"Eu não sei o que é essa dor" Seguir historia

grimmalkin Jo Souza

Porque o amor, em todas as suas formas, é dificil de definir. Porque nós, independente dos motivos, temos cacos a juntar. Porque se às vezes "amar" é ser destruido temos que nos reconstruir.


Historias de vida Todo público.

#like-poetry #amor #dor #borboletas #confiança #sinceridade #lgbt+ #abraço #resiliente #força #cacos #lágrimas #solidão #recuperação #amor-próprio
4
1389 VISITAS
Completado
tiempo de lectura
AA Compartir

"eu não sei o que é esse amor"

+ De nenhum tipo, eu acho... Porque o amor, em todas as suas formas, é difícil de definir. O que posso dizer é que, inegavelmente, não me lembro de ver ternura nos olhos que me encaravam ou me sentir em casa em algum lugar. Mas não confie em mim, minhas lembranças são uma bagunça. Me lembro bem que nunca botei pra fora os milhares de borboletas em meu estômago. Nunca fui atingido por um raio e aqueles volts nunca me deixaram estranho quando toquei as mãos dela... meus pulmões não viraram cinzas para me impedir de falar e mesmo assim não falei, meu interior não queimou como num incêndio quando ele sorriu para mim ou quando ela me abraçou ou quando nossos lábios se encontraram... talvez o problema seja eu, talvez esteja procurando o amor errado...

30 de Enero de 2019 a las 21:39 0 Reporte Insertar 3
Leer el siguiente capítulo "eu não sei o que é essa dor"

Comenta algo

Publica!
No hay comentarios aún. ¡Conviértete en el primero en decir algo!
~

¿Estás disfrutando la lectura?

¡Hey! Todavía hay 1 otros capítulos en esta historia.
Para seguir leyendo, por favor regístrate o inicia sesión. ¡Gratis!

Ingresa con Facebook Ingresa con Twitter

o usa la forma tradicional de iniciar sesión

Historias relacionadas