Minha primeira e verdadeira experiência sexual PARTE III Seguir historia

robertacsa Roberta csa

Minha primeira e verdadeira experiência sexual PARTE III (quero lembrar que trata-se de uma experiência verdadeira que aconteceu comigo, e eu só resolvi escrever essa estória a pedido da minha psicóloga que me ajudou muito)


No-ficción Sólo para mayores de 18.
Cuento corto
1
2951 VISITAS
En progreso
tiempo de lectura
AA Compartir

Minha primeira e verdadeira experiência sexual PARTE III

Minha primeira e verdadeira experiência sexual PARTE III

(quero lembrar que trata-se de uma experiência verdadeira que aconteceu comigo, e eu só resolvi escrever essa estória a pedido da minha psicóloga que me ajudou muito)

Acordamos tarde quase meio dia, e fomos para mercado, comemos um lanche e nos divertimos desfilando novamente se sentindo "as mulheres", ao retornar o Pedro marido da Marcia já estava em casa, e o Flávio ainda não tinha chegado.

Recebi três beijinhos no rosto e um "seja bem vinda", e o mesmo aconteceu com a Sonia, conversamos bastante, os três, e esperando o Flávio chegar, tomamos um vinho o que eu adoro e isso me esquenta muito.

A Marcia é a mais "bocuda " de todas em seguida a Sonia e eu que não tenho o costume de falar besteiras, mas comecei a me soltar, ficar mais a vontade.

Pedro super gente fina, faz de tudo para as três ficarem a vontade e procura atender todas, e sempre com brincadeiras maliciosas mas engraçadas.

Até que a conversa foi esquentando e o Pedro foi perguntar do meu casamento e a Marcia já cortou, e foi logo falando , " estamos aqui pra fude ou conversar kkkk" fiquei vermelha, juro, e ele respondeu " tem hora para tudo".

Nos estávamos as três com roupa de praia, biquíni essas coisas e íamos para a praia e ele ia ficar esperando o amigo, quando a gente ia saindo, ele pediu que a gente que fizesse um "desfile" para ele escolher, já que estava no arem, e foi só risada, mas todas viraram a bunda para ele, e foi um tapinha malicioso em cada uma e ai a Sonia disse: "Já escolheu? Se quiser comer vai ter que comer as três, de uma vez só, e ai? Quenta?" foi só risada e saímos.

Passeando na praia a Sonia me perguntou, você não esta preocupada com tudo isso esta? E eu respondi, não é preocupação, é que tudo é novo para mim, e estou conhecendo pessoas que hoje entendo como "normais" que sabem curtir a vida e que não precisa de muito para isso, e até o momento estou curtindo sim.

Ai ela disse toda espalhafatosa, haaa deixa fica assim pra ver como fica, e nós rimos. Voltando para o apartamento conheci o Flávio, moreno alto super bacana, mesma linha de personalidade de todos, muito sorriso abraços e logo de cara ele ficou abraçado com a Marcia e eu achei engraçado isso, se trocam numa boa, e eu fiquei com o Pedro e a Sonia. Bebemos uns 3 litros de vinho entre todos, e senti que tudo foi esquentando, eu via a Marcia com o Pedro e as mãos boba "deles" correndo solta e todas com uma saída de praia bem a vontade, e vendo aquela situação deles foi me dando um tesão, estava gostando do que via. Ai já a noite o Flávio deu a ideia , vamos pedir pizza assim não temos que sair e teremos comida para quando quiser, e a ideia foi aceita por todos. Estávamos na cozinha as três e os dois na sala vendo tv, e a Sonia me deu uma passada de mão na bunda e disse bem alto, "tive uma ideia" nossa levei um puta susto e já estava quase bêbadas, as duas me pegaram uma em cada mão e me levaram para sala, me vendaram e a brincadeira era eu adivinhar quem era que estava me tocando ou beijando, ai pensei..."fudeu" kkkk.

E todos gostaram da ideia, e ai todos na sala, e começaram com um Celinho e eu nunca acertava quem era, mesmo porque não podia tirar a venda, e então nunca ia acertar, sacanagem, mas... Cada vez que eu errava três vezes tinha que tirar um peça da roupa e assim foi e não demorou muito eu estava nua e no fundo preocupada e com um pouco de vergonha, mas já era tarde de mais kkkk. Senti um beijo forte na boca, e deu para perceber que era de homem, e de língua, nossa aquilo me esquentou, juro, me senti molhada. Uma mão pegou a minha e colocou no pau dele e eu segurei, e estava curtindo o beijo, até que senti uma mão em cada pé, e foi abrindo minha pernas e todos estavam de pé no meio da sala, abri as pernas, senti duas mãos passeando em minhas coxas, e ao mesmo tempo alguém lambendo os dedos do meu pé, bem no meio deles, nosssssa nunca senti isso, puta tesão de arrepiar. E foi ai que uma língua abriu minha vagina molhada e começou a passear nela, gosei na hora, minhas pernas ficaram bambas.

Gente me chupando por todo o corpo, nos seios , pernas, xoxota, bunda, costas, tudo, não tem como resistir, foi outro orgasmo com gemido. Me colocaram deitada no tapete da sala e senti um pau na minha boca para eu chupar, nossa estava com muito tesão e fiz com muita vontade, até que me pegaram pela cintura e me posicionaram de quatro e senti o outro entrando na minha xoxota molhada, só tinha visto isso em filmes, e eu estava ali curtindo e vendada, proibida de tirar a venda. Mesmo assim ainda, tinha mãos passeando por todo meu corpo, e os dois se movimentando bem devagar um na boca e outro na minha xaninha, sentia uma língua molhada passear nas minhas costas, até chegar no meu reguinho e me deixar bem arrepiada, gosei novamente, e já não aguentava mais, senti que eles não paravam e que estava na minha xana gozou e estava de camisinha, e quem eu estava chupando estava curtindo mito, me alisava, passava as mãos no meu rosto, cabelo, fui sentindo em minha boca aquilo pulsar cada vez mais, até que gozou sem tirar da boca, sem tirar de dentro, nossa que coisa deliciosa e esquisita ao mesmo tempo, era a minha primeira vez fazendo isso, sentir um macho gozar tudo e sentir ele ir ficando amolecido, ai me deram uma toalha e me colocaram deitada, tiraram minha venda, estava as duas assistindo com uma taça de vinho nas mãos e eles cada um de um lado, me alisando, com muito carinho. As duas chegaram bem perto de mim foram despejando vinho no meu corpo e todos bebendo, que loucura, e todos felizes porque eu gosei como uma louca, magina, gosar mais que uma vez numa noite.. Nunca! E realmente aquela foi a MINHA NOITE foi tudo dedicado à mim. E ai a Marcia bocuda me fez passar vergonha novamente falando " viu? Ninguém quis te enrrabar era para você gozar diferente kkkk", fiquei vermelha, e ai a Sonia emendou, que nada, passou uma semana é virgem do cu de novo, vai por mim, e era só risada. No dia seguinte fomos todos a um restaurante almoçar e dela já voltar para São Paulo, o que não podiam chegar tarde, a Sonia e Flávio tinha que pegar filhos na casa da Sogra e a Marcia e o Pedro fazer o mesmo, todos tem suas vidas normais, mas sabem curtir a vida, fiquei encantada com eles, e durante o almoço, o Pedro fez um discurso de boas vindas à amizade deles e me deram de recordação um anel solitário, para eu não esquecer deles e nem daquele final de semana.

No dia seguinte, todos voltam as suas vidas normais, de pobre mortais, assim como eu, e com um monte de recados do meu ex, quando soube pela minha mãe que eu tinha viajado com um casal, ele ficou todo preocupado e querendo se aproximar de mim, e ai da inicio a quarta parte dessa estória que vou escrever.

11 de Junio de 2019 a las 21:42 0 Reporte Insertar 1
Continuará…

Conoce al autor

Comenta algo

Publica!
No hay comentarios aún. ¡Conviértete en el primero en decir algo!
~