Mansão de Blaker Street 2221 Seguir historia

C
Cleber verse


Essa é uma história curta de um caçador de criaturas malignas e duas garotas meio demônio. Enquanto as duas não tem um motivo muito grande para estar na mansão o Booker está lá para caçar alguns vampiros. Ou seja é apenas mais uma história Clichê!


Cuento No para niños menores de 13.

#Mansão #conto #vampiros
Cuento corto
0
4.8mil VISITAS
Completado
tiempo de lectura
AA Compartir

Mansão de Blaker Street 2221

Booker, um caçador de criaturas malignas, ele estava em seu escritório arrumando suas coisas quando alguém bate na porta do escritório.
- Pode entrar! - Disse o Booker enquanto se sentava na sua cadeira.
Então a pessoa abriu a porta e era a sua secretária.
- Senhor esse envelope chegou e e para você - Disse ela colocando o envelope em cima da mesa.
- Quem mandou? - Perguntou o Booker enquanto observava o envelope.
- O senhor que entregou o envelope só falou que era para o Senhor Booker, e não tem nada escrito no envelope. - Ela disse enquanto se sentava em uma cadeira na frente da mesa.
O Booker abriu o envelope e lá dentro tinha uma carta e uma foto.
- Querem que eu investigue mais uma mansão assombrada. - Diz o Booker amassando e jogando a carta no lixo.
- Onde é essa mansão? - Perguntou a secretária.
- Blaker street 2221... - Responde o Booker.
- E você vai ir naquela região? - Ela perguntou com um pouco preocupada.
- Claro que eu vou! - disse o Booker animado enquanto colocava seu, sobretudo - afinal ta ficando difícil achar algum caso interessante.
- E qual o caso? - Pergunta a secretária, que se levanta também e vai para perto da saída do escritório.
- Problemas com vampiras... - Disse ele pegando seu revolver da gaveta e guardando em seu coldre.
- Vampiras de novo?
- O que não sou eu que controlo as criaturas malignas - Retruca o Booker e sai do escritório...

Enquanto isso em uma casa em outro lugar da cidade está a Ayano, uma jovem garota de cabelos curtos e de cor vermelha bem clara... Ela parece ser uma garota normal, mas não ela na realidade é uma demônio disfarçada! Uma das mais poderosas...

- Yuri acorda! Anda logo precisamos ir naquela mansão assombrada!- Dizia Ayano cutucando sua melhor amiga.
- Eu to com sono, me deixa dormir mais um pouco. - Retrucou a yuri jogando uma magia de gelo que congelando a boca de Ayano.
A Ayano estrala seus dedos criando uma pequena chama em cima deles e à usa para derreter o gelo.
- Se você fizer isso de novo eu te mato! - Falou a Ayano brava.
- Você sabe que eu sou mais poderosa...
- Mais poderosa? A ultima vez que lutamos eu te derrotei te jogando de cima do prédio! - Retruca a Ayano.
- Foi sorte. - A Yuri fala bocejando enquanto se levantava de sua cama.
- Não foi! Foi habilidade minha!
A Ayano caminha para fora do quarto e vai para a sala, logo a Yuri segue ela.
As duas bebem um café, a Yuri assiste o programa preferido dela e a Ayano chama um uber.
Depois de alguns minutos o uber chega e elas saem da casa e entram no carro.
- Nós vamos para este endereço. -Ela fala entregando um papel para o motorista. No papel estava escrito "Blaker street 2221". Alguns minutos depois elas chegam até o destino delas e a Ayano faz uma magia negra para apagar a mente do motorista e as duas saem do carro.
- Porque você fez isso com o motorista? - Pergunta a Yuri.
- Para não ter que pagar a viajem. Esqueceu-se que estamos ser dinheiro?
- Ok, até que faz sentido... - A Yuri responde um pouco preocupado com o motorista.
As duas caminham para a entrada da mansão.
- Ayano porque você quer tanto voltar para o inferno? Tipo aqui tem quase todas as coisas que tem no inferno.
- Eu não posso revelar meu motivo... E eu sei que você só ta querendo ficar aqui porque ta gostando daquele humano.
- Sim é só por isso mesmo! O Nick é um cara legal, não sei por que você o odeia, até parece que você tem ciúmes. - Retruca a Yuri.
- Eu não tenho ciúmes, ele só parece não gostar muito de mim...
- Como ele iria gostar de você tacou fogo no casaco dele àquela vez?
- O que!? Eu só fiz isso porque ele me assustou... - Disse a Ayano enquanto ela abria a porta da mansão.
- Sei... E aquela vez que você tacou fogo na moto dele?
- Eu só fiz isso porque achei que ele tava te seqüestrando. - Responde a Ayano um pouco envergonhada.
- É mais fácil eu seqüestrar ele do que ele me seqüestrar...
As duas entram na mansão e ficam na sala principal que tem um sofá bem grande e uma escada para o segundo andar.
- Esse lugar deve ta abandonado a quanto tempo? - Pergunta a Yuri.
- Sei lá - Responde a Ayano que começa a observar alguns objetos. -Que estranho parecem ser coisas de ocultismo. - Comenta a a Ayano pegando uma pequena estátua de uma criatura humanóide com tentáculos.
- Bizarro... - Diz a Yuri que se aproximou por trás da Ayano. - Parece uma coisa que eu vi em um hentai...
- Yuri essa não é a hora de se lembrar de hentais. - Retruca a Ayano jogando a estátua no chão.
A Yuri se senta no sofá enquanto a Ayano começa a andar em volta da sala e encontram duas portas, a primeira porta leva para a cozinha. Depois ela abre a segunda que leva para o banheiro que está bem bagunçado e sujo.
- Credo. Numca que eu vou entrar aí - A Ayano reclama fechando a porta. - acho que vou para a cozinha então... 
- Vai logo Ayano! -A yuri grita de longe lá no sofá.
- Não me apressa Yuri. Eu só to explorando. - A Ayano fala enquanto entra na cozinha e fechava a porta.
A garota anda desviando dos pratos e das panelas que estavam jogadas na cozinba.
- Porque esse lugar tá tão bagunçado?
Ela continua até chegar perto de um armário com duas portas, ela tenta abrir ele, mas não consegue.
- Poxa fiquei curiosa... O que será que tem ai? - Diz ela pegando uma barra de ferro.
A garota começa a bater na porta do armário na intenção de arrebentar ela e abrir, mas nada acontece e quando ela para ela escuta um grito vindo da sala seguido de um som de tiro.
- YURI!? - A Ayano grita preocupado com a amiga e sai correndo até a sala.
Quando ela chega lá a Yuri não está lá e só tem uma vampira caída no chão e um homem com um, sobretudo segurando um revólver de prata.
- Quem é você!? E o que você fez com minha amiga!? - Grita a Ayano se preparando para atirar uma bola de fogo no homem.
- Essa vampira era sua amiga? - Pergunta o homem que se vira rapidamente apontando o revolver para a Ayano.
- Não, minha amiga é uma garota de cabelos azuis.
- Eu não vi nenhuma garota de cabelos azuis por aqui. - Diz o Booker ainda apontando o revolver para ela. - Mas quem é você senhorita?
- Meu nome é Ayano... - Responde a Ayano desconfiada. - E você quem é? E porque está aqui?
- Meu nome é Booker, eu sou um caçador de criaturas malignas e eu recebi uma noticia que tem muitas vampiras aqui. - Responde o Booker guardando o revolver dele.
- E qual seu critério para ser uma criatura maligna? - Pergunta a Ayano, apagando o fogo que estava em suas mãos que ela usaria para atacar o Booker.
- Eu estava quase te considerando uma, mas você apagou sua magia de fogo, e por ter magia de fogo sem precisar fazer um circulo magico eu imagino que você é uma demônio. - Diz o Booker.
- Sim. E eu deveria te matar, mas você pode ser util para me ajudar a encontrar minha amiga. - Diz a Ayano se aproximando lentamente do Booker.
- Porque eu te ajudaria? - Pergunta o Booker.
- Por causa disso! - A Ayano com um movimento rápido vai para trás do Booker e usa uma magia proibida para roubar a alma a alma dele, mas nada acontece.
- O que!? - A Ayano se pergunta confusa.
- Eu perdi minha alma a muito tempo atrás - Fala o Booker de virando tentando acertar a Ayano com uma adaga.
- Quem roubou sua alma? - Pergunta a Ayano enquanto ela dava um mortal para desviar da adaga.
- Não te interessa demônio!
Então o Booker corre para perto dela e acerta um soco no rosto dela a nocauteado e derrubando ela no sofá.
- Essa foi a luta mais fácil da minha vida. -Diz o Booker guardando sua adaga enquanto caminhava para perto da escada principal.
No segundo andar na biblioteca da mansão estava a Yuri lutando contra duas vampiras.
- Parem, por favor! Vocês numca vão conseguir   frente a frente com o Booker.
- Seu nome é Yuri? - Pergunta o Booker
- Sim. - Responde a Yuri ainda assustada.
- Sua amiga estava te procurando. - Diz o Booker caminhando para perto das estantes de livros.
- Onde ela está? - Pergunta a Yuri caminhando para perto da saída da biblioteca.
- Ela está desmaiada no sofá, mas foi porque ela...
- Tentou roubar sua alma? - A Yuri fala interrompendo o Booker.
- Sim, então ela sempre faz isso? 
- Ela faz isso o tempo todo - Diz a Yuri saindo da biblioteca.
O Booker investiga a biblioteca caminhando pelas estantes cheias de livros, quando ele escuta alguns sussurros, ele segue passando por um dos corredores onde o tema dos livros era ocultismo.
O Booker chega perto de uma estante com vários livros em várias línguas sobre vampiros.
- Estranho os sussurros parecem vir de trás dessa estante. - o Booker fala se aproximando e percebendo que um livro parecia estar no lugar errado. - Estranho.
Ele puxa o livro e escuta um barulho de clique, então a estrante começa a abaixar revelando uma passagem secreta, o Booker entra na passagem e caminha pelo corredor até chegar em uma sala em que tem várias pessoas encapuzadas falando em uma língua estranha, e aproveitando que essas pessoas ainda não o perceberam o Booker se esconde atrás de umas caixas.
- Irmãs essa noite nós vamos reviver o nosso poderoso mestre Dracula!
O Booker se levanta um pouco de trás das caixas para ver quem falou e percebe que foi uma pessoa com uma máscara e capuz. "Eu deveria impedir eles agora?" Pensa o booker quando uma luz forte vem de perto da pessoa mascarada e tudo começa a tremer. Então rapidamente o Booker se levanta começa a atirar em todos que estavam lá.
- Quem é você!? - Diz a pessoa mascarada que estava caída no chão.
- Não te interessa cultista. - Responde o Booker recarregando sua arma. 
- Se me matar essa mansão explode! - Grita a pessoa mascarada em um tom de ameaça, e se arrasta para perto da janela.
- E como você vai exolodir essa mansão? -Pergunta o Booker.
-Assim... - O cultista iria tentou falar, mas foi impedido pelo Booker que deu um tiro nele.
- Vilões sempre tentando contar seu plano maligno antes de matar o herói. - Diz o Booker caminhando para fora dessa sala. - E espero que isso tenha resolvido o problema com vampiros nessa mansão.
Em um corredor do outro lado da mansão a Yuri e a Ayano estão caminhando. Elas caminham até chegar em uma porta.
- Essa é a única porta que achamos desde que entramos nesse corredor. - Diz a Yuri.
- Vamos entrar nela! - A Ayano fala girando a maçaneta e abrindo a porta.
As duas passam pela porta e lá dentro é uma sala toda fechada com apenas um relógio daqueles antigos e uma alavanca.
- Que estranho... - Diz a Yuri caminhando para perto do relógio. - Ele parou em meia noite certinho!
- Como você sabe que e meia noite? E se tiver parado meio dia? - A Ayano fala enquanto chega perto da alavanca.
- Você vai puxar essa alavanca? Claro que vai porque eu ainda pergunto?
Então a Ayano colocou a mão na alavanca e puxou ela, porém a alavanca quebrou e um portal roxo se abriu e começou a puxar as duas.
- Ayano que merda você fez!?!? - A Yuri grita se segurando no relógio para não ser puxada.
- Eu puxei a alavanca ué! Eu não pensei que isso ia acontecer! - Ayano responde quase dentro do portal.
- Puxa a alavanca de volta então!-A Yuri grita desesperada
- Não dá Yuri a alavanca quebrou! - A Ayano fala com quase todo o corpo dentro do portal.
- Eu vou te matar Ayano! - A Yuri grita e acaba sendo puxada e cai em cima da Ayano fazendo as duas passarem pelo portal.
Porém o portal continuou puxando qualquer coisa junto com o relógio e começou a puxar tudo, puxando toda a mansão. O Booker estava saindo da biblioteca quando ele viu um vampiro parado no meio do corredor. 
- Poxa eu achei que já tinham acabados todos desses vampiros - Diz o Booker pegando sua arma e se preparando para atirar no vampiro.
E o vampiro começou a correr na direção do Booker para matá-lo quando de repente a parede da direita do corredor foi destruida mostrando o portal.
- O que é isso? - disse o Booker que começou a ser puxado pelo portal. 
O vampiro tentou fugir da mansão, mas acabou sendo puxado pelo portal e o Booker também tentou fazer o mesmo, mas ele acabou sendo puxado e atravessando o portal.

 

26 de Noviembre de 2018 a las 02:19 0 Reporte Insertar 0
Fin

Conoce al autor

Comenta algo

Publica!
No hay comentarios aún. ¡Conviértete en el primero en decir algo!
~