mafuyuchii Mafuyuchii

"Aizawa poderia dizer muitas palavras para descrever Shirakumo Oboro. Quer dizer, Aizawa sempre tivera muitas palavras para descrever as pessoas, mas Shirakumo… ele era diferente, a palavra que vinha à cabeça do Aizawa toda vez que o olhava naquela nuvem voando por ai era uma palavra que ele nunca pensou que usaria para descrever alguém. No caso, a palavra era príncipe."


Fanfiction Anime/Manga Déconseillé aux moins de 13 ans.

#shounen-ai #yaoi #boku-no-hero-academia #my-hero-academia #shota-x-oboro #aizawa-x-shirakumo #eraser-head #aizawa-shota #shirakumo-oboro #aizawa-shouta
Histoire courte
1
3.3mille VUES
Terminé
temps de lecture
AA Partager

Aizawa só queria ter tido mais tempo para ficar ao seu lado.

Aizawa poderia dizer muitas palavras para descrever Shirakumo Oboro. Quer dizer, Aizawa sempre tivera muitas palavras para descrever as pessoas, mas Shirakumo… ele era diferente, a palavra que vinha à cabeça do Aizawa toda vez que o olhava naquela nuvem voando por ai era uma palavra que ele nunca pensou que usaria para descrever alguém.

No caso, a palavra era príncipe.

O motivo? Bom, Shirakumo Oboro era totalmente o que Shota via nas séries ou filmes medievais que se encaixavam nos príncipes, sempre estava pronto para enfrentar qualquer coisa, era engraçado, as crianças gostavam dele, era gentil com todos (quando digo todos, são todos, até mesmo os animais) e claro, ele chegava sempre em um cavalo branco que no caso era uma nuvem branca que ele ficava ostentando por ai, especialmente para Aizawa e Yamada, mas especialmente para Aizawa. O jovem Aizawa percebia que Shirakumo era o tipo de pessoa que tinha um brilho próprio, algo que o fazia sempre se destacar e isso acabava se tornando sua beleza, ele tinha esse poder sabe, de fazer ninguém não gostar dele.

E mesmo não querendo assumir, Aizawa se sentia feliz por ser notado por esse príncipe que chegava em sua nuvem branca, o príncipe das nuvens. Mas o que Aizawa não sabia, e talvez nunca fosse saber, era que Shirakumo também via um brilho em Aizawa.

Sua dedicação para realizar seus sonhos, sua personalidade um tanto quanto fechada, que escondia de quase todos um sentimento de carinho e companheirismo único, e aquele sorriso que aparecia somente algumas vezes e da forma mais imprevisível possível, tudo aquilo também tinha conquistado ao coração do jovem príncipe das nuvens.

- Você devia sorrir mais sabe Shota. - Shirakumo disse uma vez, distraidamente enquanto os três limpavam a sala.

Como Aizawa e Hizashi não tinham estágio naquele dia, ficaram encubidos então de limparem a sala no fim do dia. Aquilo não era tão ruim para Aizawa, mas Hizashi sempre ficava reclamando o tempo todo e Shirakumo, bom… como o bom e gentil príncipe que era, como também não tinha estágio por fazer no mesmo local que Aizawa, às vezes ele ficava para fazer companhia para os dois e os ajudava até, mas naquele momento Hizashi tinha ido buscar um apagador já que o da sala tinha sumido e no momento Shirakumo descansava com a cabeça relaxada na carteira.

Mas naquele momento, Aizawa tinha ficado era surpreso.

A razão? Shirakumo tinha chamado ele pelo seu nome com um tom de voz um pouco diferente da casual, era como se ele estivesse sério ao mesmo tempo que extremamente relaxado e… e aquilo deixou o jovem realmente confuso, apertando a vassoura em suas mãos.

- Do que está falando?

- Do seu sorriso Shota. - Shirakumo falou mudando sua posição, já que este estava deitado com a cabeça na mesa e nem estava em sua tão costumeira nuvem, dessa vez ficando sentado normalmente. - Eu gosto quando você sorri sabe… te deixa diferente, sabe eu sempre te achei super sério na sala mas com o tempo que estamos passando sozinhos no estágio… eu gostei de ver você sorrindo.

- Você está falando coisas estranhas, está passando mal? Devia ir ver a Recovery Girl. - Disse, ainda virado de costas para o rapaz com cabeça de nuvens.

- Não! Eu estou falando sério sabe! - Shirakumo falou levanta-se da carteira e olhando para Aizawa que ainda mantinha a vassoura em suas mãos e continuava a varrer como se aquilo que ele estivesse dizendo já tivesse acabado.

Na cabeça de Shota só se passava a dúvida de que tipo de assunto era aquele? Aizawa não sabia também do porque seu coração estar acelerando nesses dias, ele sabia que Shirakumo estava olhando em sua direção de forma diferente, com as bochechas levemente coradas e os olhos arregalados como se ele estivesse determinado a dizer algo que queria dizer já fazia um tempo.

E Aizawa preferia pensar que ele não tinha nada a dizer, mas ele se surpreendeu quando sentiu Shirakumo se aproximar de suas costas e segurando em seus ombros, acabou o virando para sua direção, droga ele ia fazer aquilo de novo? Aizawa se perguntou quando acabou deixando a vassoura cair e o único som que ficou presente foi o da vassoura caindo no chão e a respiração de ambos.

Aquela não era a primeira vez que eles estavam fazendo isso, mas Aizawa de certa forma já estava cansado, ele sabia que Shirakumo era o tipo de pessoa que o deixaria a qualquer hora, que se enjoaria dele e o descartaria, pois príncipes eram assim, eles tinham em mãos tantas opções e Aizawa não era tão especial assim, ele tinha a percepção disso.

Apenas um amor de verão, de estágio? talvez.

- Shirakumo… - Shota falou corado, sentindo o maior mover as mãos de seus ombros em direção dos braços enquanto aproximava seu corpo ao dele.

- Eu quero ver também… além dos seus sorrisos Shota. - Ele disse próximo de seu rosto, a sensação das mãos dele cheio de calos lhe tocando na pele, graças ao uniforme de verão de mangas curtas, era única. O calor que Oboro emanava e o perfume tão delicado que o fazia se lembrar de cheiro de chuva de certa forma também eram únicos e tudo aquilo só fazia o jovem Shota de dezesseis anos se encantar mais por aquele príncipe das nuvens. Mas ele sabia que não devia, sabia que não…

Então sentiu ele mover seu rosto para próximo de seus lábios, olhando diretamente em seus olhos como se fosse para pedir permissão, os olhos azuis das cores de uma nuvem não emanava diversão como das outras vezes em que ele o observava de longe interagindo com as pessoas, mas dessa vez ele tinha uma seriedade em seu rosto, em seus olhos.

- Não faça isso… - Aizawa pediu em um tom baixo e calmo, a afirmação que Shirakumo não esperava encontrar tinha sido dita o surpreendendo. - eu não quero mais…

- Mas… mas por que Aizawa?

- Eu só não quero… isso é estranho, eu estou confuso.

Aizawa não queria dizer aquelas palavras, mas ele precisava cortar o mal pela raiz de uma vez, mesmo que aquilo por algum motivo estivesse o machucando o bastante.

Mas era como sua mãe dizia, era melhor doer agora do que no futuro, quando Aizawa estivesse apegado demais.

- Está dizendo que somos estranhos?

- Não… é só que você pedindo essas coisas e fazendo essas coisas desde aquele dia no estágio, só está me deixando estranho e confuso, é melhor você ir embora e a gente parar com isso de uma vez.

- Mas Shota eu te…

- Só vai logo embora e me deixa de uma vez Oboro! Eu preciso pensar. - Aizawa falou se soltando dos braços do rapaz, enquanto se abaixava para pegar a vassoura caída no chão querendo esconder seu rosto do grisalho.

Aizawa não queria ter dito essas coisas, estava se arrependendo disso e ele não sabia o motivo mas seu coração estava doendo tanto… somente por imaginar a expressão do Shirakumo quanto a aquilo tudo que ele tinha dito. Nunca quis tanto que ele se virasse e dissesse que o amava, que ele ficaria sempre do seu lado e que aquilo que tinha começado como uma curiosidade juvenil poderia se tornar em amor e que ainda que cometesse erros, ou brigassem, que eles ficariam juntos. E quando Shirakumo ia dizer mais alguma coisa para Aizawa, Hizashi chegou animado abrindo a porta de uma vez e dando um susto em ambos.

- GUYS I'M BACK! - Hizashi gritou animado, entrando na sala com um balde em mãos também e o apagador. - Desculpa a demora aí, eu acabei encontrando a senpai no corredor e ficamos conversando! Ela disse que ia tentar arranjar um estágio para mim my friend! It's not cool?

- Você não está sendo só inconveniente? - Aizawa perguntou em um tom calmo, e logo Hizashi respondeu em um tom chateado parecendo dizer mais coisas para o Aizawa.

- Mas que absurdo Eraser! Poxa por que você é sempre assim hein? Hey Shirakumo, ajuda aqui!

- Eu… eu não estou me sentindo muito bem... - Shirakumo falou em um tom triste, surpreendendo ao Aizawa e ao Yamada.

- Pô cara eu te falei que não era para comer Takoyaki demais no lanche, certeza que foi isso cara, até o Aizawa falou também não é?

- É… - Aizawa disse desviando o olhar.

- Deve ser né? Eu e minha cabeça de vento hehe… - Shirakumo perguntou sorrindo então sem graça. - desculpa, na próxima prometo ajudar vocês dois.

- Preocupa não Bro, depois a gente te busca na enfermaria e…

- Não precisa! - Shirakumo falou surpreendendo o Hizashi novamente. - não se preocupem comigo, depois eu mando mensagem!

- … ok cara. - Hizashi disse em uma expressão torta acenando para o Shirakumo que saiu da sala aos sorrisos. - Nossa , que bicho mordeu ele hein Aizawa?

- … Sei lá. - Shota respondeu abaixando sua cabeça.

Aizawa não queria ter dito aquelas palavras. De verdade não queria ter dito nada disso, não queria que o príncipe das nuvens tivesse ido embora… queria amar o Shirakumo, será que ele o compreenderia dizendo que ele sentia medo? Tinha medo de Shirakumo encontrar uma mulher bonita e o deixar ou encontrar um parceiro melhor? Eles tinham até mesmo prometido uma vez os três abrir uma agência juntos não? E se ele encontrasse um amigo melhor? E o deixasse? Aizawa percebeu naquele momento como tinha tantas inseguranças quanto ao príncipe das nuvens somente porque ele não se sentia digno de ser um parceiro amoroso para ele, por isso resolveu terminar o assunto dessa forma, expulsando a força de seu coração o Shirakumo mesmo não querendo que ele fosse embora.

Mas por algum motivo, Shota tinha aquela ponta de esperança, porque um sentimento assim nunca vai embora facilmente e ele sabia que Shirakumo não era de desistir fácil das coisas, por isso resolveu dar o tempo ao tempo… na próxima vez, estaria mais confiante, seria digno do Shirakumo e diria sobre todo seu amor sem medo.

Mas Aizawa não esperava que Shirakumo não fosse voltar mais e que iria embora morrendo no estágio que os dois passaram a fazer juntos, e que assim ele nunca mais voltaria para sua vida.

21 Juin 2020 15:17:06 0 Rapport Incorporer Suivre l’histoire
0
La fin

A propos de l’auteur

Mafuyuchii ❱❱❱ ╰★╮『 ᗰαƒυyυcнii 』 ✰ Escritora e Designer no site Social Spirit e também no Nyah Fanfiction, vou começar a postar minhas histórias aqui também :> https://www.spiritfanfiction.com/perfil/alanispedroso https://fanfiction.com.br/u/351346/

Commentez quelque chose

Publier!
Il n’y a aucun commentaire pour le moment. Soyez le premier à donner votre avis!
~