marianatalia_messiascamargos Maria Natália Messias Camargos

Quem disse que o coração liga se o santo não bate? Nem que chovesse canivete peço perdão, será mesmo? Quem falou que bruto não corre atrás? Até o mais teimoso cede ao amor, em assuntos do coração não se manda, essa dança quem rege são eles, apenas sentamos e observamos, quem fala mais alto, a marra ou o coração?


Romance Suspense romantique Interdit aux moins de 18 ans.

#romance #amor #fazenda #força #Marra
0
681 VUES
En cours - Nouveau chapitre Every week
temps de lecture
AA Partager

Prólogo - Valéria

Valéria é uma jovem simples, filha do capataz da segunda maior fazenda da região, nascida e criada nas terras da fazenda Escorpião, Valéria está com 18 anos, após completar maior idade, pode oficialmente sair para o campo com seu pai e ser considerada uma funcionária na equipe de peões da fazenda, recebendo por isso assim como todos os outros funcionários da fazenda.


A fazenda Escorpião não separa as tarefas por gênero, porém, ainda assim é comum se ver mais mulheres trabalhando na casa grande e nas granjas e até mesmo nos barracões ou colhendo nos pomares, porém, ainda se vêm mesmo que poucas, mulheres arrebanhando gado com coragem e carregando caminhões, galopando pelas dependências da fazenda em belos cavalos.


Todos os dias, mesma rotina, dormir cedo, de pé antes das três e meia da matina, café da manhã reforçado, cinto afivelado, botas nos pés, chapéu na cabeça, laço preso a cintura no cinto e nas costas berrante para arrebanhar o gado.


Valéria segue com seu pai pros campos toda manhã, porém, enquanto seu pai segue vistoriar o trabalho dos peões, Valéria fica no haras cuidando dos cavalos, Valéria não era mulher que baixava a cabeça pra macho que fala alto, se levantar a voz com ela vai ouvir o que não quer e o que nem sabia que existia.


Sendo criada em meio aos peões desde neném, Valéria tende a ter uma personalidade mais explosiva, porém, sabe mostrar um doce sorriso a quem merece, cara de anjo, mas não se engane, esse anjo ao invés de te levar ao céu com ternura, pode te arrastar pro inferno de uma vez a chicotadas.

21 Août 2021 19:50:34 0 Rapport Incorporer Suivre l’histoire
0
Lire le chapitre suivant Prólogo - Richard

Commentez quelque chose

Publier!
Il n’y a aucun commentaire pour le moment. Soyez le premier à donner votre avis!
~

Comment se passe votre lecture?

Il reste encore 2 chapitres restants de cette histoire.
Pour continuer votre lecture, veuillez vous connecter ou créer un compte. Gratuit!