Cuento corto
3
4554 VISITAS
Completado
tiempo de lectura
AA Compartir

O irmão da minha melhor amiga

Eu sempre fui uma adolescente muito fogosa, meu avô vivia dizendo aos meus pais que eu iria dar trabalho e de fato foi o que aconteceu.Agora com 20 aninhos,negra,cintura fina, coxas grossas e com uma bunda de deixar qualquer marmanjo de queixo caído, mas eu tinha interesse em um só; o irmão da minha melhor amiga de infância, mas como eu ia conseguir dar pro cara que sempre me via como uma pirralha? Em dia qualquer, fui até a casa dela, sem qualquer intenção, pois sabia que ele estava trabalhando, estava deitada no quarto da minha amiga, quando o pai dela a chamou para ir buscar sua avó que chegaria na rodoviária. Ela pediu pra eu esperar lá que ela já voltava, e assim eu fiz. Passaram-se uns 30 minutos e ela ainda não tinha chegado. Estava no meu facebook, dando uma olhadinha no grupo da gina, quando li um conto erótico o que me deixou bem excitada. A porta do quarto do irmão gato da minha amiga estava entreaberta e aquilo me deixou muito curiosa e excitada para eu me masturbar ali deitada no quarto dele, imaginando ele me fodendo ali naquela cama. Entrei, e logo pude sentir o seu delicioso perfume, liguei a televisão coloquei em um canal pornô e comecei a me masturbar pensando nele. ahhh, eu gritava de tesão, os meus mamilos estavam duros, minhas pernas se contorciam e minha respiração estava cada vez mais acelerada, eu sabia exatamente o movimento e a intensidade que eu metia os meus dedos na minha buceta e era tanto prazer que eu não conseguia me manter de olhos abertos. Em um desses vai e vem com os dedos, gozei, nunca havia gozado tão gostoso na minha vida e foi com esse pensamento que eu abri os meus olhos, e puta que pariu que susto eu tomei o dono gato do quarto estava ali, me olhando com um olhar mais safado do mundo e o volume em sua calça esta bem nítido. Sorriu pra mim e falou, você tava tão concentrada ai que nem me ouviu chegar, mais que depressa levantei da cama e pedi desculpas e já ia saindo do quarto quando ele empurrou a porta do quarto a fechando primeiro e me puxando, e encostando minha bunda naquele volume incrível dele, e ali eu ja consegui sentir o quanto ele estava duro, começou a beijar o meu pescoço, descer as mãos pela minha bunda, passou a mão na minha buceta e me encostou na parede.. levantou minha saia, deu um tapa na minha bunda e falou empina pra mim, eu já estava molhada de tesão de novo ali em pé encostada na porta quando ele ficou de joelhos, e passou a línga na minha buceta, puta que pariu Matheus, eu gemi e ai que ele continuou a me chupar, eu estava toda molhada e já não conseguia mais ficar de pé, minhas pernas tremiam, ele percebendo que eu ia gozar parou e me jogou na cama, já tirando aquele pau grande, grosso e bem rosinha pra meter em mim, eu só consegui falar me fode, por favor, depois disso ele colocou em mim com tanto carinho e me beijou, me olhou no olho e começou, ele metia cada vez mais forte, minhas pernas tremiam, meus  olhos reviravam e eu gozei tantas vezes no pau dele, e ele continuava ali metendo, me olhando de um jeito tão gostoso e eu gemendo cada vez mais alto e mais gostoso até que ele falou assim eu não aguento se continuar gemendo gostoso assim eu gozo, eu mordi a boca, sorri olhando pra ele e falei, Matheus goza pra mim, ele respondeu caralho amor, fechou os olhos e gozou dando o gemido mais gostoso do mundo... Me assustei, tonta deitada no quarto da minha amiga sem entender nada, com ele sorrindo de um jeito safado, olhando pra mim e falando tava sonhando tão gostoso que não me ouviu chegar, quando olhei pra mim estava com as pernas abertas, me masturbando dormindo e o volume dele estava lá na calça, que agora diferente do sonho já estava aberta, com ele falando vem cá me chupar, vem pirralha ...

8 de Diciembre de 2018 a las 14:34 0 Reporte Insertar 3
Fin

Conoce al autor

Comenta algo

Publica!
No hay comentarios aún. ¡Conviértete en el primero en decir algo!
~