Revolution - Interativa Seguir historia

chou-fly MissCritora ChouFly

Vagas Abertas Brincar de Deus não foi o bastante! Para vários seres é muito pecado manchar as ruas de sangue, para outros, é mais errado ainda brincar de manipular, mas é tão divertido fazer isso, pois são tão prazerosas as caras de horrores e chorosas, o desespero estampado, as vozes em coro gritando "Revolução" em diversas línguas. Este é o mundo que todos criaram, este é o resultado das escolhas desajeitadas de todos vocês, seres. Sejam todos bem-vindos ao novo mundo, sejam bem-vindo a revolução. Lembre-se foi VOCÊ quem gritou: Revolução!


Fantasía Sólo para mayores de 18.

#horror #terror #war #yaoi #aventura #novela #yuri #lemon #lgbt+ #comédia #luta #hentai #378 #258 #301 #332 #217 #ação
0
4832 VISITAS
En progreso - Nuevo capítulo Cada 30 días
tiempo de lectura
AA Compartir

Red streets - Prologo

Humanos sempre foram os dominantes do planeta Terra, poderosos, ricos, soberanos supremos. Dizem-se deuses,. Comparam-se com o mais poderoso de todos os Santos das igrejas existentes.

Tolos!

Não foi preciso medir esforço algum para que aquela pirâmide fosse destruída. Os vampiros dominaram tudo, destruíram e perderam o poder para os lobisomens que, meses depois, foram dominados pela insanidade do “poder” da Lua perdendo o cargo mais alto de todos.

Estúpidos!

A maior infelicidade de todos foi a guerra leviana que todos os povos tiveram, causando uma recaída em todos eles, na verdade, eles foram quase extintos da face da Terra. Uma terceira guerra mundial, desta vez mais fascinante que as anteriores, com mais sangue e vida inocente sendo ceifada pelo egoísmo e o intenso desejo pelo trono. É incrível o quanto os seres humanos, vampíricos, lobisomens ou qualquer que seja a raça consegue decair à mais fina linha de insanidade causando caos aos seus. Ha! Esse gosto de poder que corrompe embebedando com um simples gole daquela magnifica taça de vinho tinto, uma droga viciante, destruidora, abominavelmente agridoce.

Houveram brigas por anos, mortes de inocentes, crueldades, problemas, evolução — Ao menos é como chamaram. — Tecnologia, religião, raça, divisões, curas, classes, doenças, entre milhões, senão, milhares de milhares de coisas que podem ser citadas. No fim, todos acabaram se dando mal.

Alguns religiosos traduziriam aquela catástrofe como a volta do filho, arrebatamento, mas outros, ateus, classificariam como sendo causado pelo maior monstro do mundo, aquele que estava no “topo” devastando famílias, destruindo, causando doenças e problemas, criando armas, matando, criando caos aos outros e até a si mesmo: Os poderosos, sim, eles eram os causadores de tudo. — Ao menos esse era o argumento. — Essa é a lógica mais bela criada pelos “pensadores” do mundo. Nem os anjos, nem os demônios gostaram daquele genocídio. Mas, sabe o mais interessante daquela luta bélica? Muitos nem ligaram, na verdade, eles se jogaram de cabeça naquilo. Foi cômico o quanto as pessoas inocentes choraram, riram tanto de nervosismo quanto felicidade, gozaram da superioridade temporária deles. Mais fascinante ainda foi quando esses mesmos que antes estavam rindo e brincando com os escravos, pisando-os, cuspindo neles, torturando tanto mentalmente quanto fisicamente, o mais engraçado, o melhor, foi quando chegou a vez de eles estarem sofrendo tudo isso.

Se isso pode ser tido como um apocalipse, não é possível afirmar com clareza. Mas que é imensamente prazeroso ver eles sofrendo, se contorcendo de agonia? Sim, isso é verdade.

Todos se fizeram de Deus, mas nenhum deles notou que o outro tentou tomar o trono e conseguiu.

Foi como tirar doce de uma criança

Foi incrível. Foi como uma melodia puramente tocada apenas com as teclas negras do piano musical, uma linda música acompanhada de um coro incessante de raiva, ódio, felicidade, piedade e amargura em tons altos de soluços com tristeza.

As rezas das pobres almas esquecidas, o tormento dos outros e a magnífica coloração amarelada dos fogos que destruíram magnificas estruturadas, famílias drogadas, bêbadas, violentas, viciadas nos pecados capitais. Ah! Como foi belo ver os corpos torrados em poses de estátuas até melhores que os corpos nus considerados obras de artes desde a Grécia antiga até os dias de hoje.

Realmente, nem Hitler ou outro assassino pode causar tanto do que foi gerado em apenas uma troca de olhares. Nunca que a Coreia poderia fazer isso com os seus lindos testes nucleares. Tsc! Foi uma injustiça pagar para ver aquela troca de tiros e explosões, as quais pintaram as ruas das cidades de vermelho. Como puderam ser tão estúpidos ao ponto de apostarem todas as cartas em simples mortais? Mas isso foi o que deu mais excitação para causar essa guerra, foi o que deu mais prazer para serem feitos todos esses atos incontroláveis e insanos.


Puramente incontroláveis e insanos.
Como sempre serão.  

4 de Octubre de 2018 a las 15:04 1 Reporte Insertar 0
Leer el siguiente capítulo Aurora - Divulgação

Comenta algo

Publica!
MissCritora ChouFly MissCritora ChouFly
Para aqueles que já fizeram uma ficha ( Veteranos ) vocês ainda podem a usar a de vocês, fiquem calmos quanto a isso. Só precisam fazer pequenas e poucas adaptações de acordo com a nova ficha ( Não é muita coisa, só vocês irem no Ctrl+C e no Ctrl+V. Explicações da história, modelo de ficha, regras e raças, aqui: https://www.spiritfanfiction.com/jornais/revolution--interativa-13710791 Acompanhe no FaceBook, entre no nosso grupo: https://www.facebook.com/groups/820905314965774/
30 de Octubre de 2018 a las 15:46
~

¿Estás disfrutando la lectura?

¡Hey! Todavía hay 11 otros capítulos en esta historia.
Para seguir leyendo, por favor regístrate o inicia sesión. ¡Gratis!

Ingresa con Facebook Ingresa con Twitter

o usa la forma tradicional de iniciar sesión