Novos Sentimentos Seguir historia

kiefan Anna Luisa

Oh Sehun estava cansado de estudar apenas em casa, então ao chegar no último ano do ensino médio, ele decide que irá estudar numa escola, ignorando os protocolos reais. O príncipe só não imaginava que justamente em seu primeiro dia de aula iria acabar esbarrando em alguém e se apaixonar por essa pessoa, seu colega e representante da turma Park Chanyeol. Fanfic também postada no Spirit.


Fanfiction Bandas/Cantantes Sólo para mayores de 18.

#chanhun #kpop #exo
1
3.5mil VISITAS
Completado
tiempo de lectura
AA Compartir

O novo aluno


- Fanfic também postada no Spirit.


Capítulo 1 ― O novo aluno.


― Tem certeza de que continuará com esse plano? ― Seomin perguntou ao filho observando ele começar a se alimentar diante da farta mesa com o café da manhã e às múltiplas opções para escolher e comer.


― Sim, mamãe, nada irá me impedir. ― Sehun sorriu antes de provar um pouco do café. ― Hoje será o meu primeiro dia de aula em uma escola.


― Está preparado? ― Ela limpou os lábios com um guardanapo.


― Claro que estou, sou apenas um estudante do último ano do ensino médio e terei meu primeiro dia de aula… Normal. ― Ele murmurou e observou a mãe rir. ― O que?


― Nada. ― Seomin se recompôs e apoiou o rosto numa das mãos. ― Apenas acho engraçado ver o príncipe da Coréia do Sul falando isso.


― Tirando o diretor, para todos os outros… Eu sou apenas um aluno. ― Sehun sorriu.


― Você é um Oh, vai ser bem rápido associar seu sobrenome ao da rainha. ― Ela apontou para si mesma. ― E então vão perceber que você é o príncipe.


― Se eu usasse o Oh, poderia ser assim mesmo. ― Ele se levantou e pegou uma maçã. ― Mas, eu não vou usá-lo. ― Deu uma mordida na fruta.


― E qual sobrenome irá usar? ― Seomin franziu o cenho.


― O seu de solteira. ― Sehun quase riu com a expressão da mãe. ― Muito prazer, rainha Oh… Sou Kim Sehun.


― Muito bem, não esperava por esse plano. ― Ela sorriu. ― Você se sairá bem, meu querido, tenho certeza disso.


― Obrigado, mamãe. ― O jovem príncipe se aproximou dela e depositou um beijo em sua testa. ― Já estou indo, não quero chegar atrasado.


― Tenha uma boa aula, meu lindo. ― Seomin beijou seu rosto e observou o filho se afastar.


Suspirou enquanto bebericava seu chá, estava um pouco apreensiva com ele indo para uma escola pela primeira vez e sem seguranças por perto, mas torcia para que tudo desse certo e que o filho pudesse aproveitar.


O Oh mais novo não era tão sociável e conhecer outros adolescentes naquele ambiente escolar, poderia ajudá-lo de alguma forma.


. . .


Para parecer o mais normal e plebeu possível, Sehun decidiu que iria caminhando para sua escola. Já conhecia o caminho e gostava de realizar aquela atividade tão simples mesmo não podendo dar dois passos sem estar protegido por seguranças.


Tinha certeza de que estava sendo seguido por algum, mas não iria proibi-los de fazerem seu trabalho e cuidarem de si.


Não era fácil ser o príncipe e futuro rei do país. Havia perdido o pai quando ainda era criança e apesar da mãe sempre ter sido sua melhor amiga, ela não podia sempre ficar consigo e Sehun costumava ter a companhia de tutores, outras pessoas responsáveis por si durante boa parte de sua infância.


Sempre havia estudado em casa. Aprendeu francês, espanhol, inglês e japonês com professores escolhidos pessoalmente por sua mãe e sempre aprendeu tudo numa sala sua de estudos que mantinha no palácio e nela seria feito seu futuro escritório.


Porém, já tinha chegado aos dezoitoanos e não queria concluir seu ensino escolar em sua casa. Queria sair e conhecer as pessoas, fazer amigos.


Queria fazer aquilo sem que todos soubessem que ele era o herdeiro direto ao trono, que ele era um Oh e tinha sangue azul como costumavam dizer.


Ele desejava que todos vissem que mesmo sendo um príncipe, ainda era alguém normal. Um simples menino que queria estudar e aproveitar seu último ano escolar.


Estava caminhando tão rápido que logo teve a visão de sua escola. Suspirou um pouco nervoso ao ver o tanto de alunos que tinha ali e balançou a cabeça.


Era como eles!


Pensou em seu pai e imaginou o que ele diria ao velo ali...


“Você é tão inteligente, será o nerd mais popular de toda a escola! Boa sorte, você se sairá bem!”


Sorriu melancólico, sentia falta do pai e queria que ele estivesse ali para participar daquele momento.


Quando decidiu andar até o portão da escola, ele acabou empurrado e caiu no chão junto de sua mochila.


― Ai meu Deus! Eu sou tão idiota! O sono é mais forte que eu e acabei não vendo você… ― O outro garoto dizia de modo apressado. ― Não que você seja invisível, longe disso, digo eu consigo velo normalmente, quem não iria velo assim com o seu tamanho e a beleza, né… Céus…


Sehun quase sorriu ao velo todo envergonhado daquela forma tendo até as bochechas coradas.


― Está tudo bem. ― Aceitou a mão estendida para si e se levantou.


― Você se machucou? Está tudo bem mesmo? ― Ele ainda parecia preocupado.


― Não me machuquei e estou bem. ― Sehun assentiu.


― Ótimo! Ótimo! Tenho certeza de que já estou atrasado, então, preciso correr… Tenha uma boa aula. ― Ele disse antes de se afastar e voltar a caminhar apressado.


O príncipe acabou deixando um sorriso escapar ao velo esbarrando em outras pessoas e pedindo desculpas todo atrapalhado.


Ainda estava nervoso por estar chegando num lugar que nunca havia entrado antes, mas ficou mais tranquilo ao ver que não havia sido reconhecido e aquele estranho não havia perguntado seu nome.


É, ele poderia aguentar as coisas daquela forma.

17 de Junio de 2019 a las 06:36 0 Reporte Insertar 0
Leer el siguiente capítulo O novo aluno e seus novos amigos.

Comenta algo

Publica!
No hay comentarios aún. ¡Conviértete en el primero en decir algo!
~

¿Estás disfrutando la lectura?

¡Hey! Todavía hay 14 otros capítulos en esta historia.
Para seguir leyendo, por favor regístrate o inicia sesión. ¡Gratis!

Ingresa con Facebook Ingresa con Twitter

o usa la forma tradicional de iniciar sesión