dae_gen Dae Gen

Jungkook é um garoto tímido do ensino médio, mesmo tendo alguns amigos ele sempre preferiu a vida online e as vantagens que ela proporciona de não ter que se expor o tempo todo. E foi nesse mundo virtual que Kook conheceu uma pessoa e depois de muitas mensagens, começaram a namorar. O que parecia ser o melhor relacionamento do mundo, passa a ser uma grande incógnita, já que Jungkook começa a desconfiar de quem seria seu namorado virtual e todos a sua volta viram os principais suspeitos. Será que o namorado virtual de Jungkook está apenas do outro lado da tela ou do seu lado na cantina?


Fanfiction Groupes/Chanteurs Déconseillé aux moins de 13 ans.

#bts #drama #webnamoro #vida-virtual #yaoi #jikook #taegi
25
5.5k VUES
Terminé
temps de lecture
AA Partager

International Playboy

O despertador tocou antes do sol nascer, era realmente cedo quando Jungkook se levantou da cama, ele já acordou animado, se é que alguém acorda animado antes das 6 da manhã.

Ele tinha uma rotina em tanto, gostava de fazer seus exercícios antes da escola porque era mais quieto e o clima mais fresco, além de se sentir mais disposto no restante do dia.

Jungkook fazia uma corrida cronometrada de uma hora e depois tomava um banho quente, se vestia para o colégio e ia tomar seu café da manhã com seus pais.

A família dele era bem tradicional, eles gostavam dos bons costumes e prezavam pelos antigos valores, existia toda uma rotina dentro da casa e muitas regras e tarefas muito bem definidas.

Porém, ele sempre dava um jeito de fugir de tudo aquilo e entrar em um mundo só dele, onde podia ser exatamente quem ele queria ser sem todas as imposições da sua família e todo aquele papo de ser o filho perfeito na família perfeita.

Na frente de seus pais ele era exatamente o que eles queriam que ele fosse, um garoto comportado, exemplar, com notas boas e muito educado. Para os pais de Jungkook ele era o melhor aluno da sala, o faixa preta em taekwondo, um bom jogador do time de basquete da escola e às vezes se arriscava na cozinha.

Mas fora da vista de seus pais controladores e rígidos, ele não era o garoto tão certinho e tão educado que parecia, gostava de falar palavrões, beber e estava testando novos hacks por pura diversão.

Era só fechar a porta de seu quarto e abrir o notebook, pronto, ali ele era quem queria ser, apenas o Jungkook, sem filtros, sem normas, apenas ele.

Login: International_Playboy

Password: ************

Conectando …

Baby_Cat: Oi

Baby_Cat: Amor?

Baby_Cat: Ta ai?

Jungkook sorriu para a tela, ele não era o cara mais galanteador do mundo, era extremamente tímido, tinha vergonha de falar em público e era um dos mais quietos do seu grupo de amigos.

Mas não era um santo castrado, ele gostava de flertar quando estava entediado, isso online, atrás da tela, ele era qualquer coisa e tinha uma coragem absurda e poucas papas na língua, quer dizer, nos dedos.

Ele adorava jogos, todos em geral, de preferência aqueles que ele ganhava, era bem competitivo e sua família incentivava os esportes, mas ele gostava mesmo era dos onlines e que ele pudesse competir no conforto da sua cama e de pijama.

Jeon podia ser um dos mais quietos com os amigos no colégio, mas definitivamente era um dos mais tagarelas nos grupos de chat online, principalmente quando um certo alguém estava ali.

Já fazia um tempo que Kook conheceu uma pessoa em uma jogatina de CS, eles se xingaram durante toda a partida e a briga durou mais algumas madrugadas até que perceberam que tinham trocado o ‘imbecil’ por ‘bobo’ e de repente o ‘bobo’ virou ‘bebê’.

Depois de muitas mensagens e noites em claro, Jungkook percebeu que as conversas sobre o dia-a-dia e jogos ganharam um ar de preocupação, importância e aquelas malditas borboletas no estômago quando uma notificação chegava.

Jungkook conhecia bem pouco sobre a pessoa do outro lado da tela, mas sabia o suficiente para esperar que sua família não iria gostar nem um pouco de seu relacionamento virtual secreto.

International_Playboy: Oi bebê

International_Playboy: Acabei de chegar da corrida

International_Playboy: já já vou pra aula.

Baby_Cat: Não queria ir pra escola hoje

Baby_Cat: Eu odeio segundas feiras!

International_Playboy: Bebê, ninguém gosta de segunda-feira!

Baby_Cat: Ah é né! rsrsrsrs

Baby_Cat: Vou tomar café

Baby_Cat: boa aula amor!

International_Playboy: Boa aula bebe.

International_Playboy: Até mais tarde!

Baby_Cat: Até amor!

Jeon fechou o notebook e sorriu bobo para a janela, ele ainda se surpreendia de como algumas simples mensagens mudavam todo o humor e o dia dele, seu namorado virtual era o único que conseguia aquele feito logo pela manhã.

- JUNGKOOK VAI SE ATRASAR PRO CAFÉ!

Bem vindo ao mundo real, ouvir sua mãe o chamando era o sinal de que o dia havia de fato começado. Como ele não gostava de gritaria, pegou logo sua bolsa e desceu para a cozinha.

- Bom dia família.. pai.. mãe.. - Jungkook se sentou na mesa.

- Dormiu bem filho? - a mãe de Kook colocou o prato na mesa.

- Sim mãe e a senhora?

- Bem querido - ela sorriu.

- Saiu cedo, como está a corrida? - o pai de Kook mexeu o café.

- Quase 5 quilômetros. - Jungkook disse todo orgulhoso.

- Na sua idade eu fazia quase sete … melhore! - o pai dele limpou a garganta e levantou. - Não quero me atrasar, tenha uma boa aula filho.

- Obrigado pai.

A mãe de Jungkook se sentou com ele e eles tomaram café da manhã juntos, era ela que o levava para o colégio e depois ia trabalhar, Kook passava a grande parte do dia sozinho em sua casa já que, seus pais trabalhavam o dia inteiro fora.

O pai de Jungkook era advogado e a mãe dele trabalhava em um estúdio de moda, então padrões era o que não faltava para ele seguir, seus pais sabiam ser bem rígidos e persuasivos quando queriam, um passo errado e ele ouvia um sermão mais extenso do que a linha do equador.

Depois do café, a mãe dele o deixou no colégio, ele se despediu e ali estava o sonho de todo estudante, a boa e velha escola cheia de pessoas barulhentas e irritantes, provas e trabalhos com prazos curtos, não tem coisa melhor.

Jungkook entrou no colégio e ali, bem ali no pátio principal estava o seu crush supremo, tinha uma queda por ele desde o primeiro ano do ensino médio, e já estavam no último ano e nada de um encontro acontecer.

- Hey Kook!

- Puta que pariu Taehyung, que susto! - Jeon se virou para ver o amigo.

- Bem vindo ao último ano desse inferno!

- Yupi - ele foi irônico - Tô tão ansioso.

- Soube que vai prestar direito, é verdade?

- Quem foi que te disse isso? - Kook o olhou confuso.

- Jin..

Jungkook fez uma pausa tentando processar em que momento da sua vida ele cogitou em cursar direito.

- Ele tava falando de mim ou dele mesmo? - Jeon continuava o olhando confuso.

- Faz diferença? - ele deu de ombros.

- Eu não quero fazer direito.

- Então faz esquerdo! - Taehyung brincou sorrindo.

- Tão maduro Kim Taehyung … - Kook revirou os olhos.

- Se anima, vai! - ele empurrou Jeon.

- É o primeiro dia de aula, quem fica animado?

- Bom.. veja pelo lado bom…

- Que lado bom Taehyung?

- Misturaram as turma e agora estamos na mesma sala! - Taehyung sorriu.

- Uau, que maneiro…

“Fudeu!”

28 Mai 2021 01:03:00 0 Rapport Incorporer Suivre l’histoire
2
Lire le chapitre suivant Capitão

Commentez quelque chose

Publier!
Il n’y a aucun commentaire pour le moment. Soyez le premier à donner votre avis!
~

Comment se passe votre lecture?

Il reste encore 49 chapitres restants de cette histoire.
Pour continuer votre lecture, veuillez vous connecter ou créer un compte. Gratuit!