Chasmodía ⚜ snʇɐᴉɥ Seguir historia

erincarmel E C

Chasmodía é o tempo em branco ou o hiatus em que se perde o que está acontecendo a sua volta. JungKook acordou em um hospital, pelo menos acreditava estar em um, pois na realidade não compreendia nada do que ocorria a sua volta. Assim como também não lembrava de tudo o que passara até ali, as lembranças lhe escaparam e ele não fazia ideia de quem era Park Jimin.


Fanfiction Bandas/Cantantes Sólo para mayores de 18.

#boyxboy #amnesia #romance #drama #angst #jimin #jungkook #bts #kookmin #jikook
0
3009 VISITAS
En progreso
tiempo de lectura
AA Compartir

[prologue]

Branco. Tudo o que via era branco. Os músculos não respondiam, logo, apenas seus olhos trabalhavam. E tudo que eles captavam era branco. Até que seu peito queimou como se o coração partisse em dois, mas não compreendeu a repulsa pelo branco acima de si. Parecia até mesmo sentir o odor de todo aquele branco. Tentou se mover – precisar sair dali – e o ar lhe faltou, talvez alguém tenha dançado em seu peito e ainda tirado um cochilo ali mesmo. Ou tivesse mesmo alguém repousando ali.

Era difícil se mover, nada respondia aos seus comandos. O ar faltou mais uma vez devido ao esforço e até mesmo seu coração tinha dificuldades em bater. Como respirava? Um zumbido ecoou em sua mente a preenchendo em seguida com inúmeros sons – poucos reconhecidos, em especial as tantas vozes estranhas que se sobressaíam. Sim, alguém tinha o usado como travesseiro.

Fechou os olhos com toda a força possível e esperou pela dor que viria com tal movimento, ela não tardou e foi implacável. Ele só queria gritar. Seus pulmões estavam fracos ou era ele que não os sabia usar? Mesmo sendo seu corpo, ainda assim não o respondia.

Voltou a abrir os olhos e vultos brancos passando a sua volta. Não identificou ninguém, muito menos o dono de cabelos loiros, que agora acordado, sorria entre tantas lágrimas.

Quem era?

Não podia se preocupar com isso, ainda não. Travava uma luta para respirar e isso por si só já era seu maior pavor. Estava lutando para viver e nem compreendia o porquê.

Ah o branco, como ele detestava a falta de cores para harmonizar um ambiente – ou aquele lugar deveria ser branco para um propósito e, talvez, detestasse ainda mais aquele lugar agora que compreendia onde estava.

De repente, algo voltou a sua mente, algo relacionado ao hospital. Porém, da mesma forma que veio, o zumbido acompanhou, ele se perdeu dentro de si. Tudo escureceu, o zumbido sessou qualquer som, alguém gritou seu nome e seu pulmão fraco, perdeu.

6 de Abril de 2019 a las 02:18 0 Reporte Insertar 0
Leer el siguiente capítulo [1] Calling Out Your Name

Comenta algo

Publica!
No hay comentarios aún. ¡Conviértete en el primero en decir algo!
~

¿Estás disfrutando la lectura?

¡Hey! Todavía hay 1 otros capítulos en esta historia.
Para seguir leyendo, por favor regístrate o inicia sesión. ¡Gratis!

Ingresa con Facebook Ingresa con Twitter

o usa la forma tradicional de iniciar sesión