kztironi Karina Zulauf Tironi

"Há uma coisa doce. Tão doce..."


Histoire courte Déconseillé aux moins de 13 ans.

#horror #conto
Histoire courte
0
3.1k VUES
Terminé
temps de lecture
AA Partager

DOCE

Há uma coisa doce. Tão doce...

Ela pensou, quase cantarolando, enquanto andava pela rua comercial deserta. Seus cabelos negros estavam presos em um coque bem-feito estilo comissária de bordo, o vestido branco-casto enrolando nos tornozelos ao andar – não, ao voar – serenamente entre as vitrines das lojas de roupas e eletrônicos fechadas.

Quase dava para fingir que não havia nada de errado no mundo. Sem fome, miséria, abandono, sem qualquer lágrima derramada ou sorriso desperdiçado, sem pessoas atacando pessoas e animais sofrendo graças ao egoísmo humano. Quão maravilhoso seria.

Era fácil demais ser ignorante, a carga pesada era escolher saber.

A lâmpada de um poste piscou quando Ela passou embaixo, então, certamente, parou para apreciá-lo e reconhecer sua falha existência. Saudou-o da forma correta, como sua mãe havia a ensinado, puxando a barra do vestido e dobrando os joelhos, com o olhar no chão – sempre com o olhar no chão, para não aborrecer ninguém. Contou até três, ergueu-se com um sorriso breve, e continuou seu caminho.

Mais ou menos na décima loja de celulares pela qual passou, sentiu que estava sendo observada. E não do jeito bom.

Do outro lado da rua, alguns metros adiante, vinha um homem alto usando um comprido sobretudo, tão comprido quanto seu vestido. Seu rosto estava encoberto por um chapéu estranho, as mãos enfiadas nos bolsos, como um segredo. Ela sentiu seus próprios dedos formigarem, o calor deixando seu corpo.

Ele atravessou a rua.

Ela prendeu o ar, mas continuou andando sem errar um passo. Ah, como sua mãe teria ficado orgulhosa se a visse naquele momento!

Nada que seja doce, ela a lembrava dizendo. Não se esqueça.

Então Ela continuou, firme.

– Olá, querida – o homem de sobretudo parou alguns passos de distância, parecendo tentar alongar os ombros para além do que sua musculatura permitia – Está perdida?

Ela parou, inclinou suavemente a cabeça e falou com tranquilidade:

– Não.

Como ele não deu sinais que diria mais alguma coisa, acenou respeitavelmente com a cabeça mais uma vez e voltou a andar. O homem a segurou pelo braço quando Ela passou por ele. Olhando para cima, viu seu rosto, antes encoberto pelas sombras. Ele tinha olhos ferinos, escuros como carvão, um perfume inconfundível de maldade e mãos muito ásperas.

Não havia absolutamente nada doce nele.

– Por que está com essa cara? Você seria tão bonita se sorrisse.

Ela então fungou e sorriu. Abriu seu maior sorriso; sua especialidade. As bordas da boca rasgaram o rosto até as orelhas, exibindo uma coleção impressionante de dentes afiados feito navalha, brancos como seu belo vestido. A mão que envolvia seu pulso vacilou, assim como os olhos maliciosos do homem. Ele tentou dar um passo atrás e quase caiu.

– Não... – ele gaguejou – Não!

Mas era tarde demais.

Ela rasgou primeiro sua garganta, puxando músculos, veias e artérias entre seus dentes, silenciando seus gritos. O sangue espirrou no vestido como uma arte abstrata, encantadora e valiosa. Pouco sobrava do pobre homem quando Ela terminou, empurrando seus restos no beco mais próximo, mas, afinal, ele ainda havia sido um dos sortudos – Ela não estava com tanta fome.

Andou mais um pouco, até a próxima vitrine, e se olhou no espelho: seu sorriso se fechara, os dentes sumiram. Com as costas de uma mão, limpou o sangue das bochechas e admirou seu lindo reflexo no espelho.

Há algo tão doce, pensou. Algo tão terrivelmente doce...

3 Novembre 2020 22:49:37 2 Rapport Incorporer Suivre l’histoire
4
La fin

A propos de l’auteur

Karina Zulauf Tironi Como escrever sobre mim, quando me torno tantas outras pessoas enquanto estou escrevendo? Só uma menina tentando transformar seus monstros em histórias que possam entreter.

Commentez quelque chose

Publier!
Delvan Sales Delvan Sales
Eu definitivamente não esperava por esse final! Parabéns por mais uma história massa!
November 04, 2020, 02:05

  • Karina Zulauf Tironi Karina Zulauf Tironi
    Muito obrigada, Delvan! Fico muito feliz com o seu comentário :D November 04, 2020, 03:31
~