As Histórias Contadas Pelas Estrelas Seguir historia

carryeol Sam Park

“Os pequenos pontos de luz que piscam no céu à noite podem parecer iguais à primeira vista. Há milhares de anos, os primeiros astrônomos dividiram as estrelas em grupos e desenharam, ao redor delas, figuras imaginárias fáceis de lembrar – um escorpião ou um urso. Foi assim que nasceu o sistema de constelações como o conhecemos hoje. Mas as estrelas em uma constelação, na verdade, estão muito distantes umas das outras. Elas parecem formar esses grupos apenas quando vistas aqui da Terra. ” - Anônimo.


Fanfiction Todo público.

#yaoi #one-shot #bts #yoongi #hoseok #au #fluffy #yoonseok
Cuento corto
1
4669 VISITAS
Completado
tiempo de lectura
AA Compartir

Capítulo Único


 


– Hyung, vem cá, rápido – pediu Hoseok, sentado na varanda.

– Agora não, eu estou descansando – Yoongi respondeu, deitado na cama de olhos fechados.

– Por favor – pediu manhoso. – Eu quero te mostrar uma coisa.


Yoongi se sentou na cama, abrindo os olhos. Esperou alguns segundos para se acostumar com o local escuro e foi até a varanda.


– Que foi? – perguntou sonolento, coçando os olhos.

– Senta aqui – deu algumas batidinhas no chão ao seu lado.

– Pronto – se sentou.

– Olhe ali – apontou para o céu.


Olhou para cima, vendo apenas o céu escuro com algumas estrelas.


– O quê que tem?

– Você não está vendo? – encarou o mais velho.


Olhou para cima mais uma vez, enxergando a mesma coisa.


– Estou vendo o céu. O que tem ele?

– Você é um idiota, hyung – revirou os olhos. – São as estrelas!

– Ah... era isso o que você tinha para me mostrar? – ouviu o mais novo bufar ao seu lado.


Ficaram em silêncio. Hoseok encarando as estrelas e Yoongi... Bom, Yoongi estava perdido em pensamentos, como sempre.


– Você sabia que – começou o de cabelos castanhos, atraindo a atenção do outro. – as estrelas, junto com o universo, formam várias histórias?

– Como assim? – franziu a testa, em sinal de confusão.

– Eu acredito que as estrelas são pessoas que já viveram aqui na Terra e elas estão ali no céu para nos contar as suas histórias e nos ensinar lições.


Ficaram em silêncio mais uma vez.


– As estrelas parecem estar uma do lado da outra, mas elas na verdade estão distantes. Isso mostra que, cada um tem uma história de vida diferente, mas juntas elas formam uma só.

– Tipo um casal?

– Tipo um casal – afirmou, balançando a cabeça positivamente.

– E você acredita nisso?

– Claro que sim – olhou para Yoongi. – E você, acredita nisso?


Encarou o céu acima, as estrelas brilhando. Pegou a mão de seu namorado, entrelaçando com a sua, e fechou os olhos, sentindo a brisa de leve em seu rosto. Apesar de que tudo o que Hoseok disse parecer uma história boba, sentiu um pequeno aperto no coração, e viu que, realmente, fazia sentido. Todas noites que estava sozinho, ele não se sentia sozinho de verdade, e agora sabia o porquê.


Sorriu pequeno e olhou para o mais novo.


– Sim – deixou um selar nos lábios de seu amado. – Quando nos tornarmos estrelas, iremos contar nossa história para os outros poderem ver e apreciar.

– E como sabe que estaremos juntos até lá?

– Apenas sabendo. Não subestime meus conhecimentos, pequeno gafanhoto – Hoseok soltou uma gargalhada gostosa.

– Tudo bem, mestre supremo dos conhecimentos do futuro.

– Sou mesmo.


Os dois riram juntos, olhando nos olhos um do outro com apenas as estrelas como iluminação.


– Eu te amo – disse Yoongi.

– Eu também te amo – respondeu o mais novo com um sorriso no rosto.


Os dois se aproximaram e selaram os seus lábios. Ficaram um tempo neste beijo cheio de sentimentos, quando Yoongi levou sua mão livre até o maxilar do outro, pedindo passagem para aprofundar o ósculo. Hoseok entreabriu os lábios, deixando a língua do outro deslizar suavemente pela sua boca. O beijo continuou lento, e Yoongi separou as mãos entrelaçadas, segurando na cintura do outro, levemente o puxando. Hoseok entendeu o recado e sentou no colo de seu namorado, em momento algum separando as bocas.


 Passaram mais um tempo neste beijo, apenas sentindo um ao outro. Quando não conseguiam mais prender a respiração, se separaram ofegantes com Yoongi dando leves selares na boca do outro, falando algo a cada selinho.


“Eu te amo.”

“Eu amo seu sorriso.”

“Eu amo o seu corpo.”

“Eu amo você do jeito que é.”


Hoseok só conseguia rir, as bochechas vermelhas por ouvir tantos elogios vindo de Yoongi – o que raramente acontecia.


– Finalmente você deu jus ao apelido Suga – sorriu brincalhão.

– Eu posso ser doce a hora que eu quiser, mas eu só mostro esse lado para quem merece.

– Então só eu mereço, porque nunca vi você ser doce com ninguém – riu da carranca que o mais velho fez.

– Sabia que quieto você fica mais bonito?

– E sabia que me beijando eu gosto mais de você?


E assim os dois passaram a noite. Juntos, aos beijos, com as estrelas os observando.


 E os dois sabiam que um dia seriam eles ali no céu, contando as suas histórias, iluminando a noite de muitas pessoas.

1 de Noviembre de 2018 a las 01:04 0 Reporte Insertar 1
Fin

Conoce al autor

Sam Park • frustra laborat qui omnibus placere studet •

Comenta algo

Publica!
No hay comentarios aún. ¡Conviértete en el primero en decir algo!
~