero.

_Por que contrataria uma mulher para caçadora de recompensas?_Ele pergunta levantando a sombrancelha.

_Eu posso ser uma mulher más sou mais competente que qualquer um dos seus homens_falo apontando para os homens que nos cercam.

_Apenas com essas espadas? Você não deve ir muito longe_o irmão mais velho de Shamon fala tirando minha atenção para ele.

_ Não uso armas de fogo,garanto que com apenas as espadas eu faço mais estrago que uma bala de fero.

_ Te darei uma chance...Mate esse cara_Shamon me entrega uma ficha em papéis manchados,onde havia o desenho de um homem velho,seu nome e os crimes que comete_Depois que fizer o trabalho eu lhe pagarei essa quantia_Ele me entrega um papel onde estava escrito o valor pela cabeça do homem.

Me levanto com os papéis nas mãos e viro as costas para eles,Shamon resmunga alguma coisa para os irmãos e os homens do bar me olham rindo como se fosse uma piada.

Não preciso provar nada para eles sei do meu potencial,vou matar todos aqueles que entrarem no meu caminho.

_ Você tem até o fim do dia senhorita...

Saio pela porta dá frente a caminho da onde o alvo foi visto pela última vez,no meio do caminho sou parada por crianças que pedem esmola para se alimentarem,joga uma moeda de três ózzas e passo ignorando seus agradecimentos.



Depois de conseguir pistas sobre a localização do alvo finalmente o encontrei, não seria difícil encontrar alguém nessa pequena cidade.

Estava encostado em um barco que estava cheio de baús e mercadorias,me aproximei sorrateiramente e ele nem percebeu a espada atravessando seu pescoço e o sangue esguichando enquanto seu corpo caia morto no chão.

_Não foi difícil,mas me sujou toda_falo observando seu corpo ensanguentado.

Cobri o corpo e arrastei até a pensão que agora estava mais cheia e vários homens bêbados dançavam agarrados em mulheres com pouca roupa,jogo o corpo do homem em cima da mesa e onde Shamon estava com mais mulheres e seus irmãos.

Ambos me olharam surpresos e depois olharam para o cadaver coberto,Shamon descobriu um pouco o rosto do falecido para saber se era realmente o alvo.

_ Tira esse merda de cima da minha mesa_Shamon ordenou para um rapaz que aparentava ter no máximo 15 anos_Aqui está seu pagamento,chamarei você para mas serviços.

Pego a bolsinha com quinhentas ózzas,ele acende um cigarro e volta a me encarar a pergunta que ele ia fazer é interompida por seu irmão.

_Qual o seu nome senhorita?

_ Eu sou Anadark_falo saindo do campo de visão deles e indo até a recepção da pensão onde a mesma menina de mais cedo me recebe.

_ Em que posso ajudar senhorita?_o sorriso dela ainda estava lá inabalável.

_Eu gostaria de alugar um quarto.

_ Senhorita a mensalidade é dez ózzas por mês_ela fala ainda sorrindo e eu entrego o dinheiro a ela_ Aqui está a chave do seu quarto senhorita.

Pego a pequena chave na me sua mão e subo as escadas que dão para o corredor dos quartos,procuro pelo número sete e encontrando o mesmo próximo ao final do corretor.

O quarto era pequeno mas aconchegante e e tinha um pequeno banheiro,erae melhor do que dormir em mais uma noite no relento da rua.



29 Octobre 2021 16:51:46 0 Rapport Incorporer Suivre l’histoire
2
Lire le chapitre suivant Uma morte de cada vez

Commentez quelque chose

Publier!
Il n’y a aucun commentaire pour le moment. Soyez le premier à donner votre avis!
~

Comment se passe votre lecture?

Il reste encore 2 chapitres restants de cette histoire.
Pour continuer votre lecture, veuillez vous connecter ou créer un compte. Gratuit!

Histoires en lien