Hey Senhor Polícia! Seguir historia

sakura_1_haruno Sakura Haruno

Qual é a pior punição ao desobedecer a lei perante um polícia? Sakura Haruno, não quis medir nenhum tipo de consequência quando depois de uma saída à noite com as amigas, vê um polícia fazendo seu trabalho de ronda pela cidade quando a mesma vai até ele o deixando sem jeito, e o pior de tudo é que o polícia não resistiu o que Sakura fez com ele.


Fanfiction Anime/Manga Sólo para mayores de 18.

#sasusaku
Cuento corto
3
4785 VISITAS
Completado
tiempo de lectura
AA Compartir

Capítulo Único

Sábado à noite, a discoteca Vontade do Fogo passava uma música pop bem mexida para que os dançarinos rebolassem os seus corpos com o batuco que a música transmitia. Sakura Haruno, Hinata Hyūga e Ino Yamanka haviam tirado aquela noite para desfrutar, Sakura estava vestida com um vestido vermelho curto e que realçava suas belas curvas, seu cabelo longo solto e uma leve maquilhagem nos olhos com um batom da cor de seu vestido, a rosada havia bebido uns copos a mais, não estava embriagada, todavia estava lúcida de mais, apenas a mesma naquela noite queria algo mais intenso para a sua vida pacata, a mulher de cabelos róseos aproximou de suas duas amigas que se encontravam na pista de dança, elevou a sua mão que tinha o copo com a sua bebida e começou a dançar com o seu corpo sensualmente e um pouco animada.

- Sabem meninas eu queria algo diferente essa noite... - falou alto devido ao som da música, perto das duas mulheres que também dançavam alegremente.

- E o que estás a pensar a fazer? - indagou Ino a dar um gole de seguida na sua bebida.

- Gostava de ser algemada hoje... - disse com um riso matreiro em seus lábios dando um gole na sua bebida, fazendo com as suas duas amigas olhassem para ela espantada com a afirmação que a Haruno havia dito.

- Tu queres ser presa? - espantou Hinata, suas bochechas encontravam-se levemente rosadas devido a bebida que consumia.

- Vocês perceberam mal... - deu uma gargalhada - Eu quero é ser fodida por um polícia... - disse dançando sensualmente mais com o seu corpo.

- Tu és doida! - criticou Ino de forma sorridente mas estupefacta para a rosada, e continuou prestando a sua dança.

- Vocês sabem do que sou capaz... - pausou dando um último gole no seu martini - Vou indo meninas. Tchau! - despediu das amigas recebendo delas um aviso para que Sakura tivesse juízo na sua cabeça afinal brincar com a lei, a Haruno podia pagar um preço alto. Mas cada um com o seu fetiche, e Sakura havia colocado na sua cabeça que iria encontrar um polícia e que iria fazer tudo por tudo para conseguir uma noite com ele.

Pelas estradas de Konoha, um carro de polícia vagava tranquilamente à procura de coisas ilegais, aborrecido Sasuke Uchiha queria que algo acontecesse na sua vida monótona quando o mesmo conduzia tranquilo notando de repente um carro mal estacionado perto da discoteca Vontade do Fogo, Sasuke saí com o seu caderno de multa para marcar multa no carro branco mal estacionado, quando de repente o mesmo olha para a entrada da discoteca reparando numa mulher de cabelos róseos saindo, o Uchiha arregala os seus olhos com tamanha era a beleza daquela mulher.

- Porra ela não é um tipo normal de mulher - disse só para si mesmo, quando o mesmo nota o olhar dela em direção a ele e em seus lábios escarlates um sorriso de malícia surgiu o mesmo pensou que aquela mulher de cabelos róseos tinha segundas intenções com ele e sinceramente Sasuke não iria se importar de colocar ordem nela.

- Hey Senhor Polícia! - chamou Sakura ao agente acenando para ele, fazendo com que o mesmo ficasse em alerta perante ela. Sakura caminhava sensualmente para provocar o senhor da lei, Sasuke se continha ali, não passava de despercebido o desejo que o polícia estava sentindo ali perante à rosada - Eu não quero nenhum problema... - pausou analisando o homem de cima abaixo mordendo o seu lábio inferior.

- Porque veio falar comigo? Aconteceu alguma coisa? - indagou Sasuke fingindo-se de inocente para a rosada à sua frente e a mesma aproximou o seu rosto do ouvido do moreno e se pronunciou.

- Eu só quero rebolar meu rabo até ao chão, ou melhor preferia rebolar em cima do teu cacete... - sussurrou sedutoramente causando no mesmo um arrepio pela sua coluna abaixo, Sasuke tirou suas algemas e algemou Sakura ali - Hum... Algemas mantém a conexão... - gemeu piscando um de seus olhos esmeraldinos para Sasuke o mesmo aproxima o seu rosto do ouvido de Sakura e sussurra para ela.

- Isso não é nenhuma prisão, apenas serás disciplinada - disse sensualmente fazendo com que a mesma arrepiasse também e que o seu ego fosse ao de cima e também o seu fetiche iria ser concretizado.

- Sim, preciso de muita disciplina do Agente... - olhou para o identificação que tinha o nome e sobrenome do homem - Uchiha... - disse sendo colocada dentro do carro com um sorriso de malícia em seus lábios, a mesma olhou para a porta da boate e encontrou Hinata e Ino na entrada com os seus olhos arregalados e com a sua boca aberta de espanto, a rosada apenas retribuiu um riso acenando com as suas mãos algemadas e dando uma piscadela por último. Sasuke adentrou no carro, acendeu o motor e deu rancada com o veículo, seguindo para o apartamento dele.

Sasuke acendeu os pirilampos azuis e as serenas chamando a atenção de algumas pessoas por perto e para que os carros não atrapalhassem o percurso até seu apartamento, quando o mesmo olha para trás através do espelho retrovisor quase bate com o carro com a visão que teve, Sakura retirava suas cuecas de forma sensual e em seus lábios sua língua brincava.

- Não brinques comigo dessa maneira... - disse Sasuke mordendo o seu lábio inferior amando a visão que estava tendo. Sakura aproximou sua cabeça para perto do ouvido do polícia e sussurra novamente.

- Então... Senhor Polícia... - lambeu a orelha do mesmo fazendo com que Sasuke deixasse escapar um gemido - Para onde vamos? - perguntou, com as suas mãos unidas passou entra a cabeça do homem e começou a passear suas mãos pelo tronco do homem desabotoando com uma certa dificuldade os botões da farda de Sasuke.

- Espera mais um pouco... - respondeu o Uchiha lambendo o antebraço de Sakura fazendo com que a mesma revirasse seus olhos - Estamos quase chegando ao meu apartamento. - terminou quando abrandou o carro virando numa curva à esquerda adentrando de seguida numa garagem de grade amarelada. O casal havia chegado ao apartamento do Uchiha, o mesmo estaciona o carro de polícia numa faixa do parque de estacionamento, quando saí do mesmo, abrindo a porta para Sakura, a mesma a olha de cima abaixo, mordendo o seu lábio inferior com a visão que tinha do homem, Sasuke retira as chaves das algemas abrindo as mesmas dos pulsos da mulher - Não quero que pensam que trago uma prisioneira para aqui... - disse o homem.

- Eu apenas quero ser a sua prisioneira sexual... - provocou Sakura saindo do carro dando uma gargalhada provocatória ao homem andando na frente do homem e o Uchiha atrevido olhou descaradamente para o rabo da Haruno que mexia provocatoriamente.

O casal adentrou para dentro do elevador e Sasuke tocou no botão que iria para o piso onde se encontrava seu apartamento, Sakura brincava com as suas mechas de cabelo a olhar para os números crescentes, Sasuke olhava com malícia para o corpo de Sakura mordendo novamente o seu lábio inferior quando de repente o mesmo pega-a no colo e pressiona o corpo da mulher contra a parede de metal do elevador.

- O teu corpo é ilegal... - beijou o pescoço de Sakura fazendo a mesma escapar um gemido - E se lamentar pelo corpo que tem será ilegal também... - beijou Sakura pressionando o seu membro rijo contra a intimidade de Sakura.

- Que autoridade atrevido. - comentou Sakura entrelançando suas pernas na cintura de Sasuke, naquele momento o elevador pára o Uchiha colocou a Haruno chão a mesma se ajeitou o seu vestido e ambos caminharam até à porta do apartamento do polícia. Quando o mesmo abriu a porta de sua entrada permitiu que Sakura entrasse primeiro, quando os dois se encontravam dentro do apartamento Sasuke não esperou para atacar a mulher, o mesmo pegou-a novamente ao colo levando-a para o seu quarto.

- Posso saber o nome da mulher que está me tirando da lei? - indagou Sasuke à mulher de cabelos róseos.

- Sakura... - respondeu beijando Sasuke, quando sentiu em suas costas o endredom da cama do polícia.

- Esse batom é a vara da correção... - disse tirando sua jaqueta de sua farda.

- Precisa colocar-me na cadeia... Sem visitas... - respondeu desabotoando os botões do camiseiro branco da farda

- E eu seria o teu vigilante de cela - comentou o Uchiha que beijava Sakura e sem muitos esforços puxou para baixo o vestido vermelho que Sakura usava revelando ao polícia o seu corpo nú ali - Jesus! - espantou Sasuke ao mirar o corpo da mulher de cima abaixo, quando começou a abocanhar o seio esquerdo de Sakura, fazendo a mesma arfar, com o outro seio livre o mesmo massajeava o mamilo endurecido, e com a outra mão livre massajeava o clitóris de Sakura.

- Dessa maneira eu vou gozar, Senhor Polícia... - disse Sakura em meio dos seus gemidos.

- Sakura... - falou Sasuke continuando a lamber o seio da mulher, Sakura empurra o Uchiha para o lado direito ficando em cima dele.

- Sasuke... - pronunciou brincando com o seu dedo indicador no peito do Uchiha - Deixa eu brincar com um certo brinquedo primeiro... - disse beijando o pescoço de Sasuke e lambendo lentamente o tronco nú do homem, chegando à braguilha que estava volumosa devido ao tesão que Sasuke sentia por ela, a Haruno desabotoou o botão abrindo o zíper tirando de uma vez o membro duro da boxer e aproveitando retirou a calça do homem - Hum... que calippo - humedeceu os seus lábios aproveitando para fazer sexo oral em Sasuke.

- Caralho! - resmungou Sasuke arfando o que Sakura fazia com a sua boca - Mereces ser presa por me seduzir... - disse ele, mas Sakura continuou com a sua cabeça para cima e para baixo, chupava a glande do homem, e com a sua mão esquerda massajeva os testículos de Sasuke, quando a mesma aumentou a velocidade de sua boca com a sua mão direita auxiliou nos movimentos de vai-e-vem com a boca para que o broche tornasse intenso - Sakura eu vou gozar... - avisou o Uchiha, Sakura novamente ignorou o homem intensificando ainda mais a velocidade, naquele momento Sasuke arfou, e Sakura bebeu o sémen chupando o seu dedo indicador com o olhar sedutor - Minha vez, mas vais ficar quieta... - disse o homem indo à sua mesinha de cabeceira e tirando de lá outro par de algemas fazendo Sakura sorrir - Algemas são boas para mulheres mal comportadas - disse algemando Sakura beijando-a em seguida.

- Preciso de disciplina... - disse a mulher quando gemeu alto com que Sasuke fazia com os dedos em seu clitóris.

- Agora está na tua vez de ser torturada... - aproximou o seu rosto e com a sua língua matreira lambeu o gominho prazeroso de Sakura fazendo a mesma se remexer na cama e com o seu braço tentava fazer Sakura ficar quieta.

- Sasuke... - sussurrou Sakura o nome do polícia fazendo com que ele olhasse-a formando nos seus lábios um riso de malícia não parando os movimentos que fazia com a língua. Sasuke se levantou, virou o corpo da mulher ficando com a visão de seu rabo empinado dando uma rabada fazendo a mesma gritar de susto e de prazer, o mesmo posicionou seu membro na vagina de Sakura penetrando-a fundo deixando Sakura gemer e abaixar o seu rosto no colchão. O Uchiha dava-lhe estocadas rápidas, ambos arfavam com o prazer o polícia apertava as nádegas da rosada e Sakura apertava seus dedos nos lençóis de Sasuke - Meu Deus! - gritou a Haruno colocando sua cabeça para trás, Sasuke continuava nas suas investidas, quando sentiu que o segundo orgasmo vinha. O mesmo parou com as estocadas, levantou o corpo da mulher para contra si, sem nunca tirar o seu membro da vagina da mulher, acariciava os seus seios, apertando os seus mamilos, e maliciosamente passeou uma de suas mãos até ao clitóris da mulher brincando com o mesmo fazendo com que a mulher colocasse o seu corpo para a frente e empinasse mais seu rabo, Sasuke aproveitou dando novamente estocadas apertando novamente as nádegas de Sakura.

- Eu vou gozar... - disse o homem.

- Eu também! - retrucou Sakura, quando ambos gemeram o seu ápice, Sakura deitou na cama ofegante e Sasuke deitou por cima dela com sua respiração descontrolada, a mulher direcionou o seu olhar esverdeado para o homem e o mesmo abraça-a para perto de seu corpo.

- O que fizeste comigo? - indagou Sasuke para Sakura a mesma sorriu pelo nariz.

- Apenas concretizaste o meu fetiche... - disse fazendo cafuné nos cabelos negros de Sasuke.

No outro dia Sakura, esperava ansiosa pelas suas duas amigas, queria contá-las o que havia se passado na noite passada, a rosada estava sentada numa esplenada com vista para o mar, e bebericava uma bebida fresca o sol se reluzia, quando naquele momento Hinata e Ino, chegava perto de Sakura a mesma acena para as suas amigas com um sorriso vitorioso em seus lábios.

- Vais contar o que se passou ontem à noite! - disse Ino escandalosamente sentando em frente a Sakura a mesma então contou detalhadamente o ocorrida da noite anterior fazendo com que as duas mulheres à sua frente ficasse de boca aberta.

- E não ficaste com o número dele? - perguntou Hinata à Haruno, a mesma balançou a cabeça negativamente.

- Eu só queria era foder mesmo... - disse Sakura com um sorriso na cara.

- Ele era um borracho, Sakura! Tiveste mais sorte do que juízo! - falou Ino fazendo com que as três mulheres caíssem em gargalhadas.

No quartel de polícia, Sasuke iria fazer uma rusga com Naruto, o Uzumaki adentrou no carro de polícia com Sasuke, quando de repente Naruto, olha para o chão quando nota que tinha uma cueca fio dental vermelha e rendada no chão, o mesmo arregala seus olhos não acretidando em seus olhos, o mesmo pega na peça íntima e mostra a Sasuke.

- Teme... O que andaste a fazer ontem? - indagou o loiro para o moreno, Sasuke ao olhar para as cuecas nas mãos de seu amigo, ficou da cor delas afinal o mesmo não imaginava que a mulher iria deixar um presente para ele.

- Coisas minhas... - respondeu Sasuke corado, tirando do Naruto um olhar malicioso.

- Imagino o tipo de coisas que fizeste ontem à noite... Se Tobirama sabe és um homem fodido - disse Naruto tirando de Sasuke um olhar reprovador.

- Ele não vai saber nada, porque não viste nada! Dá-me isso! - disse Sasuke tentando tirar das mãos do Uzumaki a peça íntima.

- Mas vais contar primeiro quem é a mulher... - debochou Naruto ao Uchiha.

- Não é ninguém do teu interesse, agora dá-me isso e vamos encerrar o assunto por aqui! - discutiu Sasuke com o loiro.

- Credo! Além de foder ontem à noite ainda vem mal-humorado para o trabalho! - retrucou Naruto, Sasuke guardou a peça íntima em seu bolso das calças dando aquele assunto como encerrado.

Fim

16 de Octubre de 2018 a las 20:36 0 Reporte Insertar 0
Fin

Conoce al autor

Sakura Haruno Blog: http://sakura1haruno.blogspot.com/?m=1 Instangram: @sakura_haruno1996 Twitter: (@Sakura1Haruno1): https://twitter.com/Sakura1Haruno1?s=09 SpiritFanfic: https://spiritfanfics.com/perfil/sakura_1_haruno Inkspired: https://getinkspired.com/pt/u/sakura_1_haruno/ Nyah!: https://fanfiction.com.br/u/779725/ YouTube: www.youtube.com/channel/UC8iXDA9_7sWRJ0lq1pw5ixA Facebook: https://www.facebook.com/SakuraHarunoautora/

Comenta algo

Publica!
No hay comentarios aún. ¡Conviértete en el primero en decir algo!
~