Sempre ao meu lado Seguir historia

tsukyie tsu kyie

Itachi não conseguia imaginar uma vida sem Shisui, sem os sorrisos calorosos dele e seus beijos cheios de amor. A quem o Uchiha queria enganar? Shisui era o amor da sua vida e nada — nem mesmo a morte — poderia separa-los.


Fanfiction Anime/Manga No para niños menores de 13.

#Itachi-e-Shisui #clã-uchiha #uchihas #shisui #itachi #shiita
Cuento corto
2
2567 VISITAS
Completado
tiempo de lectura
AA Compartir

Você

“Cavando buracos no meu cérebro tentando esconder
Diggin' holes in my brain tryin' to hide away

Você sabe quando fica ruim para sua saúde
You know when it gets bad for your health

As coisas têm que mudar porque elas não são as mesmas
Things have gotta change 'cause they're not same

Mas está tudo em minha mente, tudo em minha mente
But it's all in my mind, all in my mind

Minha mente marrom fria
My cold brown mind

Está tudo em minha mente, tudo em minha mente
It's all in my mind, all in my mind

Eu nem consigo ficar sozinho”
I don't even get to be alone”

As pessoas, em geral, sempre me olhavam de uma forma estranha, incluindo minha família. Pareciam temer algo em mim que nem mesmo eu sabia o que era. Porém, com você era diferente, o olhar que sempre me direcionava a era repleto de carinho e ternura.

Shisui, você sempre esteve lá, mesmo que muitos dissessem que não. Eu te via, te sentia e era somente isso que importava. Não os outros. Apenas nós dois.

Lembro-me quando apareceu em um noite de chuva forte, eu chorava por algo que agora nem me lembro mais. Sua presença era reconfortante e quando me abraçou senti mais do que apenas a sensação de estar me ajudando a amenizar minha dor, era quase como se estivesse dizendo que nunca me abandonaria.

Após isso estivemos sempre juntos, em todos os momentos, um ao lado do outro, apoiando as decisões que cada um tomava. E como você, Shisui, foi importante para mim em dias horríveis que pareciam nunca ter fim.

O pior deles foi quando meu próprio pai me deserdou de tudo que estivesse relacionado a minha família e ao clã Uchiha, dizendo aos berros e com um ódio profundo que eu, Itachi, não merecia mais o sobrenome Uchiha, que era um louco e que havia deixado tudo de lado por causa de alguém que nem mais vivo estava.
Tudo que ele me disse doeu muito, mesmo que eu não entendesse várias das coisas ditas, doeu.

“Eu sei que você entende o que estou tentando encontrar palavras para dizer
I know you know I'm tryin' to find the words to say

Você me disse que estaria sempre por perto
You told me you would always be around

Mas agora você se foi, eu sei que não estamos bem
But now you're gone, I know that we are not okay

Eu tenho tanto medo de envelhecer
I'm so afraid of growing old

Então não vá e me deixe sozinho
So don't you go and leave me on my own

Baby, que diabos você está fazendo tão frio?
Baby, what the hell you acting so cold?

Eu acho que nunca vou saber, acho que nunca vou saber
I guess I'll never know, guess I'll never know”

Os dias que se passaram após essa briga foram ainda mais difíceis, eu precisava de um lugar para ficar e minha mãe estava prestes a arrancar os próprios cabelos com isso, quando uma luz no fim do túnel surgiu. Sasuke, meu irmão caçula, me convidou para morar com ele e seu namorado Uzumaki.

Você me disse para não ir Shisui, mas mesmo assim eu fui. Não possuía outra escolha. E foi tudo muito estranho, Sasuke me tratava estranho. Parecia ter medo de me quebrar com seus toques e palavras, sempre pesaroso com algo, mostrando-se a todo o momento disposto a me ajudar no que fosse. Não me recordava dele ser assim, porém, sabemos que o amor faz milagres, e aquele Uzumaki parecia ter despertado o melhor em meu irmão.

Nesses dias não te vi mais, minha rotina era tão cheia que minha cabeça foi se ocupando com outras coisas. Deixei você de lado, e até hoje me arrependo disso, Shisui. Eu te amei — e amo muito até hoje.

Foi em um dia qualquer, quando Sasuke disse que tinha que sair para comprar alguns remédios meus, me deixando só naquela casa vazia e escura, que te vi depois de algum tempo. Ainda tinha aquele mesmo sorriso no rosto, seus olhos tão escuros quanto os meus me fitavam pacientemente, com as mãos em meus cabelos alisando as mechas com os dedos, Shisui, você propôs que fugíssemos.

De primeira pareceu uma ideia absurda. Fugir? Porquê? Eu estava tão bem ali, ninguém me olhava com ódio, ou dizia coisas como “Itachi você é um fracassado”, me sentia feliz, mesmo que uma parte ainda estivesse triste, pois, você não esteve ali naqueles dias.

“Minha mente marrom fria
My cold brown mind

Está tudo em minha mente, tudo em minha mente
It's all in my mind, all in my mind

Minha mente marrom fria
My cold brown mind

Está tudo em minha mente, tudo em minha mente
It's all in my mind, all in my mind

Eu nem consigo ficar sozinho
I don't even get to be alone

Então estou tentando encontrar uma razão para o amor
So I'm tryin' to find a reason for love”

Mas você me explicou os motivos, e então tudo ficou mais claro. As lembranças de anos atrás ressurgiram como um flash, deixando-me desorientado.

Sasuke, eu e você, nos três contra o mundo.

Tantas outras me vieram à mente, porém, não tive tempo para organizá-las direito. Você me puxou pela mão e antes que eu me percebesse estava passando pela porta dos fundos, com a chuva sobre nós e o som de carros ao fundo.

Então me lembrei daquela noite em específico. Eu olhando para aquele caixão, para você Shisui, dentro dele. Foi como acordar de um sonho bruscamente, olhei para você embaixo daquela chuva, essa a qual te atravessa, como se não possuísse mais matéria.

Não queria acreditar naquela verdade, onde você havia morrido por minha causa, uma realidade sem você Shisui, era cruel demais para mim. Ficamos nos olhando em silêncio, parados, minha mente funcionando a mil por hora, tentando achar uma explicação para tudo.

Mas nunca a achei e depois nunca mais me interessei em procurar. Minhas preocupações se tornaram outras. Quando aquele carro bateu em mim, jogando-me longe, eu ainda te olhava parado me fitando e sorrindo, como se o tempo estivesse congelado. E mesmo depois que senti cair com tudo contra o chão, ainda te via e somente quando meus olhos se fecharam você se foi.

Quando acordei estava em uma sala com paredes brancas, amarrado, pessoas vestidas com jalecos entrando e saindo, perguntando-me se estava bem, como me sentia, e tantas outras perguntas que serviam apenas para me deixar mais confuso. Tomando remédios diferentes a cada minuto.

Me encontro à beira da loucura nesse exato momento, não suportando mais nada. Eu só queria você aqui, Shisui, morto ou vivo, tanto faz, eu só quero você para me ajudar a suportar, dizer palavras carinhosas e o seu “Te amo, Itachi” que fazia meu dia melhorar sempre.

Quando pergunto por você as pessoas me olham com pena, não respondem, nunca responderam. Mas isso não importa, sempre vou perguntar por você, pensar em você Shisui.

Eu posso estar no inferno, mas desde que você esteja ao meu lado, eu o suportarei.

“A única casa que eu conhecia era para mim e para você
The only home I knew was for me and you

Mas está tudo em minha mente, tudo em minha mente
But it's all in my mind, all in my mind

Minha mente marrom fria
My cold brown mind

Está tudo em minha mente, tudo em minha mente
It's all in my mind, all in my mind

Eu nem consigo ficar sozinho
I don't even get to be alone”








3 de Marzo de 2019 a las 19:53 0 Reporte Insertar 119
Fin

Conoce al autor

Comenta algo

Publica!
No hay comentarios aún. ¡Conviértete en el primero en decir algo!
~