Fábulas Morais e Amorais Seguir historia

lucas-portilho1552831330 Lucas Portilho

Coletânea de fábulas para todas as idades. Histórias originais ou adaptadas dos clássicos do mesmo gênero.


Infantil Todo público.
0
494 VISITAS
En progreso - Nuevo capítulo Todos los sábados
tiempo de lectura
AA Compartir

A ÁGUIA DOURADA


Numa cidade distante havia um monumento representando uma águia dourada. Tal construção era idolatrada fanaticamente pelos indivíduos que ali viviam, pois ela trazia fartura econômica à localidade.

Porém a estátua foi aos poucos sendo visada por pessoas de má-fé, não tardando para que fosse surrupiada.

Apesar do incômodo fato, os populares conseguiram recuperar o monumento. Contudo, a desconfiança já se instalara ali. Deveria o ídolo ficar em mãos confiáveis.

- Eu fico com ela! Bradavam alguns.

Em meio às várias insistências, decidiu-se que a águia dourada permaneceria no seu lugar original.

Eis, então, que a pobreza, a fome e os maus augúrios assolaram a cidadezinha. Irritados, os cidadãos esbravejavam contra o monumento.

- Nosso Deus nos abandonou! Acabou o tempo das vacas gordas!

De tanto estarem insatisfeitos, levaram a estátua ao chão e depois destruíram-na.

Um sacerdote que assistia a tudo declarou.

- Boas razões têm os deuses para punir a humanidade, afinal, esta última ama mais as graças recebidas do que os próprios deuses.


Moral: O egoísmo afeta também as crenças humanas.

20 de Marzo de 2019 a las 02:14 2 Reporte Insertar 1
Leer el siguiente capítulo A ÁGUIA E OS ESQUILOS

Comenta algo

Publica!
Karimy Karimy
Olá! Escrevo a você por causa do Sistema de Verificação do Inkspired. Caso ainda não conheça, o Sistema de Verificação existe para ajudar os leitores a encontrarem boas histórias no quesito ortografia e gramática; verificar sua história significa colocá-la entre as melhores com relação a isso. A Verificação não é necessária caso não tenha interesse em obtê-la, então, se não quiser modificar sua história, pode ignorar esta mensagem. E se tiver interesse em verificar outra história sua, pode contratar o serviço através do Serviços de Autopublicação. Sua história foi colocada em revisão pelos seguintes apontamentos retirados dela. 1)Uso de "mesma" no lugar de pronome pessoal. Uso de "porque fazes tamanha execração contra mim" em vez de "por que fazes tamanha execração contra mim?" 2)Uso de vírgula após "porém" quando não há oração deslocada ou explicativa após a conjunção", como em "Porém, a estátua..." em vez de "Porém a estátua"; "Porém, a lúgubre coruja" em vez de "Porém a lúgubre coruja". Vírgula desnecessária em "Um sacerdote que assistia a tudo, declarou". Vírgula desnecessária em "O relojoeiro que cuidava dela, disse-lhe"; "quando alguns vestidos o abordaram, indagando-lhe sobre a causa daquelas lágrimas"; "uma gigantesca cobra que habitava o local, não havia sido "testada" pelo rato"; "Observas isto e verás que tua inveja, não passa". Falta de vírgula no vocativo "Diga-me corujinha" em vez de "Diga-me, corujinha". 3)Uso de dois tempos verbais na narração em um mesmo conto, como em "a maldita predadora desperta", no presente, e "foram", no pretérito; o mesmo acontece na fábula "A cobra e o Rato". É importante escolher apenas um tempo verbal para a narração e se manter nele. 4)Falta de crase em "Sou simplesmente aquela que traz vida as plantações" em vez de "Sou simplesmente aquela que traz vida às plantações"; "Esta fábula aplica-se aqueles" em vez de "Esta fábula aplica-se àqueles". Obs.: são apenas os apontamentos acima que precisam ser revisados nas suas fábulas; ao terminar de corrigir tudo, basta responder esta mensagem para que eu faça uma nova verificação. Caso tenha interesse, pode procurar um beta reader para outras publicações suas; é sempre bom ter alguém para ler nosso trabalho e apontar o que acertamos e o que podemos melhorar, assim como ajudar-nos com a gramática e ortografia. Caso se interesse, esse recurso também é disponibilizado pelo Inkspired através do Serviços de Autopublicação. Além disso, também temos o blog Tecendo Histórias, que dá dicas sobre construção narrativa e poética, e o blog Esquadrão da Revisão, que dá dicas de português. Confira! Bom... adorei as fábulas e ainda hoje pretendo recomendá-las aos amigos. Beijos!

~

¿Estás disfrutando la lectura?

¡Hey! Todavía hay 6 otros capítulos en esta historia.
Para seguir leyendo, por favor regístrate o inicia sesión. ¡Gratis!

Ingresa con Facebook Ingresa con Twitter

o usa la forma tradicional de iniciar sesión