Update now! We have a NEW Android app! Download it now in the Google Play Store. En savoir plus.
_wangji Lívia Oliveira

Lan WangJi e Wei WuXian sempre foram como branco e preto, bem e mal, HanGuang-Jun e Yiling Laozu, levados a sempre caminharem por caminhos opostos. Aquela colina parecia marcar o final de mais um ciclo na vida de ambos os cultivadores, naquele local eles se despediram mais uma vez. A flauta fantasma tocou WangXian pelo que parecia ser a última vez, fazendo com que a solidão tomasse conta daquela melodia tão gentil. Os sentimentos mais profundos do temido Yiling Laozu se tornaram mais claros e ele finalmente entendeu que estava completamente apaixonado pela Segunda Jade de Gusu, sendo domado por um sofrimento profundo, afinal, Lan WangJi jamais o veria de forma romântica. Contudo, ao fim daquela canção uma voz doce chamou por seu nome, levando seu coração e sua sanidade ao limite. E se Wei WuXian subitamente descobrisse que tudo que Lan WangJi havia feito por ele até então havia sido 'por amor'?


Fanfiction Série/ Doramas/Opéras de savon Interdit aux moins de 18 ans.

#modaozushi #wangxian #theuntamed #lanwangji #weiwuxian
14
6.2k VUES
En cours - Nouveau chapitre Tous les 30 jours
temps de lecture
AA Partager

Reencontro



A flauta fantasma estava em seus lábios e aquela música calma e melodiosa soava em conjunto com os ventos. Lan WangJi e Wei WuXian haviam tomado direções opostas, rumos que definiriam a forma como prosseguiriam suas vidas. Aquela música estava em sua mente desde que acordara em sua nova vida e descobrir que ela havia sido composta pela Segunda Jade Lan tinha sido uma surpresa. Wei WuXian sentia como se aquela melodia fosse capaz de acalmar sua alma e seu coração, entretanto, quanto mais a tocava maior era o vazio em seu peito.


Ele sentia uma emoção incompreensível tomar conta de seu coração, não sabia ao certo o momento em começou a sentir daquela forma. Era um sentimento egoísta que dizia a ele para não deixar que Lan WangJi fosse embora. Os caminhos se separavam cada vez mais, como muitas vezes aconteceram em suas vidas, deixando para trás uma solidão intensa. Lan WangJi e Wei WuXian sempre foram como branco e preto, sol e tempestade, bem e mal. Não havia nada que pudesse ter feito, por mais que Wei WuXian sentisse seu peito arder em dor.


A música continuou a ser tocada, embalando todo aquele ardor de seus sentimentos e de seus pensamentos turvos. A assombrosa Chenqing não era mais usada para controlar energia ressentida, mas sim para criar um rumo para a turbulência que havia se instaurado em seu espírito. Sentia-se incompleto sem a Segunda Jade Lan ao seu lado, afinal, depois de todos aqueles meses juntos já havia se acostumado com a presença do outro. Nunca seria capaz de esquecer todos os momentos que passaram juntos nessa vida, muito menos as travessuras que o outro fizera enquanto estava embriagado, jamais seria capaz de retribuir a confiança que Lan WangJi havia depositado em si.


Haviam sido momentos especiais que fizeram seu coração, que antes era carregado de sofrimento, aquecer e amolecer aos poucos. Sentiu a Jade tomar conta de seus sonhos e de seus pensamentos com o passar do tempo, além de sentir seu coração bater mais forte em sua presença de forma que nunca havia batido para mais ninguém. Lan WangJi derrubou o controle que ele tinha sobre seu corpo e seus sentimentos como o vento de uma tempestade arrastava a calmaria de uma noite estrelada. Eram emoções que cresceram aos poucos com aquela convivência tão íntima, coisas que ele teria de guardar a si mesmo e trancafiar a sete chaves.


Wei WuXian sentiu seu coração bater forte apenas por se recordar daquelas situações, mesmo que seus sentimentos nunca fossem correspondidos, ele pelo menos gostaria de estar ao lado daquela pessoa. O pulsar forte acompanhou as notas finais daquela canção, com muito pesar um sentimento de aceitação se formou um seu peito. Nada mais poderia ser feito e talvez as coisas nunca pudessem vir a ser da forma que ele desejava. Ele afundou aquele amor no fundo de sua alma, decidido a esconde-lo para sempre em seu âmago, e desejou pela felicidade de Lan WangJi.


Do alto daquela colina, mesmo que o amargor da perda subisse em sua boca, seu coração se tornou mais leve. As batidas eram fortes e lentas, ele sentiu seus olhos arderem. Lan WangJi era o famoso HanGuang-Jun, o Cultivador Chefe, e jamais poderia se associar ao temido Yiling Laozu, que apesar de inocentado, ainda era considerado o símbolo da Cultivação Demoníaca. Mesmo que seus caminhos se cruzassem mais uma vez, seus corpos e suas vidas jamais poderiam se unir, os sentimentos de Wei WuXian jamais alcançariam o coração alheio. Era assim que o mundo funcionava. Quando a canção finalmente chegou ao fim, a voz dele soou doce em seus ouvidos, quase como se fosse o mais belo dos delírios.


─── Wei Ying.


Wei WuXian sentiu seu corpo congelar e seus olhos se arregalaram em surpresa. O coração pareceu errar a batida ao ser chamado por aquela voz que costumava ser o motivo dos seus pensamentos diários. As pernas travaram, Chenqing desceu sutilmente de seus lábios e ele sentiu o aroma de sândalo se dispersar pelos ventos. Era quase como uma alucinação, jurava que aquele amor tão grande poderia tê-lo privado de sua sanidade, no entanto, era a mais bela alucinação que ele poderia ter. Ele divagou por alguns instantes, esperando por mais algum sinal, entretanto, mais nenhuma outra palavra fôra dita.


O coração palpitou e logo em seguida bateu freneticamente. Wei WuXian sentiu que aquele coração travesso poderia pular tanto que seria capaz de saltar por sua garganta. Amaldiçoou a si mesmo por se sentir daquela maneira, sua felicidade cresceu e transbordou ao apenas escutar aquela voz. Sentia-se como uma criança ao ganhar o doce que tanto queria ou como uma Jovem Dama ao ser cortejada pelo mais nobre dos homens. Era demais para ele. Uma onda súbita de coragem o invadiu, superando o medo de quebrar aquela ilusão que havia construído, e ele finalmente foi capaz de se virar.


Os olhos castanhos intensos vislumbraram o homem trajado inteiramente no mais puro branco. Os longos cabelos alheios dançavam com os ventos, carregando consigo aquela faixa presa em sua testa, a postura impecável como de costume, o robe límpido que tremulava junto a paisagem acompanhando o movimento de suas madeixas negras. A pele branca feito jade era banhada sutilmente pelos feixes de luz solar, transcendendo uma beleza imortal, os lábios finos parcialmente curvos em um sorriso sutil, o brilho que cintilava em seus olhos. Aquela figura perfeita e imaculada fazia Wei WuXian perder o fôlego.


O temido Yiling Laozu sorriu como nunca antes, um sorriso largo carregado de todas aquelas emoções tomou conta de seus lábios, deixando com que suas preocupações fossem levadas com os ventos. Não era um delírio criado por sua mente insana, muito menos uma miragem apenas vista por seus olhos. Era real, Lan WangJi estava bem a sua frente, a poucos passos, o encarando com uma expressão mais leve do que a de costume. Os pés de Wei WuXian se moveram sozinhos, movendo-se tão rapidamente quanto o coração que trovejava em seu peito e indo de encontro com o homem pelo qual nutria sentimentos tão profundos.


─── L-Lan Zhan!? ─── sua voz saiu trêmula, imersa naquele mar de emoções que a Segunda Jade de Gusu o provocava ─── O que está fazendo? Por que voltou? ─── perguntou sentindo um temor tomar conta de seus pensamentos ─── Não me diga que sentiu minha falta! Hahahaha! ─── Wei WuXian gargalhou tentando esconder seu nervosismo ─── HanGuang-Jun, realmente ficou emotivo depois de todos esses anos!


─── Eu senti. ─── Lan WangJi disse em um tom sério que fez com que Wei WuXian sentisse arrepios percorrerem todo seu corpo ─── Volte para Gusu comigo.


Wei WuXian sentiu como se seu coração pudesse parar a qualquer instante e seus lábios ficaram entreabertos devido ao choque que havia tomado com as palavras alheias. Sua boca abriu e fechou diversas vezes, no entanto, nenhuma palavra saiu de sua garganta. Sua mente era uma tela em branco, completamente incapaz de processar o que estava acontecendo. O farfalhar da vegetação e o assobiar do vento eram as únicas coisas que poderiam ser ouvidas, um silêncio incômodo se formou entre os dois homens, perdurando por alguns segundos. Incomodado com a situação, Maçãzinha, que antes se contentava em comer a gramínea presente no alto daquela colina, trotou e urrou repentinamente.


O burrinho andara em direção a Wei WuXian, completamente irritadiço, e trombou no corpo alheio, lançando-o para frente. Wei WuXian que ainda tinha seu corpo estático, se desequilibrou e quase foi lançado ao chão. Os braços fortes de Lan WangJi impediram que isso acontecessem, envolvendo-o com rapidez. Em poucos instantes a situação se tornou ainda mais constrangedora, as faces de ambos os cultivadores estavam extremamente próximas, e seus olhos estavam fixados um no outro. A tensão que se formou era intensa, e Wei WuXian sentiu sua cintura ser segurada com ainda mais força. Em sua mente ele repetia inúmeras vezes "Maçãzinha, seu traidor!". Ele não sabia se seria capaz de resistir.





Nota da Autora

Oi oi, meus repolhos! Tudo bem? Espero que tenham gostado do primeiro capítulo!

As atualizações serão semanais, mas pode acontecer de eu publicar mais de um capítulo por semana, dependerá da minha disponibilidade.

Não se esqueçam de votar e comentar, adoro ver as interações e os surtos kkkk 😔


*Obs: Maçãzinha meu herói.







14 Octobre 2020 21:29:20 0 Rapport Incorporer Suivre l’histoire
4
Lire le chapitre suivant Desejo

Commentez quelque chose

Publier!
Il n’y a aucun commentaire pour le moment. Soyez le premier à donner votre avis!
~

Comment se passe votre lecture?

Il reste encore 7 chapitres restants de cette histoire.
Pour continuer votre lecture, veuillez vous connecter ou créer un compte. Gratuit!