agustdeadtown 𝖋𝖎𝖛𝖊 𝖎𝖓 𝖗𝖔𝖒𝖆𝖓

❝Onde Yoon Gi era o príncipe que nunca herdaria o trono, mas tinha um amor avassalador por uma das criadas do reino. Tal amor trouxe dor a mais seis garotos❞ [Ot7 | YoonGi center | Hetero | Romance&Hot | au!¡kingdom | Drama | Feito em RPG] [18+ Contém sexo, palavras de baixo calão, homossexualidade, homicídio, suicídio, entre outros] ©2017 agustdeadtown Todos os direitos reservados!


Fanfiction Groupes/Chanteurs Déconseillé aux moins de 13 ans.

#ot7 #jin #seokjin #suga #yoongi #hoseok #jhope #rm #namjoon #taehyung #jimin #jungkook #hetero #bts
3
2.4mille VUES
Terminé
temps de lecture
AA Partager

Prólogo; I'll leave the palace

2014, Daegu - South Korea.

O comitê da realeza realizava mais uma de suas reuniões com pautas especificas e sérias, Min Yoon Gi sentia sua cabeça rodar, ali ainda circulava um pouco do álcool excessivo da noite anterior, ele não estava nem um pouco interessado nos assuntos tratados naquela mesa, mas manteve sua postura ou pelo menos tentou.

- Esperamos que nesse mês tenhamos uma nova concubina para o senhor Yoon Gi, afinal ele também é um homem com necessidades - Um dos homens ali disse e o garoto de cabelos escuros jogou seu olhar rapidamente em direção a ele.

- Não quero concubina nenhuma, se me permite dizer - Impôs de forma séria, mantendo o seu nível na torre da realeza predominando.

- São ordens do rei, mestre.

- Pouco me importa o que o rei ordena ou deixa de ordenar, se digo que não quero é assim que será - O homem que trajava as vestimentas escuras concordou ao seu superior - Se ele impor minhas palavras, que o senhor peça para que ele venha discutir sobre isso comigo. Com sua licença.

Após pronunciar tais palavras, Min Yoon Gi arrastou a cadeira pelo chão deixando os responsáveis pelo comitê sozinhos e empurrou as portas do salão indo em direção ao lado de fora do castelo.

Ele não herdaria aquele lugar, achava desnecessário ficar onde a falsidade era tão explicita, mas as pessoas pareciam não quererem enxergar. Seu irmão sim deveria estar naquele salão, junto com aqueles homens discutindo concubinas e quantos quilos de ouro ele iria querer em sua coroa, mas ao invés disso, o que o herdeiro estava fazendo? Jogando golfe em um enorme campo junto ao irresponsável do seu pai, mais conhecido também como rei.

Yoon Gi parou em frente ao chafariz do jardim e ajeitou suas vestimentas escuras enquanto observava o verde que o cercava. Atrás de si uma silhueta magra caminhava cautelosamente e assim que chegou perto o suficiente de Yoon Gi apertou fortemente a cintura deste que levou um susto se virando rapidamente para trás vendo o garoto de apenas um centímetro menor que si rindo baixo.

- Jiminie você me assustou - Olhou o garoto que trajava roupas azul escuro.

- Eu sei, você está transparente de tão branco - O garoto de bochechas cheinhas demorou a falar, pois sua risada vencia suas palavras.

- Pare de me caçoar, sou seu hyung e o príncipe da sua província.

- Mas é o meu melhor amigo, então posso fazer isso de vez em quando.

Os dois jovens de cabelos escuros sentaram na beirada do chafariz e prenderam suas atenções as formigas que andavam pela grama.

- O que aconteceu? - Ji Min perguntou assim que ouviu o longo suspiro de Yoon Gi.

- Acontece que eu cuido desse reino mais que o rei Min e o príncipe herdeiro juntos.

- Espero que não fique bravo comigo hyung, mas não acha que deveria largar tudo?

- O que quer dizer com "largar tudo"? - Yoon Gi levantou seu olhar do chão até Ji Min.

- Poucas pessoas sabem que você é da família do rei Min, já que você é uma desonra para ele. Abandone o palácio, nós podemos mudar de cidade se você quiser e...

- Ji Min é loucura, entenda: A rainha e o rei estão caçando a minha cabeça e eles só iriam me odiar cada vez mais por realizar um ato irresponsável desse.

- Então você vai continuar vivendo nesse inferno como se ele fosse de sua responsabilidade?

- Não posso abandonar o castelo, querendo ou não aqui é a minha casa, mas eu não irei mais cuidar dos assuntos do palácio, o rei terá que se virar para dar conta de tudo - Ao ouvir as palavras de Yoon Gi, Ji Min passou um de seus braços pelos ombros do príncipe e se levantou puxando consigo seu amigo para dentro do castelo novamente.

- O que vai querer hoje, jovem mestre? - Uma garotinha adolescente corria atrás dos dois superiores pelos enormes corredores do palácio. Estes pararam seus passos e assim que Yoon Gi olhou para a garota com os cabelos verde gasto acabou por sorrir.

- Faça três xícaras de chá e leve para os meus aposentos, certo HaeRa? - Ji Min observou a diferença de comportamento que Yoon Gi tinha com ela, era algo que ele não tinha com os outros serventes.

A verdade era que Oh HaeRa cresceu junto a Yoon Gi, como se fosse uma irmã, mas oferecendo seus serviços ao jovem de pele clara. Como Yoon Gi viveu praticamente em cativeiro, já que não podia sair do castelo, HaeRa se tornou uma grande amiga e concubina falsa do garoto, eles não chegavam a ir para a cama, muito longe disso, mas eles viviam entre beijos e carícias as escondidas como qualquer outro adolescente na fase da puberdade.

- Seus pais não iriam matá-la? - Ji Min perguntou assim que entraram no quarto do Min.

- Eu fiz um acordo com eles - Yoon Gi se jogou sobre a cama e apoiou a cabeça nas duas mãos encarando o teto - Pedi para que não fizessem isso, como troca eu iria cuidar dos negócios do reino - Boom! Ji Min assimilou tudo com apenas essa frase.

- Por isso não quer largar o palácio? Por causa dela?

- Eu gosto dela Minnie. Como você iria se sentir se matassem alguém que você ama?

- Do mesmo jeito que eu me senti quando o rei e a rainha mataram os meus pais...

Ji Min perdeu seus pais aos quatro anos de idade, durante um confronto entre sobrenaturais e a realeza. Ele morou com alguns familiares do interior durante um tempo e quando fez quinze anos voltou para Seoul e passou a morar sozinho.

- Não quero que sinta as mesmas coisas que eu senti no passado, hyung.

- Eu sei Minie, é por esse motivo que eu me sobrecarrego tanto, por causa dela e por sua causa também.

Algumas batidas foram dadas na porta e logo em seguida esta foi aberta revelando HaeRa com uma bandeja em mãos.

- Estou entrando - Disse de forma animada enquanto andava até a mesinha que havia no local. HaeRa deixou a bandeja ali sobre o vidro e pegou as xícaras de chá entregando-as para os garotos e se sentou na cama ao lado de Yoon Gi que ainda estava deitado.

- Jiminie... Eu irei deixar o palácio.

6 Juin 2021 18:55:43 0 Rapport Incorporer Suivre l’histoire
0
Lire le chapitre suivant I love you, thanks

Commentez quelque chose

Publier!
Il n’y a aucun commentaire pour le moment. Soyez le premier à donner votre avis!
~

Comment se passe votre lecture?

Il reste encore 6 chapitres restants de cette histoire.
Pour continuer votre lecture, veuillez vous connecter ou créer un compte. Gratuit!