Lições de Amor e Sexo Seguir historia

sandycollins Sandy Santana

Harper está indo mal em cálculo na faculdade. Suas amigas indicam Sebastian Stan, um professor que dá aula particulares de matemática. Elas avisam que ele é meio estranho,mas muito profissional. Ela só não esperava se deparar com um cara lindo e sexy, mas que logo se revela um homem arrogante e insuportável. No último dia de aula, porem ele a convida para um jantar, onde ele faz uma proposta que vai ser impossível para ela recusar.


Romance Romance adulto joven Sólo para mayores de 18.

#atração #hot #desejo #sexo #amor
2
4559 VISITAS
En progreso - Nuevo capítulo Todos los sábados
tiempo de lectura
AA Compartir

Capítulo 1

— Eu sinto muito senhorita Simmons. Não há muito o que eu possa fazer.

Velho, covarde!

Ainda bem que o professor Rhodes não pode ler pensamentos enquanto eu tento manter meu sorriso de compreensão ao que ele disse.

Ou talvez ele possa, porque ele começa me olhar tão desconfiado, que me faz tentar não pensar mais em palavrões, que ficariam bem sendo usados contra ele.

Enquanto coloca de volta todos os seus livros de volta em sua bolsa, ele então me sugere:

— Como esse é o segundo semestre em que você não vai muito bem nessa disciplina,eu sugiro que você procure um reforço.

Olho para ele não acreditando que ele tenha sugerido isso,porque deveria ser fácil compreender ele,não precisar procurar ajuda,mas acho que ele entende minha reação de outra forma e diz:

— Aulas particulares.

Tenho novamente aquele sorriso que usei minutos antes para poder xingá-lo mentalmente. Então apenas digo:

— Okay, obrigada, eu vou fazer isso.

...

— Isso já aconteceu com várias pessoas Harper,acredite,você não é uma privilegiada.

Reviro meus olho para Dayna que ri ainda mais.

—Eu tenho uma solução pra você.

Olho atenta para Colbie que acaba de falar depois de estarmos aqui há vários minutos nessa lanchonete.

Eu apenas digo:

—Então fala de uma vez!

Ela dá mais uma mordida no sanduíche, mastiga um pouco me deixando ainda mais apreensiva, enquanto Dayna ri e leva o canudo do refrigerante a boca.

Colbie finalmente diz:

— O professor Sebastian.

Dayna ri. Colbie ri. Eu apenas olho elas sem entender.

Dayna diz:

—_O bonitão esquisito que dá aulas particulares para desesperados como você.

Colbie a interrompe dizendo:

— Ela não é esquisito!

então ela olha pra mim e diz mais uma vez:

— Ela não é esquisito. Ele só é um pouco fechado e isolado.

Ainda a olho sem entender muito e ela continua:

— Ele ficou assim depois da morte da namorada dele há alguns anos.

Eu questiono:

— Como voces sabem dessas coisas?

Dayna ri e diz:

— Não ficamos o dia todo trancada no quarto estudando como você faz, temos vida social,sabia?

— Por que eu ainda peço ajuda para vocês?

Dayna responde:

— Por que somos suas amigas doidas, aquelas que a gente procura quando acabam os recursos.

Acabo rindo e Colbie começa anotar algo em um papel. Segundos depois ela me entrega.

— O que é isso?

— O número de telefone dele.

— E por que você acha que eu vou ligar?

— O que faz todos ligarem para ele.

Ela olha dentro dos meus olhos e diz:

— Desespero.

Dayna ri de novo e eu quero apertar o pescoço dela agora.

...

Eu devo estar mesmo desesperada para pedir ajuda a aquela duas malucas. fiz amizade com elas quando morei em um dormitório no inicio da faculdade,mas logo vi que eu não me adaptaria a aquele lugar. Muitas festas, pessoas loucas e que em sua maioria não gostava muito de estudar, o que era e continua sendo meu foco.

Então me mudei para o centro da cidade e aluguei um apartamento simples, com poucos cômodos,mas me sinto bem melhor agora.

Elas realmente estão certas, não tenho o que elas chamariam de vida social, porque isso envolve muitas festas,transar com vários caras e beber muito, algo que eu realmente não aprecio tanto quanto elas.

Na verdade a última vez que tive um encontro foi há alguns meses atrás e como Jensen também tinha um foco mais voltado para os estudos, decidimos parar de nos ver,porque isso poderia estar atrapalhando nosso desempenho acadêmico.

Talvez tenha sido isso que tenha feito eu me sair tão mal em Cálculo esse semestre.

Ou talvez tenha sido apenas o que a Dayna me jogou na cara: "Falta de sexo, amiga!"

12 de Octubre de 2018 a las 23:02 1 Reporte Insertar 0
Leer el siguiente capítulo Capítulo 2

Comenta algo

Publica!
Patricia Moraes Patricia Moraes
adorei
14 de Octubre de 2018 a las 20:45
~

¿Estás disfrutando la lectura?

¡Hey! Todavía hay 3 otros capítulos en esta historia.
Para seguir leyendo, por favor regístrate o inicia sesión. ¡Gratis!

Ingresa con Facebook Ingresa con Twitter

o usa la forma tradicional de iniciar sesión