Moço da cafeteria Seguir historia

dramaqueensz Geovanna Sousa

As vezes a vida pode ser engraçada né? É incrível a maneira que ela une as pessoas de uma forma meio... diferente. Sakura foi a prova disso, quem diria que ela acabaria se apaixonando pelo moço da cafeteria?


Fanfiction Anime/Manga No para niños menores de 13.

#sasusaku
0
4.5mil VISITAS
En progreso - Nuevo capítulo Cada 10 días
tiempo de lectura
AA Compartir

Hyuugas em cena

Depois de um dia cansativo na faculdade, tudo o que Sakura queria no momento era se sentar naquela cafeteria e tomar seu precioso cafézinho. A cafeteria "Meu querido café" é uma das melhores cafeterias da cidade, e a preferida de Sakura. O dono dela é mega educado e super gentil, assim como todos que trabalham lá.

Como de costume, Sakura foi até a cafeteria e acabou encontrando o Naruto, seu melhor amigo. A rosada logo se senta ao lado dele e eles passaram várias horas conversando sobre coisas aleatórias que fez ambos perderem a noção do tempo. Ao anoitecer Sakura dirigiu-se para seu apartamento, aliás dela não, já que ela divide o lugar com a Ino e a Tenten.



- Aí Sakura até que fim! - Ino disse ao ver sua amiga.


- Aconteceu alguma coisa? - Sakura questionou.


- Meu amor aconteceu tudo. É babado atrás de babado. - Tenten disse, fazendo Sakura ficar cada vez mais curiosa.


- O que vocês estão esperando pra começarem a me contar?


- Ino você começa! - Tenten falou.


- Tá bom, Sakura você conhece a família Hyuuga né?


- Quem não conhece Ino? A família mais famosa de Los Angeles.


- Pois é, dois membros dessa família vão começar a frequentar a faculdade.


- Meu santo São Francisco! Sério? Vocês já sabem quem são?


- Uma é filha do chefão, e parece que o primo dela é o outro Hyuuga que vai vim. - Ino falou.


- E pense em um priminho gato que essa Hyuuga tem, eu olhei o Facebook dele, ele é um deus grego minha amiga. - Tenten diz com um olhar malicioso.


- Vai que é tua Tenten, pega o Hyuuga delícia e mostra pra todo mundo que você não é São Jorge pra pegar só dragão. - A rosada diz risonha.


- Por favor, nem me lembre. - Tenten falou.


- O Lee deu foi sorte de você ter aceitado namorar com ele. - Ino falou já chorando de tanto rir.


- Realmente. - A Haruno diz rindo da cara da Tenten, que com toda certeza se arrepende amargamente de ter ficado com o Lee.


- Aí gente, preciso arrumar um homem pra mim, tenho que quietar, essa vida de solteira não é pra mim. - Tenten falou.


- Volta com o Lee. - Sakura e Ino falaram em uníssono e logo após começaram a rir.


- Aaa não! O Lee não!


- Ainda bem que já arrumei meu homem. - Ino diz toda boba.


- É Tenten, acho que vamos ficar pra titia.


- Tá parecendo, mas não vamos desistir! Se tá demorando é por que a vida tá caprichando nos nossos boys! - Tenten diz.


- Com certeza. - A rosada diz por fim.


Logo após dessa breve conversa, elas foram comer na sanduicheira do pai do Chouji, e o Chouji estava lá comendo como sempre, com certeza ele é o melhor cliente do pai dele.

Quando as meninas voltaram para o ap., elas resolveram assistir um filme já que todas estavam sem sono, praticamente viraram a noite assistindo e isso significa que no dia seguinte vão estar acabadas.

[...]

- Tenten, cadê minha base pela amor de Cristo! - Ino diz procurando desesperadamente sua base nas suas coisas.


- Acho que está na gaveta do meio. - Tenten respondeu.


- Meu Deus, tenho que achar minha base, essas olheiras estão monstruosas.


- Não estão mais que as minhas, isso eu te garanto. - Sakura diz passando um corretivo nas olheiras para depois passar a base.


- ACHEI! - Ino berra ao encontrar a base.


- Pois passe logo isso na sua cara por que tá quase na hora de irmos pra faculdade. - Tenten falou pegando sua bolsa.


- Aí gente, espera só um pouquinho aí! - Ino falou passando a base em uma velocidade extraordinária. - Pronto! Tô linda.


- Super linda! Gaara vai amar essa sua cara. - Sakura diz risonha e a Tenten caiu na gargalhada.


- A Saky tá certa, coitado, reze para que ele falte hoje pra evitar ver essa sua cara de zumbi. - Tenten diz zombando da cara da Ino.


- Vacas. - Ino responde pegando sua bolsa. - Vamos!


Elas estavam indo para a faculdade e passaram em frente á cafeteria, Sakura diz para as meninas irem na frente porque ela iria comprar um café. A cafeteria estava cheia, e a rosada foi direto no balcão para fazer o seu pedido, ela se assustou ao deparar com um funcionário novo de lá, não por ele ser feio ou coisa do tipo, porque geralmente ela sabe de tudo que acontece naquele lugar, e esse novato era novidade para ela.


- É... Um expresso bem forte por favor. - Pediu. - É pra viagem. - O rapaz de olhos escuros nada respondeu, só confirmou com a cabeça.

- R$ 4,50. - Ele disse colocando o café em cima do balcão. A menina de cabelos rosados pagou seu expresso e saiu correndo para ir até a faculdade.

Quando entrou em sua sala seu professor não havia chegado ainda, ela se sentou no fundo ao lado da prima do Naruto, a Karin, ela era uma das melhores amigas de Sakura, meio louca mas gente boa.


- Quase não chega né rosinha? - Karin diz lixando suas enormes unhas.


- Bom dia pra você também ruiva.


- Deixa eu adivinhar, chegou atrasada por que foi comprar café?


- Claro! Sem café eu não funciono.


- Isso é vício, sai dessa vida menina. - Karin diz fazendo um sinal da cruz com as mãos.


- Me erra Karin! - A Haruno revira os olhos e começa tomar seu expresso.

- Ficou sabendo que dois membros da família Hyuuga vão estudar aqui?


- Sim, Ino e Tenten me contaram.


- Ave Maria , aquelas duas são o jornal da faculdade, elas sabem de tudo. - Karin diz.


- Claro, Ino namora o Gaara que é representante de todas as turmas do 1° semestre da faculdade, ele sabe de tudo que ocorre nesse prédio e se ele sabe de algo, a Ino também sabe.


- Realmente, preciso namorar um representante das turmas para eu ficar informada das coisas, sou sempre a última a saber.


- Somos duas então.


Logo o professor chegou e começou a passar a matéria, Sakura estava desligada , não estava prestando atenção em nada, ela ficou desenhando até que a diretora entrou na sala.

- Bom dia.


- Bom dia senhora Tsunade. - Todos falaram em uníssono.


- Então gente, essa aqui é a aluna nova, Hinata Hyuuga, espero que ela seja bem recebida aqui no curso de medicina estão me ouvindo?


Depois desse pronunciamento da Tsunade, a Hyuuga se sentou na frente da Karin, todos os olhares da sala estavam nela e a coitada estava quase roxa de tanta vergonha.


- Sakura Haruno, prazer te conhecer.


- O pra... pra...prazer é to...todo meeeu. - A Hyuuga diz.


- Então essa é a famosa filha do Senhor Hiashi. - Karin diz e a Hyuuga fica mais envergonhada.


- Karin! - Sakura reeprende a amiga.


- Ops, desculpa, seja bem vinda! - A ruiva diz.


- Obri...obrigada. - A Hyuuga diz meio sem graça e gaguejando.


A conversa encerrou ali, logo elas voltaram a prestar atenção na aula, pelo menos a Karin e a Hinata sim, Sakura estava com tanto sono que não consiga pensar direito. Depois de uma longa hora, o professor liberou a turma.



- Ei Hinata! - A Haruno chamou a morena de olhos claros.


- Sa...Sakura!


- Você quer ir na cafeteria hoje depois das aulas? Acho que será uma boa oportunidade de você se enturmar.


- Pode ser. - A Hinata diz sorridente e pela primeira vez, ela não gagueja.


- Ok então! Depois das aulas a gente se encontra tá bom?


- Tá bom então Sakura.


Ao longo do dia a rosada estava em uma missão de permanecer acordada, mas falhou miseravelmente nas três últimas aulas. Sono 1 X Sakura 0.


Ela foi acordada pela Hinata, Sakura nem havia percebido que estava junta com a Hyuuga na aula de biologia, foi o sono.


- Aí meu São Francisco de Assis quanto tempo eu dormi? - Ela diz desesperada.


- Três aulas. - Hinata responde naturalmente


- TRÊS AULAS?! - Berrou a rosada. - Oh meu senhor, deveria ter comprado mais café! Por que eu fui inventar de beber suco de maracujá no intervalo? - Sakura diz revoltada.


- Calma Sakura, isso acontece. - Hinata falou, e novamente ela não gaguejou.


- É... verdade. Bom, vamos? Acho que as meninas já estão na cafeteria.


- Vai ter muita gente lá?


- Depende. Mas não se preocupe, todas as pessoas de lá são maravilhosas. - A Haruno falou tentando acalmar a Hyuuga.


Então as duas saíram da faculdade para irem até a cafeteria, no caminho elas foram conversando e a Hinata foi perdendo cada vez mais sua timidez, com certeza ela e Sakura serão ótimas amigas.

[...]

- Rosinha, tia peituda! Até que fim vocês chegaram. - Karin diz ao ver as duas se aproximando


- Eu acabei dormindo demais. - Sakura diz forçando um sorriso.


- Eu compartilho da mesma dor Sakura. - Tenten diz. - Dormi duas aulas seguidas! Duas aulas minha gente!


- Só duas Tenten? E eu que dormi três? - Sakura falou se sentando ao lado da Karin e Hinata senta ao seu lado.


- Grande diferença em Sakura! Duas aulas para três é uma diferença gritante, meu Deus! - Tenten diz irônica.


- Vocês são fracas demais, eu não dormi nenhuma aula. - Ino falou toda convencida.


- Não foi isso que eu vi na segunda aula Ino. - Temari aparece e senta ao lado da loira.


- Pelo visto a madame dormiu também. - a ruiva diz rindo. - Vocês são uma vergonha para a humanidade.


- Cala a boca Karin, você é a pior daqui. - Tenten falou.


- Todas são terríveis,suas sementes do mal. Eu e a Hinata somos as mais quietas. - Sakura diz e Hinata ficou levemente corada.


- As mais quietas são as piores. - Temari diz com um olhar malicioso.


- Realmente tenho que concorda com a Temari, as santinhas são as mais danadas. - Tenten diz rindo maliciosamente.


- A Hinata deve ser a pior de todas nós já que ela é a mais quieta. - Ino diz rindo.


- Na...nada haver ge...gente. - A morena gaguejou um pouco.


- Hinata você é a novata da turma de medicina do primeiro semestre né? - Temari perguntou.


- Si...sim.


- Você é a Hyuuga? - Ino e Tenten perguntaram em uníssono.


- Em carne e osso, vocês nunca viram um Hyuuga não? Os olhos claros dos Hyuugas são a marca registrada deles. - Karin falou, ela parece conhecer bastante sobre os Hyuugas.


- Então você é prima no Neji... - Tenten diz pensativa.

- Somos qua...quase irmãos. - A morena diz.


- Me diz que ele não namora, por favor Hinatinha, fala que ele não namora. - Tenten falou desesperada... Eu ein.


- Ele não namora... Tenten né?


- Isso mesmo, Tenten Mitsashi, sua futura cunhada. - A morena louca falou.


- Sonhaaaar nunca desistir, ter fééé por que fácil não é e nem vai ser. - Temari e Karin cantarolaram. Hinata deu uma risadinha marota, bom, ela conseguiu se enturmar com as meninas, mas quem não consegue? Essas loucas fazem até o diabo virar amigo delas.


Sakura estava focada em um certo moreno que viu hoje de manhã, ela tentava disfarçar para que suas amigas não perceberem, infelizmente, ela falhou em sua pequena missão.



- Sakura tá de olho no garçom novo é? - Ino falou risonha.


- O moreno bonitinho? Até eu tô de olho. - Tenten falou.


- Mas você não queria ficar com o primo da Hinata? - Karin questionou.


- Se com ele não der certo é bom a gente ter sempre a segunda opção!


- É vadia mesmo. - Karin diz. - Mas se parar pra reparar, esse garçonzinho é gatinho.


- Tá gente para de olhar ele vai perceber. - Sakura diz sem graça.


- Calma, você falou errado Sakura, você tinha que ter falado: " Tá gente para de olhar porque eu tô com ciúmes." - Temari diz tentando imitar a voz da rosada, só tentando mesmo.


- Aff, nada haver. - Sakura retruca.


- A Saky já ama esse lugar, agora com esse boy delícia ela não vai para de vim aqui. - Ino disse.


- Verdade, falando no garçom, alguém chama ele. - Karin disse.


- Que? - Sakura quase gritou. Mas ela tem todo direito de ficar preocupada, essas amigas dela são loucas, e a Haruno sabe muito bem disso, aliás, todas tem um parafuso a menos na cabeça.


- Calma rosinha, vamos só fazer nossos pedidos. - Karin disse com um sorriso diabólico.


- E eu sou o papai Noel. - Sakura responde revirando os olhos.

- A vagabunda, se você é o papai Noel você me deve uma lista gigantesca de presentes. - Bom, já perceberam que a Tenten é doida?


- Engraçada você em Tenten! Desisti de fazer engenharia e vira comediante. - Sakura diz irônica.


- Vai passa fome coitada. - Temari diz e todas da mesa começaram a ri.


- Chamaram? - Uma voz grossa e rouca falou fazendo todas as meninas pararem de ri. Sakura gelou até a alma quando viu que o dono daquela voz, era o garçom novato bonitinho. Karin dá um olhar malicioso para a rosada e volta sua atenção pro moreno.


- Quero um cappuccino com muito chantilly. - A ruiva diz. - Meninas? O que vão pedir?


- Quero um cupcake e um café com leite. - Ino diz.


- Quero o mesmo que a ruiva. - Temari fala.


- É... eu quero...um cappuccino com um bolo. - Hinata falou.


- Quero um expresso da casa, você vem de brinde amorzinho? - Tenten diz, o rapaz apenas anotou o pedido dela ignorando suas loucuras.


- Saky, vai querer o que? - Karin fala tirando a rosada de seus pensamentos.


- É... um café bem doce. - A rosada diz mais nervosa do que a Hinata.


- Dois cappuccino com muito chantilly, um cupcake e um café com leite, um cappuccino com bolo, um expresso da casa e um café doce. Mas alguma coisa? - O rapaz diz.


- Só isso moço. - Sakura diz querendo que ele saísse logo dali.


- Que nervosismo é esse rosinha? - A ruiva pergunta.


- É que eu conheço as amigas que tenho. - A rosada responde ríspida.


- Ora, não fizemos nada de mais. - Ino diz dando uma risadinha.


- Não fizeram mais tenho certeza que pensaram.


- Saky, Saky, Saky, como podes pensar isso de nós? Os anjos abençoados de suas amigas? - A morena louca diz.


- De anjo vocês não tem nada, sementes do mal. - Sakura diz.


- Ei, assim a Hinatinha vai pensar que somos demônias. - Temari diz.


- É bom ela saber agora. Ela tem que acostumar com as amigas que ela vai ter. - A rosada diz.

- Hinata, você acha que somos esses seres cruéis que a Saky está dizendo que somos? - Temari pergunta a Hyuuga.


- Até agora vocês... vocês estão sendo bem legais. - Hina falou.


- Se a Hinata falou tá falado! - Ino berra. O povinho escandaloso.


- São cinco contra uma Sakurazinha. Hehehe. - Karin diz.


- Vocês não prestam mesmo. - a Haruno diz dando uma leve risada.


- Aceita que dói menos, somos um amorzinho de pessoas. - Ino diz.


- Tá bom, tá bom, vocês venceram. - A rosada se rendeu.


- O pedido de vocês. - O moreno diz colocando a bandeja com os pedidos delas na mesa.


- Obrigado lindinho! - Tenten diz.


- Oferecida. - Sakura revira os olhos e bufa. A intenção da Sakura era ter falado baixo, só para ela mesma,mas isso foi algo que acabou não ocorrendo.


- Ciumenta. Cuidado, se não pego seu boy . - A Mitsashi diz dando um gole em seu expresso.


- Ele não é meu boy que coisa! Eu só achei ele bonitinho, assim como todas vocês. - Sakura diz pegando seu café sem se dar conta das suas palavras.


- Eu ainda estou aqui. - O moreno diz e Sakura quase muda de cor de tanta vergonha que ela sentia agora. Depois que ele terminou de servi todas, Sakura pode respirar normalmente depois que ele saiu.


- Andar com vocês é pedir pra passar vergonha. - A rosada diz dando mais um gole em seu café.


- Se não for pra passar vergonha nas minhas amigas eu nem saiu de casa bebê. - Tenten falou.


- RT da fala da Tenten. - Temari diz.


- Sakura, já era pra você está acostumada. - Ino diz.


- Ainda não me acostumei com as loucuras de vocês.


- Pois trate de se acostumar meu amor, por que pretendemos piorar. - A ruiva falou.


- Acho que preciso me acostumar com tudo isso também. - Hinata diz meio sem graça.


- Relaxa Hina, você logo acostuma, a Sakura já é acostumada só tá fazendo drama. - Tenten diz.


- Tsc. - Sakura resmungou. Elas podiam ser loucas e escandalosas, mas Sakura amava cada uma delas.


[...]

Sakura, Ino e Tenten voltaram para seu apartamento, Sakura começou a fazer seu trabalho de biologia, graças a Hinata ela está fazendo esse trabalho, pois se não fosse por ela, Sakura nem iria saber a existência dele.


Quando ela começou a digitar seu trabalho, suas amadas amigas começaram a dançar no Just Dance que havia na Tv delas, e estavam fazendo muito barulho, o barulho era tanto que Sakura não conseguia se concentrar no seu trabalho, então ela resolveu pegar suas coisa e ir para á cafeteria já que quando algo do tipo acontece, lá era o refúgio dela.


Quando chegou lá, ela foi direto para o sofá que havia no local, quando ela se sentou e abriu seu notebook o moreno de mais cedo veio em sua direção.


- Quer alguma coisa? - Ele perguntou


- É... um café doce por favor. - Sakura responde.


Depois de alguns minutos o moreno volta e entrega o café para a rosada, ela ficava se perguntando se ele achava que ela era louca que nem suas amigas, o pior é que ela era meio doidinha, mas não no nível da Karin ou até mesmo da Tenten , logo ela expulsou esses pensamentos de sua cabeça e começou seu trabalho.

...


Já eram 19:30 da noite, Sakura perdeu totalmente a noção do tempo, estava tão focada em terminar logo aquele maldito trabalho que nem se deu conta que as horas passavam como minutos. Quando chegou em casa, suas duas amigas estavam mexendo em seus respectivos notebooks totalmente focadas.



- Aonde a senhorita estava? - Ino questiona.


- Estava na cafeteria uai.


- Interessou mesmo no garçom né? - Tenten diz com os olhos vidrados na tela de seu notebook.


- Já falei que não!


- Então o que a madame foi fazer lá? - Ino pergunta.


- Fui fazer meu trabalho né, vocês estavam jogando Just Dance e eu não conseguia me concentrar direito, então fui pra lá que é mais tranquilo.


- Tá certo então, está perdoada desta vez. - Ino diz. - Agora você que está me atrapalhando, tenho que terminar logo de fazer esse resumo.


- Desculpe-me madame, vou pro quarto para não te atrapalhar. - Sakura diz em um tom de deboche. Bom, não faz mal debochar de vez enquanto.


Sakura saiu da sala deixando suas amigas terminarem seus respectivos trabalhos, ela tomou um belo banho e ficou mexendo em seu celular até que o sono a dominasse por inteiro.

24 de Octubre de 2018 a las 22:11 0 Reporte Insertar 1
Continuará… Nuevo capítulo Cada 10 días.

Conoce al autor

Comenta algo

Publica!
No hay comentarios aún. ¡Conviértete en el primero en decir algo!
~