nathyfontes Nathy Fontes

Em um mundo cheio de diferenças, afetado pelas divisão de classes sociais e devastado tanto pelo ódio xenofóbico quanto pela discriminação étnico-racial, os verdadeiros excluídos buscam seu lugar e seus direitos numa sociedade egocêntrica e manipulada por governantes corruptos. A história ronda a trajetória contínua da feiticeira Freya, que possui um dom hereditário único e especial. Após ela realizar uma série de escolhas pessoais, sua vida entra em colapso com uma realidade bastante distinta, trazendo à tona um choque cultural que faz com que pessoas que viviam em uma bolha de preconceito reconheçam a diversidade como uma necessidade de existência.


Fantaisie Médiévale Interdit aux moins de 18 ans. © todos os direitos reservados

#romance #sobrenatural #drama #magia #poderes #espiritual #original #mitologia #ficção #bruxas #ruiva #+18 #ação #gatilho #protagonistafeminina #descobrindoescritores
32
14.4k VUES
Terminé
temps de lecture
AA Partager

Notas da escritora

Olá, meu [email protected] [email protected]r, seja [email protected] a essa nossa nova viagem, é fato de que muitas vezes desconhecemos o mundo e para poder explicar as coisas inexplicáveis, o ser humano cria e forja lendas, mitos, deuses e religiões, e essas invenções com o tempo se tornam a nossa cultura. Mas eu sempre gostei de tocar na tecla de que nem tudo na vida é 100% uma única coisa. Nós não somos 100% formados só por carne, ninguém é 100% feliz o tempo todo, é impossível termos certeza absoluta sobre algo que não tem resposta, muito menos uma religião ser 100% real.

Mas a questão é exatamente isso, o que é real? O que é certo? O que é algo 100%? Qual a definição correta do que somos? Que cultura está mais próxima da veracidade? Qual é a religião correta? Qual é a diferença do ordinário para o extraordinário? O que torna a sua crença a total certeza e o resto do mundo errado? O que lhe torna especial? Não, não é livro de filosofia, mas por que não filosofar?

Essa estória busca trazer coisas que para nós, no dia a dia da jovem trabalhadora que dá a vida para sobreviver, é fantasia. Este mesmo livro está no catálogo ''fantasia'', mas... e se toda essa magia fosse real? E se eu dissesse que tem coisas reais? Bom, claro que tem, abordarei o preconceito, violência, ódio, xenofobia, desprezo, assassinato e morte, mas busque abrir a imaginação para além da leitura, garanto que será divertido.

É um universo sombrio, mas apesar de tudo, por mais que o mundo seja tão horroroso, há um toque de beleza, afinal, o sol ainda não se apagou e os raios luminosos nascem todos os dias, renovando-se em um ciclo sem fim.

Espero trazer todos a um mundo único e sombrio, porém, como eu disse, nada é 100% uma única coisa. Vamos lá?


Lembrando que plágio é crime! Sempre busque viver a sua própria aventura, não roube ou deseje viver a aventura do outro!!

19 Octobre 2020 18:44:41 1 Rapport Incorporer Suivre l’histoire
5
Lire le chapitre suivant Notas da escritora 2,0 IMPORTANTE!

Commentez quelque chose

Publier!
Anna Neves Anna Neves
Olá! Nathy Fontes! Faço parte da Embaixada brasileira do Inkspired e estou aqui para lhe parabenizar pela Verificação da sua história. Eu li a sua história "A Dama da Geada" e encontrei uma história sobre a diversidade em um mundo onde existem vários tipos de seres vivos diferentes e especiais à sua própria forma. O relato de como a sociadade lida com os ditos "diferentes" ou com cenários onde não se têm total entendimento, criando assim o preconceito. Você construiu um ótimo trabalho nessa história; existem diversos temas e assuntos que você passa muita segurança sobre o que está narrando e colocando para os leitores num modo geral, sem defeitos. A sua personagem principal, a Feiticeira Freya, tem muita força em sua trajetória e a vontade de ser o objeto de mudança na forma como os seres mágicos são tratados nessa realidade em que ela vive. Muitas vezes esses seres são ignorados e ninguém aparenta ligar para os seus sentimentos porque cada um olha pra si dentro da sua própria bolha, negando aos diferentes o seu lugar nessa sociedade. Abordando também assuntos como abuso do poder governamental, xenofobia, preconceito e falta de direitos, pontos que nos lembra muitas vezes a nossa própria realidade. Existem muitas coisas que são colocadas e podem servir de exemplo e aprendizado para quem lê, para não julgarmos um livro pela capa ou um ser sem conhecer. Às vezes não é tão simples, como retratado precisamos lutar para achar nosso lugar e para termos nosso direito, mas nunca , nunca aceitar o que muitas vezes tentam nos impor.
December 01, 2021, 20:02
~

Comment se passe votre lecture?

Il reste encore 29 chapitres restants de cette histoire.
Pour continuer votre lecture, veuillez vous connecter ou créer un compte. Gratuit!

Histoires en lien