Cão possuído Seguir historia

kimberly-evans1543929524 Kimberly Evans

Relato real, ao chegar em casa no sábado depois da pelada, Ricardo encontra seu cão numa forma macabra deixando ele totalmente sem reação.


Paranormal Todo público.
Cuento corto
0
2307 VISITAS
Completado
tiempo de lectura
AA Compartir

Surpresa macabra

No ano de 1995 ocorreu um fato real com um rapaz chamado Ricardo. No dia de sábado ele sempre ia jogar futebol com os amigos. Todo sábado sem falta. E quando ele voltava para casa, a mãe dele sempre já tinha preparado aquele almoço reforçado. 

E não foi diferente naquele sábado.  Depois em que ele terminou a pelada dele, ele foi para casa.  Ao chegar em casa a mesa já estava farta com aquele almoço super reforçado.  Só que a mãe dele ( dona marta) não estava em casa, ela tinha ido na casa da vizinha, mais só teve um porém.  Quando Ricardo chegou a cozinha ele se deparou com uma cena super macabra, o cachorro dele,  um rottweiler estava sentado a mesa, como se fosse um ser humano, ele estava segurando um garfo e uma faca e se alimentando como se fosse uma pessoa. Ricardo ficou parado olhando aquilo, ele citou que no momento em que viu aquilo, ele se arrepiou todo. Quando o rottweiler olha para ele, os olhos do cachorro pareciam duas bolas de brasas, e ele continuou comendo a comida, sem se importar com o dono ali parado olhando ele. (Relatou ricardo) depois de uns minutos ali parado vendo o rottweiler dele daquela forma macabra, ele decide passar bem devagar por trás do cachorro sem dizer praticamente nada. Ricardo disse que o coração dele estava tão acelerado, mais mesmo assim ele passou por trás do cachorro, foi até o quintal pegou a corrente do cachorro, pegou uma espingarda que ele tinha guardado em casa,  e voltou a cozinha. Quando ele chegou a cozinha o cachorro estava descendo da cadeira e se lambendo. Ao olhar para o cachorro ele notou que ele não estava com a forma macabra mais,  estava super normal de sempre.  Mesmo assim ele chamou o seu cachorro, colocou a corrente no pescoço do rottweiler, e foi com ele até um sitio, amarrou o cachorro num pé de árvore, apontou a espingarda direcionada a cabeça dele e o matou. Ricardo disse, que não queria arriscar em deixar o cachorro vivo depois daquilo que ele viu, por que ele poderia estar na forma normal de sempre. Mais será que por dentro ele estava um cachorro normal? 

28 de Enero de 2019 a las 22:08 1 Reporte Insertar 1
Fin

Conoce al autor

Comenta algo

Publica!
Karimy Karimy
Olá! Escrevo a você por causa do Sistema de Verificação do Inkspired. Caso ainda não conheça, o Sistema de Verificação existe para ajudar os leitores a encontrarem boas histórias no quesito ortografia e gramática; verificar sua história significa colocá-la entre as melhores com relação a isso. A Verificação não é necessária caso não tenha interesse em obtê-la, então, se não quiser modificar sua história, pode ignorar esta mensagem. E se tiver interesse em verificar outra história sua, pode contratar o serviço através do Serviços de Autopublicação. Sua história foi colocada em revisão pelos seguintes apontamentos retirados dela. 1)Emprego incorreto da vírgula em "ao chegar em casa no sábado depois da pelada, Ricardo encontra seu" em vez de "ao chegar em casa no sábado, depois da pelada, Ricardo encontra seu". Falta de vírgula em oração reduzida de gerúndio "numa forma macabra deixando ele" em vez de "numa forma macabra, deixando-o" (o pronome pessoal deve ser substituído pelo pronome oblíquo — como em "olhando ele" em vez de "olhando-o). Falta de vírgula em aposto explicativo "o cachorro dele, um rottweiler estava sentado" em vez de "o cachorro dele, um rottweiler, estava sentado" 2)Observar frase "Depois em que ele terminou a pelada dele" em vez de "Depois que terminou a pelada dele". Uso de "super reforçado" em vez de "super-reforçado" 3)Falta de crase em "estava sentado a mesa" em vez de "estava sentado à mesa". 4)Observar a construção frasal: algumas frases, como "Ricardo ficou parado olhando aquilo", podem ser transformadas em parágrafos, algumas outras, separadas por vírgula, podem ganhar um ponto no lugar do sinal de virgulação. Obs.: os apontamentos acima são exemplos, há mais o que ser revisado na história além deles. Aconselho que procure um beta reader; é sempre bom ter alguém para ler nosso trabalho e apontar o que acertamos e o que podemos melhorar, assim como ajudar-nos com a gramática e ortografia. Caso se interesse, esse recurso também é disponibilizado pelo Inkspired através do Serviços de Autopublicação. Bom... Basta responder esta mensagem quando tiver revisado a história, então farei uma nova verificação.
6 de Abril de 2019 a las 09:55
~