Love Producer Seguir historia

rakblack Rak Black

Idol Producer. O sonho de todos os trainees da China estava em jogo por quatro meses naquele programa, mas apenas nove entre os 100 poderiam debutar. Mas eles eram mais do que apenas almas apaixonadas por canto, dança e rap. Sendo assim, será que eles conseguiriam administrar seus sentimentos e hormônios em meio à competição?


Fanfiction Bandas/Cantantes Sólo para mayores de 18.

#Zhengting #ChengTin #KunTing #ZhengHao #ZhangJun #ZhangJing #Yanjun #XiaoFan #XiaoGui #QinFen #KunXing #KunTingHao #Justin #FenYue #Fan-ChengCheng #Cai-Xukun #nine-percent #YueYue #BuFan #lay #exo #kpop #c-pop #idol-producer
1
4.1mil VISITAS
Completado
tiempo de lectura
AA Compartir

Primeiras Impressões

NOTAS INICIAIS

Essa fanfic já foi concluída e eu estou apenas passando pra cá ^^

Espero que vocês gostem.

Postarei um capítulo por dia.

Boa leitura.

P.S: A palavra "Gege" significa "irmão mais velho" em chinês. É usada como um pronome de tratamento mais íntimo (quando o garoto mais novo é amigo do mais velho, mas mesmo assim precisa mostrar respeito). O mesmo se aplica quando o nome vem acompanhado apenas de "-ge" (ex: Xingjie-ge).

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Yuehua Entertainment. Berço de artistas como Hangeng e UNIQ, que ganhavam o mundo com suas vozes e danças marcantes. Empresa mais esperada naquele programa, já que muitos tinham acompanhado o fraco desempenho de Justin e de Zhengting no coreano Produce 101.

Mas poucos realmente sabiam qual era a relação dos trainees. E menos pessoas ainda se importavam com o outro lado da moeda ou entendiam que eles eram mais do que máquinas sendo preparadas para o sucesso. Eles eram adolescentes e jovens - no auge da fase mais hormonal de suas vidas – com desejos e paixões com as quais não conseguiam lidar totalmente.

- MingHao, você pode sair do colo do Zhengting, por favor? Eu não sou obrigado a ver vocês se agarrando. – a voz amarga de Fan ChengCheng fez o mais novo de todos ali apenas mostrar a língua, transparecendo o quanto ainda era infantil na maioria de suas ações. – É sério. Daqui a pouco alguém vai entrar aqui e pegar vocês dois assim e eu nem quero ver como vocês vão explicar.

Din Zeren se aproximou de ChengCheng, tentando acalmá-lo, mas a verdade é que sabia que o rapper tinha lá suas razões. O casal – que não era exatamente um casal – ás vezes passava um pouco do limite.

Tudo havia começado no Produce 101. Estar longe de casa, competindo com pessoas de talento superior ao deles e sem muitos fãs para apoiá-los fez com que o líder da Yuehua NEXT e o rapper mais novo se aproximassem cada vez mais para se apoiar. E, é claro, com todos aqueles hormônios adolescentes e descobertas nada castas nos dormitórios do reality coreano, o que era apenas uma amizade acabou virando algo mais intenso. Mas não namoravam de fato. Zhengting não queria um namoro por saber que não conseguia corresponder Justin da forma que o menor gostaria. Não era apaixonado e não podia mentir aquilo, então era sempre muito sincero e acreditava que o outro o entendia muito bem.

- Eu acho tão injusto nós sermos quase os últimos! – Li Quanzhe não era de demonstrar muito seus sentimentos, mas o pequeno hamster estava realmente impaciente com a demora e logo um bico muito fofo se formou em seus lábios. Ele podia não ser o mais novo, mas agia e se parecia como tal. – Eu quero ver quem veio das outras empresas e ver o Cai Xukun também. Ele é tão bonito.

- Ele é mesmo uma celebridade, né? – Zeren se jogou no colo de Quanzhe, que apenas abraçou o mais velho, feliz com o carinho que passou a receber nos cabelos. – Vai ser bem legal ser amigo dele.

- Isso se ele não for um metido, né? Com tantos fãs e tanta fama, ele deve pensar que já ganhou. – Justin fez uma careta só de pensar, mas logo sorriu e voltou sua atenção para Zhengting, que o abraçava carinhosamente pela cintura.

- Não vamos julgá-lo sem conhecer... Melhor esperar pra ver. – o líder apoiou o queixo no ombro do mais novo e sorriu para os demais.

Assim como Quanzhe, estava ansioso para entrar e ver quem seriam seus oponentes. Seriam tão fortes quanto os coreanos? Ele teria chance de se provar daquela vez?

Por outro lado, algo o incomodava em sua relação com Justin. Sentia que o mais novo estava cada vez mais envolvido e não queria que aquilo se estendesse. Mas, como manter as mãos longe? Como deixar seu conforto quando estavam sob tanto estresse e ansiedade?

Ainda abraçado ao corpo esguio, pensava seriamente em deixar o outro livre... Mas poderia esperar mais um pouco, certo?

 

----------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

A primeira vez que entrou naquele cenário, o frio percorreu seu estômago de forma que quase teve que se segurar em seus amigos. Aquilo era grandioso, brilhante e, naquele momento, qualquer dúvida que ainda pairava em sua cabeça em relação á sua escolha de estar ali, se dissipou.

XiaoGui ria ao se lembrar da expressão de seus colegas quando decidira participar do Idol Producer e ainda mais por estar tão animado com a perspectiva de estar entre os 9 vencedores. Ele era um rapper conhecido por ter participado do The Rap of China e não tinha muito o perfil de idol, mas estava disposto a mostrar seus outros lados para o público.

Para sua diversão, todos os trainees que já estavam no estúdio se mostraram embasbacados com o ranking que ele e seus colegas escolheram como inicial. Mas qual era o problema de serem F? O aprendizado nunca terminava em seu ponto de vista, então apenas ignorou e perguntou a Xingjie onde deveriam sentar, acabando na metade daquela pirâmide de cadeiras.

- Ainda falta bastante gente, né? – Yanchen olhava para os lados, como se contasse as cadeiras vazias. – Wow... Aquele é mesmo Qin Fen?

Xingjie revirou os olhos e conteve o riso para o quase ataque de fanboy do outro. Não era estranho ver Yanchen tão animado, mas esperava que o dançarino pudesse se conter um pouco.

- Não faça essa cara, Huba. – XiaoGui não segurou o apelido que Xingjie detestava e se viu feliz por Yanchen estar entre eles. – Não é como se ele fosse te largar só por causa de um cara mais velho... E bonito... E bom rapper... E que já debutou. – ele fez uma pausa dramática, tentando não rir da provocação. – Yanchen, por que você ta com o Xingjie mesmo? – e, dessa vez, riu com gosto da expressão pouco amigável do mais velho ali. Xingjie não era muito dado á brincadeiras, principalmente quando se referia ao namoro com o dançarino, então XiaoGui se divertia ás custas do estresse dele.

- Se ele te bater eu não vou te proteger. Você adora provocar e depois não aguenta. – o dançarino advertiu o rapper, mesmo que o sorriso não saísse de seu rosto. Não se importava com as brincadeiras do mais novo.

Pouco depois foi anunciada a entrada dos trainees da Qin’s entertainment. Todos se levantaram para receber os quatro e XiaoGui sentiu o queixo cair ao observá-los, principalmente o mais alto deles. Como podia ser tão...

- Bonito... – Xingjie o encarou com uma sobrancelha arqueada. – Bonitos. Eles são bonitos. – XiaoGui se corrigiu e continuou falando, tentando escapar do olhar analítico do amigo. – Eles são refinados e elegantes. Até parecem vampiros.

- Se estiver interessado, eu posso te ajudar. – o mais velho implicou, sorrindo por poder se vingar do comentário anterior.

O menor apenas o fuzilou com o olhar, arrancando uma risada nem um pouco contida dos outros dois. Não gostava das constantes implicâncias de Xingjie com sua sexualidade. Qual era o problema de ser o único hétero entre os trainees da empresa? Mas, como tinha provocado, preferiu apenas fazer uma careta e não responder.

Não era como se estivesse consentindo. Ficara calado apenas para não arrumar uma briga boba e desnecessária.

E também, qual era o problema de ter achado o cara bonito? Não era como se fosse cego também.

 

----------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

- Tem lábios desenhados nas camisas deles... É bonito. – Justin apontou para os trainees da OACA e Zhengting acompanhou seu olhar.

- Eu posso te ajudar com isso. – Chengcheng disse, fazendo Justin esconder o pescoço com as mãos. Zhengting olhou para o outro, intrigado com o comentário, mas não deixou aquilo passar.

- Eu não quero marcar meus lábios na sua camisa, mas sim no seu rosto.

O mais novo sentiu a pele queimar e escondeu o rosto com as mãos, não vendo o olhar desapontado de Fan Chengcheng ou o incomodado do líder. Já Zhengting não conseguia deixar de pensar que poderia estar negligenciando algo em seu grupo. Será que...

- Ah, finalmente vai começar a avaliação. – Bi Wenjun soou animado, tomando a atenção pra ele e fazendo o mais velho jogar suas indagações para o fundo de sua mente. Agora era o momento de pensar em seu grupo e ter uma boa colocação naquele começo.

Zhang Yixing podia parecer uma seda com seus fãs, mas seu profissionalismo durante as apresentações dos trainees era assustador. A cada novo grupo que se apresentava, Zhengting se perguntava se era possível alguém pegar um bom ranking, mas Cai Xukun logo fez sua performance e levou o primeiro A dos mentores, seguido de Chen Linong, o cantor fofinho e encantador.

Logo era a vez da Yuehua. Eles ainda repassaram a coreografia antes de entrarem e estavam confiantes. Justin brincou com Linong e a atmosfera parecia até tranquila apesar da pressão que sentiam. Antes de entrarem de volta no cenário, no entanto, Justin chegou perto de Zhengting e deu um beijo em seu rosto, o pegando de surpresa.

- Eu te amo. – o mais novo não esperou resposta, se afastando logo em seguida, sabendo o quão impulsivo tinha sido ao fazer aquilo, mas nem percebendo que sua ação impensada tinha mexido não apenas com seu líder, mas com Fan Changcheng também.

A apresentação não durou muito. Apresentaram EOEO do grupo UNIQ e logo em seguida Zeren e Zhengting fizeram suas apresentações de dança. Chengcheng também tinha algo preparado e todos esperavam ansiosos para sua apresentação de rap, mas...

- Ele esqueceu... Ele esqueceu a letra... – Quanzhe arregalou os olhos e puxou a manga da blusa de Justin, que também não conseguia acreditar no que via. Seu gege tinha ensaiado tanto aquela letra, como era possível que ele tivesse esquecido?

Depois daquilo, os comentários dos mentores apenas serviram para acabar com a autoconfiança do grupo como um todo. Dois deles acabaram no ranking mais baixo, Fan Chengcheng não conseguia segurar as lágrimas no camarim e Zhengting estava desolado enquanto colocava a nota “D” no casaco do rapper.

O líder se sentia culpado. Culpado por ter descuidado de seu grupo para dar mais atenção á seus assuntos pessoais. Culpado por deixar Justin se envolver tanto. Culpado por nunca ter percebido que Chengcheng era apaixonado pelo mais novo...

Precisava consertar as coisas ou nunca se perdoaria.

 

----------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

A classificação de ranking se encerrou apenas na metade da madrugada seguinte. Eram muitos trainees e muito a ser discutido, por isso quando todos foram liberados para conhecerem seus dormitórios a alegria foi generalizada.

Cada ranking tinha uma cor diferente de roupa, mas todo o restante no quarto era igual, inclusive as regras. Logo um staff apareceu para pegar as coisas que não eram necessárias, assim como qualquer coisa que pudesse servir de distração, como celular ou jogos. O programa era mesmo bem rígido.

- XiaoGui, você trouxe a sua caixa de som? – Xingjie perguntou, mexendo em sua mala e parecendo um pouco chateado. – Eu esqueci a minha...

O menor apenas riu, revirando os olhos e estendendo o aparelho para o mais velho.

- Você colocou a sua na mala do Yanchen ontem, não lembra? – ele vestiu a roupa azul do ranking B e se jogou na cama. – Mas não pede pra ele agora porque a gente vai levar bronca por ter colocado coisa nossa na mala dele.

Xingjie concordou e colocou uma música pra tocar, se jogando na cama do amigo em seguida.

Eles eram amigos de longa data e, apesar das constantes provocações, tinham uma grande admiração um pelo outro. Era algo tão forte que Xingjie tinha sofrido muito pra contar ao outro que era bissexual, pois tinha medo dele se afastar e nunca mais falar consigo.

- Posso te perguntar uma coisa? Sem provocação dessa vez. – o mais velho começou, recebendo um arquear de sobrancelhas como resposta. – BuFan... Achou mesmo ele bonito?

- Você disse “sem provocação”. Babaca. – apesar do tamanho, XiaoGui tinha alguma força e a usou pra empurrar Xingjie para o chão.

- Pra que toda essa violência? Eu só to curioso. – a risada do mais velho fez o menor estreitar os olhos. – Você não é de achar homens bonitos e só hoje elogiou ele e o Cai Xukun... – encolhendo os ombros, Xingjie olhou em volta pra ver se não tinha ninguém vindo. – Xukun deixou todo mundo babando mesmo, mas o BuFan? Só você elogiou tanto.

- Ele é bonito, ponto. Nada mais. – encolheu os ombros e virou na cama. – Agora chega desse assunto porque se não eu falo pro Yanchen que você está incluído no “todo mundo ficou babando por Cai Xukun”.

 

----------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

“Todo mundo ficou babando por Cai Xukun”.

Ouvir aquela frase, mesmo que sem querer, fez Lay estreitar os olhos. Não porque achasse algo estranho nela, mas sim por perceber que estava enquadrado no “todo mundo”.

O garoto tinha o dom de chamar a atenção. Ele tinha magnetismo, beleza, carisma e talento. E era sexy demais para a sanidade mental de Lay.

- Entende agora o que eu quero dizer? – perguntou o diretor, que estava verdadeiramente irritado com o teor das conversas gravadas durante aquelas horas.

- Não, eu não entendo o seu descontrole e a vontade de acabar com a carreira deles. – a frieza de Yixing deixou o homem mais velho em silêncio. – Você vai cortar as partes mais explícitas e deixar algumas para servir de fanservice. Não é como se fosse uma surpresa que exista homossexuais no meio da indústria do entretenimento, então pare de agir como um babaca e faça seu trabalho como sempre é feito em qualquer programa. – ele levantou, sem sorrir nenhuma vez. – E, se eu ficar sabendo que qualquer trainee foi destratado por conta de sexualidade, você vai preferir nunca ter me conhecido.

Receber uma ameaça de alguém que sempre é amável com todos fez o diretor apenas concordar. Ele era Zhang Yixing, afinal. Se tentasse algo e fosse exposto, sairia como o vilão e as fãs do idol o massacrariam. Era melhor apenas obedecer.

Lay deixou a sala da produção e caminhou lentamente pelos corredores. Já passava das três da manhã, mas não estava com sono, então resolveu verificar as salas de ensaio.

- Zhang PD... – Cai Xukun se assustou com a entrada repentina do mais velho que o encarou surpreso.

- O que faz aqui? Tem gravação em algumas horas. Deveria estar descansando.

O trainee individual mantinha as roupas da apresentação de horas antes, exceto pelo casaco de pelos que estava jogado próximo ao espelho.

- Me desculpa. – ele se curvou e mordeu o lábio inferior em sinal de nervosismo. – Eu deixei as coisas no dormitório, mas esqueci a senha da minha mala então os meninos foram tomar banho na minha frente e eu acabei vindo andar e achei a sala e...

- Ei, calma... Respira. – Yixing deixou um sorriso escapar e se aproximou do outro, fechando a porta atrás de si. – Eu só fiquei preocupado, não é uma bronca.

Xukun suspirou, aliviado e em seguida sorriu, se sentindo mais leve. Lay retirou o sobretudo que usava e pendurou em uma das barras de ferro em frente ao espelho e começou a se alongar. Já estavam ali mesmo, qual seria o problema de praticar um pouco com o rapper?

- O que está dançando? – a pergunta tirou o foco de Xukun do corpo do PD, que não parecia incomodado ao ser observado. – Sua música?

- Ah, sim... Eu percebi que minha limpeza não é das melhores depois que você falou tanto sobre isso. – ele coçou a nuca, desconcertado.

Lay o encarava com atenção pelo reflexo do espelho e foi encarado de volta quando Xukun decidiu mostrar um dos passos que estava melhorando.

O garoto era sexy demais para seu próprio bem, mas Yixing não desviou o olhar dos movimentos voluptuosos que o corpo bem trabalhado fazia. Ao contrário, se virou de frente para Cai Xukun e se aproximou, colocando ambas as mãos na cintura do outro, que ofegou e travou com o toque.

- Seu quadril... Se você deixar ele um pouco mais baixo, o movimento vai ficar mais bonito. – a voz suave alcançou os ouvidos do trainee, que suspirou e concordou com a cabeça, com medo de abrir a boca e algum som constrangedor escapar.

Alguém bateu na porta, os assustando e fazendo Xukun se afastar em um pulo. Estava ficando louco? Aquele era Zhang Yixing e ele estava apenas ajudando! Não era para ficar pensando qualquer besteira.

- Xukun, o banheiro ta livre e... Oi, Zhang PD! – o intruso era Wang Ziyi, que se mostrou surpreso por ver os dois ali sozinhos.

- Olá, Ziyi. – Yixing não deu maiores satisfações sobre a situação em que se encontravam, mas Xukun sabia que não escaparia das perguntas do amigo.

- O banheiro está livre e conseguiram abrir sua mala... Temos que ir deitar porque as gravações começam em umas cinco horas.

Os trainees se encararam por alguns segundos e Xukun concordou em deixar a sala com o amigo.

- Descansem bem. Nos vemos em algumas horas. – Yixing sorriu ao ver o quão afetado Xukun aparecia estar por sua aproximação anterior, mas deixou que os dois apenas saíssem sem comentar mais nada.

Até porque não estava em uma condição muito diferente para fazer nenhum comentário.

Cai Xukun era um perigo.


Continua...


----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

NOTAS FINAIS

E é isso... 
Ou melhor, e é o começo da jornada kkkkkkk Espero que vcs gostem e, se estiver uma droga, me digam, pq eu tento melhorar. 
Espero que vcs se apaixonem por esses meninos assim como eu me apaixonei. 
Bjs e até o próximo capítulo ^^

7 de Diciembre de 2018 a las 00:02 0 Reporte Insertar 0
Leer el siguiente capítulo Call Me Baby

Comenta algo

Publica!
No hay comentarios aún. ¡Conviértete en el primero en decir algo!
~

¿Estás disfrutando la lectura?

¡Hey! Todavía hay 15 otros capítulos en esta historia.
Para seguir leyendo, por favor regístrate o inicia sesión. ¡Gratis!

Ingresa con Facebook Ingresa con Twitter

o usa la forma tradicional de iniciar sesión