1 / 10 CHAPITRES Histoire interactive
1
137 VUES
En cours - Nouveau chapitre Tous les 10 jours
temps de lecture
AA Partager

A existência do artista

Numa fração de espaço, próximo da vida e perto do nada, ali, nasce o artista. O artista carrega consigo um grande fardo, o leve dever de compor, tecer e doar.

Haja, exista, seja, venha, brote, nasca!

Imperativos ordinais desse tipo, só Deus pode fazer, o que o artista faz é diferente. É parecido com uma nova campina verde, que um dia já fora campina verde celeste. No mais audaz cenário, o artista é compositor.

Compõe vento, cor e barro

Letra, canção e macarrão

Palavra, contorno e textura

Som, jeito e drama

A existência do artista é causa causada, é fruto de uma sequência quase infinita de reações. Esses cenários e histórias se deparam com uma plataforma. O artista é uma plataforma, plantada por alguém. A folha estava riscada, a pauta tinha palavras e a maravilhosa explosão deste encontro faz o artista, um cavalo arredio, selvagem, necessitado de doma.

A existência do artista é uma prisão ao personagem, é pura liberdade de compor.

O Grande Artista é.

Nele, tudo é, ele é causa primária, não causada, é toda a plataforma, é semeador.

Quando não havia tempo, só havia arte, e tudo o que era, era belo. Meios, cantos, retas e círculos, não faziam parte da existência. A substância uno não era matéria, nem energia, mas, beleza. Beleza que um dia se materializaria, mas que na era fundamental discursava para si mesma e a respeito de si mesma, numa completude aterradora. Eis o pleno e eterno.

21 Mai 2020 03:18:19 0 Rapport Incorporer Suivre l’histoire
4
La fin

A propos de l’auteur

Commentez quelque chose

Publier!
Il n’y a aucun commentaire pour le moment. Soyez le premier à donner votre avis!
~

Plus d'histoires

Poetry: Rhymes of Evil Poetry: Rhymes of Evil
Covid -19, We can overcome. Covid -19, We can over…