Corridinhas Seguir historia

kiefan Anna Luisa

Kim Minseok ainda não conseguia se acostumar com o fato do filho, o pequeno JongIn, adorar dar corridinhas pela casa agora que estava começando a caminhar e a melhor parte do dia era quando o marido, Kim Junmyeon retornava para lhe ajudar e também lhe dar uma folga daquelas corridas.


Fanfiction Bandas/Cantantes Sólo para mayores de 18.

#kpop #exo
Cuento corto
0
3.5mil VISITAS
Completado
tiempo de lectura
AA Compartir

Capítulo Único

- Fanfic também postada no Spirit.


Capítulo Único


― Nini, vem aqui! ― Minseok quase precisou correr para conseguir chegar perto do filho. ― Não é para sair assim. ― Repreendeu o menino, observando o pequeno somente sorrir e rir com sua reação.


JongIn era um bebê sempre quietinho, mas que se encontrava todo serelepe e elétrico já que estava com quase dois anos completos e estava mais do que acostumado a andar. Depois de meses apenas engatinhando e ficando em pé somente segurando em alguns móveis ou tendo ajuda, agora ele conseguia fazer aquilo sozinho e ninguém mais o segurava!


Fato esse que deixava o papai Minseok, muitíssimo preocupado. Odiava ver o menino chorar e tentava evitar aquilo sempre que possível, por isso, não desviava os olhos dele e sempre seguia caminhando junto com o filho.


Precisava correr em alguns momentos quando JongIn fazia o mesmo.


"Nini, volta aqui!"


"Não vá para longe"


"Não se afaste"


Cada vez mais que dizia aquilo, o pequeno JongIn entendia o contrário e sempre fazia o que Minseok não queria.


Está tudo bem, meu amor? ― Junmyeon perguntou ao marido, após ouvir ele chamar pelo filho.


― Está sim, tirando a parte de JongIn querer correr de um lado para o outro. ― Minseok só pode dizer aquilo e logo saiu correndo atrás dele. ― Hoje, nós fomos no mercado e céus! Eu nunca corri tanto naquele lugar.


Meu Deus! ― O Kim mais novo ria durante a ligação, fazendo o marido revirar os olhos.


― Só está rindo, pois você não está aqui para ficar correndo com ele. ― Minseok seguia andando atrás do filho e cuidando de seus passos.


― Logo eu vou estar de volta, prometo que você terá uma folga. ― Junmyeon seguia sorrindo, sentindo saudade de sua família mesmo estando fora só por dois dias. ― Preciso ir agora, boa sorte!


― Obrigado. ― Minseok suspirou assim que finalizaram a ligação. ― Filho, não! ― Pegou o menino, assim que ele tentou correr e subir as escadas.


Da última vez que tinha feito aquilo, ele quase caiu e ameaçou chorar mesmo sem ter sofrido machucado algum.


― O que acha de ficar aqui, huh? ― O Kim pegou o bebêno colo, ouvindo seus resmungos e o colocou no sofá. ― Bem melhor!


Não demorou nem um minuto para que o pequeno conseguisse descer do sofá, coisa que ele tinha aprendido a fazer sozinho!


― Está bem. ― Minseok murmurou.


Porém, diferente do que estava imaginando, JongIn sentou sobre o tapete e ficou interessado em seus brinquedos que estava por ali. Pegou os mesmos, e logo ficou distraído fazendo com que o pai quase comemorasse aquilo.


Finalmente conseguiu sentar no sofá, sem problemas. Ficou apenas observando seu neném e sorrindo ao ver JongIn rir de suas próprias brincadeiras, podia ficar fazendo aquilo pelo restante da tarde.


Ele acabou arregalando os olhos ao ouvir a porta sendo aberta.


― Amor! ― Se levantou ao ver seu companheiro. ― Não sabia que ia voltar hoje.


― Surpresa! ― Junmyeon sorriu largo e ao dizer aquilo bem alto, não demorou para que JongIn reparasse em sua presença.


E corresse em sua direção, sem dificuldade alguma.


― Meu bem! Como você está? ― Ele se abaixou para pegar o filho no colo. ― Aposto que está fazendo o Minnie correr, e muito. ― Disse baixinho para o menino e riu, antes de beijar uma de suas bochechas.


― Que bom que você voltou. ― Minseok se aproximou e deu um beijo no marido.


― E lembra o que prometi? Eu voltei e agora você pode ter uma folga. ― Junmyeon sorriu enquanto botava o bebê no chão, já que JongIn estava balançando seus pés e querendo descer.


― Agora você vai ter uma nova companhia, Nini! ― Minseok sorriu largo. ― Boa sorte.


O Kim mais novo ficou sem entender aquilo conforme observava o outro se afastar, porém ele logo entendeu quando JongIn começou a caminhar e dar corridinhas de um lado para o outro.


Ou de um cômodo para outro, não importava o lugar, o pequeno só iria sair correndo e Junmyeon teria que acompanha-lo muito bem, segundo o seu ritmo.

28 de Mayo de 2019 a las 00:38 0 Reporte Insertar 0
Fin

Conoce al autor

Anna Luisa 💕💕 Sou a kiefan do spirit 💕 💕• Ficwriter • 💕 ••EXO-L•• 💕

Comenta algo

Publica!
No hay comentarios aún. ¡Conviértete en el primero en decir algo!
~