zelosnation_ bia

[CONCLUÍDA] Onde Hyunjin, numa pegadinha do dia das mentiras, quase perde sua namorada. [hyunjin(skz);oneshot;heterossexual] capa por: @biboubabe


Fanfiction Tout public.

#straykids #HwangHyunjin
0
1.7k VUES
Terminé
temps de lecture
AA Partager

único ; hyunjin quase perdeu sua namorada.

Hyunjin estava deitado em seu sofá, olhando a TV enquanto passava um comercial qualquer. Esperava a namorada chegar, a mesma que ainda estudava mesmo sendo maior de idade.


Decidido que não seguiria para a universidade pois seu tio é professor no que ele realmente quer, ele próprio pagou o curso que necessitava para conseguir o que queria: tatuador. Seu corpo possui algumas tatuagens, pois ele é apaixonado por elas. Desenhos, tudo que envolva desenhar ele é apaixonado. Por isso que ele seguiu artes, mas devido à universidade não ser como ele queria, não seguiu, mas sua namorada sim, a mesma quer ser designer profissional.


Ambos com o desenho no sangue, o que os uniu muito quando se conheceram.


Sendo ele o mais velho, agora com vinte anos já feitos e com um aluguel pago por seu pai até ele começar a ter dinheiro que dê para se sustentar, Hyunjin aproveita o quanto pode, tanto para dormir, como para passar tempo com a namorada, pois a mesma ainda vive com os pais, mas como ele é um amorzinho, sempre vai pedir à sua mãe sem menos ela saber, e depois vai buscá-la na escola.


Hoje ele não iria pois ela iria sair mais tarde, então apanharia o autocarro, mas com certeza tinha noventa e nove por cento dela ligar para Hyunjin a ir buscar pois ela é uma pessoa que não sabe chegar a horas, se bem que nunca chegou atrasada na faculdade, mas fora isso, ela chega no máximo uma hora e meia atrasada por simplesmente esquecer a hora ou fazer tudo nas últimas.


O garoto pegou o celular e olhou as horas, mas em vez de lembrar da hora que tinha visto, tinha pensado o seguinte: hoje é dia um dia abril, dia das mentiras.


— E se eu...? — Sorriu de lado, mesmo que soubesse que ia dar uma bela de uma porcaria.


Mandou mensagem ao seu melhor amigo, Jeongin, pedindo para participar na pegadinha.


"Você muda o seu perfil por cinco minutos, virando uma mulher, e vamos estar trocando mensagens para combinar uma saída, no final você me liga ou manda um áudio, rindo pois acredito que a cara dela vai ser muito boa."


"Ela vai me matar, mas topo"


"Ela está me ligando, deve estar chegando, só prepara o perfil"


"Tá, me paga comida depois?"


"Só porque eu sei que me ama"


Após receber uma mensagem dele com o seu típico riso em forma de "K" coreano, apaguei a conversa com ele, logo atendendo.


— Amor estou chegando, só para te avisar. Não demoro mais que dez minutos.


— Tudo bem, volte em segurança, te amo.


— Também te amo, bonitão. — Ela o chamava de bonitão quando não sabia seu nome na escola, até hoje não perdeu o vício e acabou sendo uma alcunha. Às vezes lhe chama de grandalhão por ser mais alto que ela, e ainda oppa quando está carente, mas ainda assim, prefere bonitão, pois ele sabe que é.


"MUDEI, AGORA APAGA A CONVERSA"


"EU TINHA APAGADO INNIE"


"PORQUE ESTAMOS GRITANDO?"


"NÃO SEI, ELA TÁ AQUI EM DEZ MINUTOS"


"GOGO VAMOS COMEÇAR"


Novamente estava apagando as conversas com Jeongin e notou que todo o seu perfil estava mudado, perfeito para começar.


.


A porta foi aberta e ele já tinha as mensagens prontas, para ser sincero Jeongin estava indo muito bem, estava mandando mensagens manhosas, perfeitas para a pegadinha.


— Cheguei amor. — Se jogou em cima do garoto, mas logo que encaraou o celular. Sua visão às vezes lhe assusta, mas era necessário agora. — Que merda é está, Hwang Hyunjin? — Quando ela o chama pelo nome completo é mais fácil correr do que estar aqui, mas ele tinha que me manter e no final rir na cara dela.


— Amor não é nada. — Tirou-lhe o celular das mãos rolando as conversas para cima.


— Você estava pensando em me trair?


— Amor não é nada disso.


— Não me chama de amor! — Jogou com o celular contra seu peito e pegou as suas coisas.


— Ei, o que está fazendo?


— Não quero mais olhar na sua cara. — Seus olhos estavam marejados, estava lhe dando dó agora, mas ao mesmo tempo piada pois não esperava que ela acreditasse tão assim.


— Amor.


Eu quero terminar, assim pode ir ter com essa pessoa sem me deixar corna. Sério, eu pensei que fosse mais fiel.


— Eu sempre fui fiel! Amor você sabe que eu te amo, você entendeu tudo errado. — Foi até ela, tentando-a abraçar.


— Não me toca.


— Amor.


— Não me chama assim ou eu te bato. — Pegou o celular e pressionou no áudio.


— Jeongin manda áudio. — Ela estava olhando o garoto confusa, suas lágrimas já se faziam presentes.


— Sério que eu quase perdi minha namorada? A resposta é sim. — Pensou.


— EU NÃO ACREDITO QUE ELA CAIU, MANO. — Jeongin ria sem parar no áudio. — HOJE É DIA DAS MENTIRAS, ELE TE TROLOU E EU TOPEI, QUERIA VER A CENA, MAS NÃO POSSO. — Ela ainda o encarava, empurrou-o novamente e andou até a cozinha, se sentando numa das cadeiras da mesa e afundou sua cabeça nos braços.


— Amor. — Novamente foi até ela, fazendo carinho em suas costas. — Não chora, só estava brincando.


— Você é um idiota de brincar assim comigo. Você e o Jeongin!Tirou-a da cadeira, a abraçando.


— Eu nunca te trairia, eu te amo.


— Não volta a fazer isso, por favor, me machucou.


— Desculpa. — Deu um selinho nela, e a abraçou forte.


— Posso bem dizer que foi o dia que quase perdi a minha namorada pois ela caiu bem.

20 Mai 2021 11:25:05 0 Rapport Incorporer Suivre l’histoire
0
La fin

A propos de l’auteur

bia ZelosNation_ no wattpad. Wooevill no twitter.

Commentez quelque chose

Publier!
Il n’y a aucun commentaire pour le moment. Soyez le premier à donner votre avis!
~