Contos eróticos Seguir historia

M
Mariangela Oliveira


Contos eróticos heteros, gays, lésbicos, Camren, Larry, Limantha, SuperCorp, Semi, SwanQueen, Karmy, Cophine, entre outros para maiores de 18 anos.


Fanfiction Bandas/Cantantes Sólo para mayores de 21 (adultos).

#Camren-LaurenJauregui-CamilaCabello--Contos-eróticos-de-vários-shippers
6
4.4k VISITAS
En progreso - Nuevo capítulo Todos los martes
tiempo de lectura
AA Compartir

A hóspede tarada Camren Parte 1


POV Camila


Hoje é um daqueles dias ótimos na minha vida, pois finalmente estou só em casa, e hoje faz dois dias que os meus pais viajaram, e me deixaram tomando conta da casa, não que eu esteja reclamando de ficar sozinha em casa, acho ótimo pois tenho total liberdade de me masturbar sem me preocupar, se a minha mãe estar em casa e pode ouvir algum gemido meu, é muito constrangedor a sua mãe lhe pegar num momento como esse, mas como não gosto de viajar para a casa do meu tio Juan, e os meus pais fazem questão de me arrastarem pra lá, pois os meus primos ficam me zoando por eu ter um pênis só porque sou mulher, mas diga-se de passagem o meu pau dá de dez a zero nos dos meus primos, o problema é que estou cansada de me masturbar sozinha, sabe cansa as vezes, queria ter uma mãozinha, não seria ruim, pra falar a verdade seria ótimo.

Mas como sou virgem fica difícil ter companhia só porque sou uma garota, as garotas com quem saio se assustam ao saberem que tenho um amigão no meio das pernas, então elas acabam surtando e me deixam na mão.

E hoje tenho que receber de acordo com os meus pais a filha de uma amiga da minha mãe que vai passar uns dias aqui para fazer o que eu não sei pois não prestei atenção na conversa que eu estava tendo ao telefone com a minha mãe, bem que eu desconfiei o motivo de meus pais não fazerem questão de me arrastarem para a casa do tio Juan, sabe o que dizem né, "Quando a esmola é demais o santo desconfia".

Olho para o relógio e vejo que ainda faltavam umas duas horas para a tal filha da amiga da minha mãe chegar aqui em casa, ainda bem que não preciso ir buscar ela, então vou aproveitar esse tempinho para me masturbar com liberdade.

Pego o notebook e abro em um site qualquer pornô, e procuro algum video que eu ainda não tinha assistido, como estou no meu quarto sentada na minha cama bem a vontade resolvo tirar o meu short jeans, minha blusa e o top fico só de cueca box, onde o meu amigão fica bastante confortável, mas não tão confortável assim como deveria estar, já que não sei por que estou com a estranha sensação que alguém pode entrar no meu quarto de repente e me pegar no fraga, apesar de todas as portas estarem trancadas.

Mesmo assim essa estranha sensação não sai de mim, mas balanço a minha cabeça afastando tais pensamentos e volto a minha atenção para o que eu estava fazendo, e encontro um video bem interessante de três garotas se pegando sem pudor, e eu adoro ver isso.

Tem uma loira bem tesuda e duas morenas mais tesudas ainda, e o meu amigão começa a dar sinal de vida, então enfio a minha mão direita dentro da minha cueca e vou fazendo movimentos leves de cima para baixo no meu pau que tem 18 cm.

As três estão de lingerie de cor preta, as calcinhas são de renda fio dental da mesma cor, e os sutiãs também da mesma cor com decote e também são de renda, e dá pra ver os biquinhos salientes dos seios delas, me dar água na boca a votade que tenho de abocanhar cada um, e chupar cada seio daquele e o meu pau ainda estar mole, resolvo dar a liberdade pra ele já que ninguém vai chegar agora.

Então aperto pause no video, e coloco o notebook de lado, retiro a minha cueca e jogo ela em algum lugar do quarto, e volto assisti o video onde as três garotas estão se beijando, como vejo que o negócio vai demorar adianto um pouco o video, e agora uma delas estar chupando a buceta uma da outra, e o meu pau começa a cria vida própria quando aumento um pouquinho o movimento de vem e vai, ele vai se enrijecer acumulando muito sangue naquela região, e começa a ficar duro feito pedra, quando a morena sem sutiã e calcinha fica em cima da loira encostando a sua periquita bem depiladinha na da loira bem lisinha vão quicando, enquanto a outra morena se prepara pra chupar a buceta da coleguinha morena e enfiar dois dedos na loira que geme alto me deixando mais excitada do que eu já estava, então aumento o movimento já que os meus testículos estão doendo pra caraí, pois estou prestes a gozar vendo elas se esfregarem do jeito que estão esfregando as suas pererecas enquanto a morena agora estar se masturbando se deliciando vendo as suas colegas, então solto alto.

"Como eu queria uma perereca molhadinha como essa esfregando em meu amigão que estar sofrendo pra caraí", tomo um susto ouvindo uma voz  rouca e sexy dizendo.

"O seu desejo é uma ordem", estava tão distraída que não percebia que uma linda morena de olhos verdes escuros de desejo estava bem na minha frente de vestido curto, com a calcinha abaixada até os joelhos, esfregando o seu dedo médio na sua perereca me observando.

-Quem é você?

Pergunto paralisada olhando pra ela, e segurando o meu pau que estar duro feito gelo encarando a desconhecida que dar um sorrisinho safado e diz.

-Que tal deixarmos as apresentações de lado e resolvermos o seu problema primeiro.

Ela fala olhando fixamente para o meu pau entre a minha mão que fica mais duro ainda se é possível ficar.

-Po...de ser.

É tudo que consigo dizer vendo ela sorrir largo, e num piscar de olhos se livrar do vestido, pois ela estava sem sutiã, e a sua calcinha escorregou fácil, fácil, de suas pernas então ela completamente pelada vem em minha direção e se agacha ficando de joelhos entre minhas pernas me dando a visão dos bicos de seus seios que estão bem duros, estava tão fora de mim com a visão em minha frente que só voltei do meu transe quando sinto o calor de sua boca molhada e quente ser preenchida com o meu pau, ela engole ele quase todo se engasgado um pouco e repete isso umas três vezes então ela diz antes de passar a sua língua ágil na cabecinha do meu pau.

-Nossa como é gosto e grande o seu pau.

E tudo que ela diz e começa a chupar lentamente da cabecinha e depois desce as seus lábios carnudos e deliciosos pela extensão do meu amigo que faz o meu corpo todo se arrepiar quando ela chega nas minhas bolas e chupa cada uma com gosto indescritível, ela fica alguns minutos lá, me fazendo revirar os olhos com a sensação jamais sentida por mim antes, pois pode parecer mentira, mas eu sou virgem nenhuma garota me tocou desse jeito, no máximo só foram alguns beijinhos e uns amassos, mas nada como essa estranha que faz questão de me olhar nos olhos enquanto me chupa, sem ter nojo ou repulsa de mim.

Reviro ainda mais os meus olhos quando ela volta a chupar o meu pau que parece que vai explodir de tanto excitação que estou sentindo, enquanto ela me engole ela massageia o meu pinto com uma mão, e a outra ela começa a apertar a minha coxa e vai deslizando até chegar na minha bunda e me puxa ainda mais pra frente me fazendo ficar na beirada da cama, e aproveita a posição e enfia um de seus dedos no meu orifício, me fazendo dar um gritinho pelo susto em seguida me fazendo relaxa um pouco por incrível que pareça a cada estocada de seu dedo o meu pau parecia crescer em sua boca incansável, eu já estava gozando, mas queria aguentar mais um pouco pois a sensação que a sua boca no meu pau fazia eu queria mais e mais.

Mas não dava para segurar mais então um jato violento do meu gozo invade a sua boca, então ela estoca o seu dedo ainda mais no meu orifício, fazendo o meu pau penetra ainda mais na sua boca e outros jatos invadirem a sua boca, e ela suga tudo querendo mais e mais do meu gozo, estava com a respiração e o meu coração tão agitados que caio de costas na cama, tentando recuperar o meu fôlego.

-O que foi? Já cansou?

Ela pergunta de joelhos entre as minhas pernas e olhando para o meu amigo que perde um pouco as forças, lambendo os seus lábios com a ponta de sua língua qualquer resquício do meu gozo.

-Não é só... Quem é você? E o que estar fazendo no meu quarto?

Apesar de estar adorando ela aqui me chupando o meu cérebro não parava de funcionar.

-Bom eu sou...

Neste momento o celular dela começa a tocar estridentemente em algum lugar da casa, então ela se vira e bufa um pouco ouvindo o som incômodo ela se vira pra mim e diz.

-Eu preciso atender, enquanto descance um pouco e quando eu voltar quero o seu amigão pronto para estar todinho dentro de mim.

Ela fala se levantando e antes de se afastar ela volta pra o meu pau e lambe ele dando um pequeno aperto nele com a sua mão esquerda.

E sai andando me dando a perfeita visão de sua bunda perfeita e branquinha como a neve que delícia, sussurro baixo vendo o meu amigo voltando da moleza.

-Puta que pariu que mulher é essa?????

8 de Enero de 2019 a las 19:24 3 Reporte Insertar 2
Leer el siguiente capítulo A hóspede tarada Camren Parte 2

Comenta algo

Publica!
Karimy Karimy
Olá! Escrevo a você para falar sobre o Sistema de Verificação do Inkspired. Devo dizer que sua história entrará para revisão, pois é uma história de cunho erótico, PWP, e esse tipo de história ainda não está recebendo certificação de verificação. Quando o Sistema de Verificação estiver liberado para histórias PWP, a sua certamente será verificada, desde que os apontamentos mais abaixo sejam revisados: 1)Falta vírgula em "que" quando pronome relativo. Falta de vírgula em advérbios grandes deslocados e orações invertidas. Termos explicativos devem vir após vírgulas, como, por exemplo "entre outros para maiores de 18 anos", na sinopse, que devia ser; "entre outros, para maiores de 18 anos". 2)Uso de conjugação verbal inapropriada, como: "se minha mãe estar em casa..." em vez de "se minha mãe está em casa..." 3)Uso de pronome pessoal do caso reto no lugar de pronome p. oblíquo, como "buscar ela" em vez de "buscá-la". 4)Uso da vírgula em casos que se pedem ponto (obs.: em alguns casos se faz necessária uma melhor análise para caso haja a possibilidade de se fazer um novo parágrafo), como: "Pego o notbook e o abro em um site qualquer pornô, e procuro algum vídeo que eu ainda não tinha assistido, como estou no meu quarto sentada..." "Pego o notbook e o abro em um site qualquer (de) pornô, e procuro algum vídeo que eu ainda não tinha (tenha) assistido. Como estou no meu quarto sentada..." 5)Falta de vírgula em orações reduzidas de gerúndio com valor aditivo, como em "...que geme alto me deixando..." em vez de "...que geme alto, me deixando..." Sugiro que busque um beta reader para fazer uma correção e análise da história. O trabalho de betagem é de suma importância e em muito poderá acrescer à sua história. Quando sua história estiver devidamente revisada, peço que responda esta mensagem para que uma nova verificação possa ser feita, e caso o Sistema de Verificação do Inkspired já estiver liberado para PWP, sua história será qualificada como "Verificada". Obrigada, e parabéns pela ótima história.
13 de Febrero de 2019 a las 10:50

  • Angie Oliveira Angie Oliveira
    Obrigada, estou a procura de um Beta reader, mas está difícil de achar um que queira fazer betagem de minhas histórias. 14 de Febrero de 2019 a las 11:40
Angie Oliveira Angie Oliveira
Oi pessoal vim aqui explicar porque não vou atualizar a história contos eróticos aqui nesse perfil, pois como sou esquecida acabei fazendo uma outra conta aqui, sendo que eu já tinha uma conta aqui, e havia esquecido disso, e como foi com o mesmo E-mail meu, e como não pode existir duas contas com um mesmo E-mail, acabei perdendo esta conta aqui. Então vou começa a resposta os capítulos no meu outro perfil que foi o primeiro.
19 de Enero de 2019 a las 19:20
~

¿Estás disfrutando la lectura?

¡Hey! Todavía hay 9 otros capítulos en esta historia.
Para seguir leyendo, por favor regístrate o inicia sesión. ¡Gratis!

Ingresa con Facebook Ingresa con Twitter

o usa la forma tradicional de iniciar sesión