aninhakimsantos Ana Kim

Todos nós sabemos que a dor da perda de alguém é terrível e cruel e não seria diferente na vida Lan Wangji. Mas no meio do desespero, da dor, tristeza, ele encontra refúgio escrevendo cartas de amor, saudades e confissões para seu amado Wei Ying... Meu Wei Ying... Eu te amo. Essa obra tem a maior participação de @ranwannin que me permitiu usar das suas cartas para essa história, obrigada por essa oportunidade! Todo direito reservado a está pessoa maravilhosa ❤️. Capa feita por minha amada filha @aitaknelle, obrigada você é maravilhosa, te amo!


Fanfiction Série/ Doramas/Opéras de savon Interdit aux moins de 21 ans.

#dacultivacao #mundo #lanzhan #weiying #mdzs # #Wangxian
0
2.2k VUES
En cours - Nouveau chapitre Every 2 days
temps de lecture
AA Partager

Primeiro Ano

Olá boa noite! Preparados?!
Vamos começar, preparem os lencinhos...
Boa leitura

🐰🐰🐰

Lan Wangji acordou antes das cinco da manhã, as regras que ele tanto seguiu desde que era pequeno agora não faz tanta diferença depois que Ele se foi. O mundo que já não era tão alegre aos olhos de Wangji depois da morte Dele só fez piorar.

Por ser tão controlado era difícil de Lan Wangji chora, mas ele sentia seus olhos todos os dias quando tocava inquérito se encher de lágrimas, porque? Porque quando Wei Wuxian precisou de alguém ele não estava lá? Porque ele simplesmente não o ouviu? Porque ele sendo quem era e como havia dito na montanha fênix que ele ainda era sua alma gêmea não lhe deu um voto de confiança?

Eram tantas perguntas e agora Lan Wangji não tinha nenhuma resposta. Ele levantou da cama e apreciou aquele frio de início da manhã, o amanhecer que saberia muito bem que Wei Wuxian não saberia apreciar, porque estaria dormindo. Um pequeno sorriso apareceu nos lábios da segunda jade ao pensar sobre isso, mas suspirou depois.

As sete da manhã seu irmão aparece na mesa onde ele está sentado tomando seu café, sem muita disposição mas obrigando a se alimentar. Afinal, ele tem muitas atividades até a hora que ele voltar ao quarto e tentar mais uma vez o inquérito. Lan Xichen lhe oferece um pequeno sorriso e senta ao seu lado sem falar nada, ele também não está nos melhores momentos para dar um conselho e por isso opta pelo silêncio.

O silêncio é interrompido pelo um ser pequeno e meio sorridente, Lan Wangji dá um leve sorriso ao ver quem está entrando no recinto. Lan Sizhui, ou A-Yuan como Wei chamava. Até hoje a segunda jade não acredita que encontrou o bebê que o Patriarca Yiling havia adotado, era realmente quase um milagre dele estar vivo e ali com ele. Mas a segunda Jade queria que seu Wei Ying estivesse ali com ele, falando sem parar, fazendo o pequeno Yuan sorrir e o melhor de tudo vivo ao seu lado.

🐰🐰🐰

Ao terminar mais um dia longo e cansativo Hanguang-jun estava caminhando para o Jingshi. Hoje ele tinha a companhia de seu filho Sizhui que andava nos seus passinhos de criança ainda, mas segurando firmemente as mãos grande de seu pai. Após um banho rápido os dois já estavam limpos e a segunda Jade estava botando seu filho na cama, ele sabia que em minutos pegaria no sono quando ele começasse a tocar inquérito. E dito e certo aí tocar as notas iniciais da música que Lan Zhan havia feito pra Wei Ying o pai viu o filho se aconchegar e dormir.

Depois de horas tocando o inquérito e sem nenhuma resposta Hanguang-jun no meio do desespero pega uma folha de papel e começou a escrever.

Meu Wei Ying

Já faz um ano que você se foi Wei Ying. A saudade e a culpa ainda me corroem. Ainda penso que se eu tivesse lutado mais, tivesse insistido mais, você não teria se partido e não teria nos deixado.

Faz um ano que eu fui punido, que eu senti dor indescritível sobre o corpo, e que ainda sim essa dor não foi maior do que a dor que foi perder você. De não ter salvo você. Quando me contaram sobre sua morte, eu fui atrás.

Eu não queria acreditar que o meu Wei Ying estava morto, e quando eu cheguei lá você não estava mais e eu só fiz me ajoelhar naquela terra amaldiçoada e chorar. Porém eu tive que parar, eu tive que ajudar esse garoto que estava lá, eu precisava salvar uma única coisa viva que tinha um pedaço de você.

Dei a ele o nome de Lan Sizhui como cortesia, e ele está sendo um menino muito esperto, mesmo que agora eu não consiga dele cuidar totalmente do jeito certo, adotei ele como meu filho, nosso filho.

Todos os dias eu toco Inquérito na esperança de um sinal, qualquer sinal de que você está aqui, Wei Ying. Mas nunca tenho uma resposta, e isso dói mais do que qualquer coisa.

Eu escrevo essa carta e espero que chegue a você um dia, que eu vou ler para você um dia, Wei Ying.

Sinto muito, e obrigado.

Ao final da carta Lan Wangji sente seu rosto molhado e está suspirando como estivesse tentando soltar algo que nem ele sabia o que era... No final Lan Zhan só consegui dizer aos sussurros.

Wei Ying eu sinto sua falta e eu te amo.

🐰🐰🐰

A todos que chegaram até aqui obrigada e daqui a dois dias tem mais.

Beijos.

😘😘😘

26 Juin 2021 21:45:45 0 Rapport Incorporer Suivre l’histoire
0
À suivre… Nouveau chapitre Every 2 days.

A propos de l’auteur

Ana Kim Amo escrever e ler historias 😍😍

Commentez quelque chose

Publier!
Il n’y a aucun commentaire pour le moment. Soyez le premier à donner votre avis!
~