Canção da Meia Noite Seguir historia

vica-mendes3200 Diana Borges

Poesia, para Shun de Andrômeda, possuído por Hades, envolto das trevas Luz e Sombras, Vida e Morte


Fanfiction Épico Todo público.

#Shun-de-Andrômeda #cdz #Cavaleiros-do-Zodiáco #saint-seiya #hades #shun
Cuento corto
0
3617 VISITAS
Completado
tiempo de lectura
AA Compartir

unico


 


Quero dizer que te amo

Meu doce amor,

Oh criança perdida

Sucumbir as trevas

Tão nobres és tua alma,

Negra, como a vastidão do universo

Teus olhos esmeralda

Já não tens mais o brilho

Que outrora me embalavam

Tão triste teu sorriso

Sombras de uma tarde perdida

Oh doce criança

Embalada pelo breu do meu

Coração negro,

Tão singelo amor

Perdido, que me deixaste

Em vão, agora erradico

Entre matas e castelos

Ferindo meu pulsante

cantar da meia noite

Entre trevas, encontrar

Minha amada criança

Não pode ser Infante

Talvez adulto de magoas

Caminhar entre mares de correntes

Espinhos d'alma

Em teu desvelo estar

Há uma canção de ninar

Em teu nobre despertar

Criança das trevas

Sob o brilho do luar

Ouça a canção da meia noite

Nesse meu eterno pesar

Declaro a ti meu amor

Entre as sombras do

Meu caminhar

Minha criança enegrecida

Outrora luz a guiar

Verdejante teu olhar

Entorpecido pelo temor

De infame destino arquejar

De flores teu caminho

Tomado, assim como

Meu amor por

Ti fostes almejar

Canção da meia noite

Me ouça te chamar

Cálido és meu amor

Por ti ressoar

29 de Diciembre de 2018 a las 02:07 2 Reporte Insertar 1
Fin

Conoce al autor

Comenta algo

Publica!
MsPhoenix Rafaela MsPhoenix Rafaela
Maravilhoso 🖤
28 de Diciembre de 2018 a las 20:21

  • Diana  Borges Diana Borges
    obrigada, sinto tua falta minha linda 28 de Diciembre de 2018 a las 20:28
~