Suho é Meu! Seguir historia

moonmarshmallow Moon Marshmallow

Yixing estava trabalhando na China durante dois anos, mas conseguia dar algumas escapadas para a Coréia para ver seu namorado. Porém, de uns tempos pra cá, estava ficando um pouco mais difícil vê-lo, pela agenda de ambos; e um post no Twitter acabou por enlouquecê-lo e deixá-lo paranóico, fazendo-o querer voltar para a Coréia o mais rápido que pudesse. Oras, Junmyeom era seu, e não deixaria nenhum adolescente ladrão de namorados o tirar dele. [Sulay | Seho | OT12 | Universo Original | +18 pelo yaoi]


Fanfiction Bandas/Cantantes Sólo para mayores de 18.

#exo #hunhan #kaisoo #taoris #chanbaek #xiuchen #layho #sulay #seho
Cuento corto
15
4785 VISITAS
Completado
tiempo de lectura
AA Compartir

Adolescente ladrão de namorados!


Yixing já havia estado na Coréia algumas vezes escondido apenas para ver ele, mas com sua nova agenda e o olhar atento das EXO-Ls estava ficando difícil.

Como Luhan conseguia?

Era o questionamento que ele fazia, porém ele sabia que o mais velho já era bem experiente nisso. Ô se era.

Com seu novo álbum sendo acertado ele teria que viajar de volta para o país, porém tinha mais dois motivos para ele está bem ansioso com sua volta; o fato de está com saudades de seu namorado e a aproximação dele com certo alguém.

Claro, Junmyeom sempre foi próximo de Sehun, mas não era pra tanto! Agora todos os fãs pareciam ter se esquecido de Sulay – e Yixing amava saber que seus fãs o shippavam – e só parecia existir Seho. Sacanagem!

— Está com algum problema? – o manager pergunta.

— Ãn? – olhou para ele confuso. — Ah, não, estou bem – mentiu voltando a cruzar seus braços.

Não, não estou bem, estou péssimo! Tem uma criança querendo tirar o Myeom de mim, você acha que eu ‘tô bem?!, pensou olhando pela janela do avião.

Pior! Junmyeom não trocava mensagens como fazia antes à dois meses, parecia que estava ocupado e todo a vez que ligava podia ouvi a voz de Sehun ao fundo e isso o deixava cada vez mais paranóico.

E se Suho tivesse o trocado pelo mais novo?

Poxa, Yixing podia não ser tão jovem, mas ainda era novo e legal, Sehun podia ser uma beleza de pessoa e tudo mais, mas a única pessoa que ama muito Junmyeom era ele. E como ficava Luhan nisso? Será que ele estava bem? Será que ao menos sabia? E ainda tinha o dorama que ele estava fazendo. Aquela menininha não era melhor que ele nem nunca.

A este ponto Yixing já roia suas unhas – mania que Suho detestava – e batia os pés freneticamente no chão do avião nervoso.

Uma vez, enquanto buscava sobre Sulay no Twitter, viu uma foto de comparação Sulay e Seho e a fã insistia que Seho era mais real e, pronto, foram quase duas horas de choros e resmungos no ouvido de Yifan – que queria está passando o tempo com Tao ao seu lado – que o aconselhou a conversa com o mais velho agora que iria voltar a solo coreano.

Xing, tenho quase total certeza de que o Junmyeom não está te trocando pelo Sehun — Kris dizia com convicção pelo telefonema. — Aquele cabeça dura é louco por você, então não acho que ele tenha te trocado pelo manhoso do Sehun.

— Mas, Kris, já viu as interações deles nos shows? São melhores que as nossas! – choramingava. — E o Sehun já admitiu que sempre teve uma tara pelo Myeom, ele deve ter aproveitado toda essa situação que eu passo para rouba-lo de mim!

É por isso que eu amo o Lay! – Tao ria ao fundo e Kris voltou a falar Olha, Xing, eu te aconselho a conversar com ele e não ficar criando paranóias na cabeça por causa de um post no Twitter. Aproveita que você vai para lá e tire suas próprias dúvidas.

— Você têm razão, Kris! Vou fazer isso.

E agora estava indo para a Coréia em um quase total sigilo.

[...]

Mal havia saído do avião e já pode ver alguns paparazzis e sasaengs tirando fotos suas. Por ser um idol já era acostumado com tudo isso, então agia tão normalmente quanto quando estava em sua casa. Caminhou até o carro da SM que o aguardava e pediu para que lhe deixasse no dormitório do EXO, o motorista questionou o porquê e que os garotos já deviam está dormindo – embora quase ninguém do EXO durma cedo – e ele apenas disse um “Eu prefiro ficar lá.”, então a viagem seguiu.

Yixing adorava ouvi a voz de Suho nas música e toda vez passava as partes de Sehun nelas.

Adolescente ladrão de namorados.

Ficou escutando sua playlist de músicas do EXO e Suho, a voz dele o fazia parar de pensar para fazer se lembrar.


O jovem chinês amava olhar o líder do grupo coreano, o achava tão perfeito, um anjo que estava no meio de tanta crueldade. Yixing perdera a conta de quantas vezes tentou falar mais de um cumprimento para ele, mas sua timidez e lerdeza não deixavam. Odiava isso. Odiava também o fato do coreano mais velho parecer nem o olhar, mas não era muito puxado para o “odiar” e sim pro “tristeza”. Queria que ele ao menos o olhasse um pouquinho, mas ele estava mais ligado no álbum do que em qualquer um.

— O que tanto pensa, Lay? – Xiumin o tira de seu mundo, ou tenta.

— No Suho.

— Por que? – pergunta surpreso.

— Eu queria que ele me notasse igual o Chen te nota – fez um bico ainda mantendo sua visão no líder.

— C-chen me nota?

Não era um mistério para ninguém que o mais velho do grupo era apaixonado pelo garoto berrante — apelido dado por Tão —, nem que o Chen era apaixonado pelo mais velho, apenas era um mistério para eles.

— MinMin, todo mundo sabe que vocês se gostam, só vocês dois que não. Acho que já está na hora de vocês se declararem, não é? – sorriu para o amigo dando leves tapas em sua costa.

— É, acho que já está na hora mesmo! Obrigado, Lay – se levantou e começou a andar, porém parou no meio do trajeto. — Ah, Lay, Suho te nota sim.

Sorriu assim que notou as bochechas vermelhas do mais novo e voltou a andar indo até o quarto de Chen. Já estava mais que na hora de se declarar.

Enquanto isso, Yixing estava tendo um surto interno e só acordou quando viu Junmyeom na sua frente perguntando se estava tudo bem.

— Agora ‘tá... – sorriu bobo e Suho sentiu suas bochechas esquentarem.

— Que bom. Parecia que estava tendo um ataque.

— Quer sair comigo? – perguntou direto.

Junmyeom passou no máximo uns três minutos para processar o que o chinês havia lhe dito até dar sua resposta de uma forma baixa e muito fofa.

— E-eu aceito.

Yixing deu um grito, Suho tentou esconder suas bochechas escarlates, Xiumin e Chen saíram do quarto descabelado e com os lábios vermelhos, e o EXO todo agradeceu aos céus pelos casais mais “cu doce” terem feito progresso.

Yixing riu com as lembranças. Quando teve seu encontro com o mais velho no antigo apartamento que vivia, descobriu muitas coisas sobre ele até que ele gostava de si antes mesmo dele gostar. Naquele dia eles tiveram suas declarações e seu primeiro beijo.


Ah, Yixing amava demais Suho, por isso não deixaria que Sehun o tirasse dele.

Junmyeom era seu!

Ele também o amava, amava muito mesmo que até chorou quando descobriu o contrato da China.


— Você devia ter me contado! Você vai passar muito tempo na China longe de mim, Xing! Como eu vou ficar? – indagou manhoso fungando baixinho.

— É que eu também não gostei e... Eu também não quero ficar londe de você, Myeom – começou a chorar alto.

Suho se aproximou e o abraçou dando um beijo em seus lábios.

— Vamos sempre manter contato, né? Você vai continuar a me amar mesmo de longe? – Lay assentiu. — Então eu vou ficar só na saudade de te beijar e tocar em você, mas ainda vou ser amado por você, mesmo de longe – limpou as lágrimas dele.

— Eu te amo tanto Myeom... Tanto — começou a lhe beijar.

— Eu também te amo muito, meu Xing – retribuiu o beijo.

Naquela noite eles se amaram mais uma vez como se estivessem provando mais de suas declarações de amor.


Yixing amava tocar o corpo de Junmyeom, de sentir o calor que ele tinha, gostava de sentir os lábios rosados dele e a forma única como o beijava. Amava os toques dele, as palavras bonitas e até as mais sedutoras e provocativas. Amava cada pedaço dele e tinha certeza de que ele também sentia o mesmo. Riu baixinho se perguntando por quê estava duvidando do amor que ele tinha agora.

O carro parou em frente a seu lar – mesmo que ele não esteja morando mais lá a um tempinho – e logo saiu de dentro do veículo junto do manager e caminharam até o lugar entrando com a chave. Não demorou muito para Lay correr até o quarto do líder e entrar sabendo que ele nunca tranca o lugar, só quando estavam fazendo algo mais privado... Yixing paralisou no lugar ao presenciar uma cena apavorante para si e não se controlou.

— Mas que porra ‘tá acontecendo aqui!? – gritou acordando a casa toda.

Sehun resmungou algo indecifrável e Suho abriu os olhos assustado.

— Eu fiquei meses na China trabalhando depois do nosso último encontro pra te encontrar na cama com o Sehun?!

— X-xing, não é o que está pensando – Suho se levantou da cama junto de Sehun – que agora estava realmente acordado. — Sehun dormiu aqui porque eu estava com medo do filme de terror que assistimos hoje.

O que está acontecendo? – ouviu a voz de Baekhyun de dentro do quarto dele.

— Então Sehun vem dormir com você só de cueca, é? – cruzou os braços franzindo o cenho.

— Eu durmo de cueca quase sempre – bocejou se sentando na cama. — Cara, por que está achando que Suho e eu estivemos algo? Sabe que ele gosta de você.

— E-eu... – olhou para Suho que parecia triste e não conseguiu falar nada. Odiava ver Suho triste.

— Xing, não sabia que vinha hoje! – sentiu Xiumin o abraçar por trás. — O que aconteceu aqui?

— É melhor deixar eles a sós – disse Sehun saindo do quarto e levando todos o membros do EXO para fora.

Yixing ouviu a porta se fechar e viu Junmyeom respirar fundo e se sentar na cama. Não soube como conseguiu coragem para se sentar ao lado dele, mas conseguiu.

— Eu estava com saudades...

— Eu também – fungou. — Kris disse que você estava paranóico, por quê?

— Suas interações com Sehun, as pessoas começando a se esquecer de Sulay, eu... achei que você também estava – mordeu a própria bochecha. — Desculpa.

— Eu devia esperar algo do tipo – riu sem humor. — Xing, eu sei que acabamos nos afastando esses meses e eu venho tendo muitas interações com o Sehun por conta da empresa e o trabalho dobrado que estamos tendo pelo comeback... Eu também te peço desculpas.

— Eu te amo, e sei que também me ama, mas minha paranoia fala mais alto às vezes.

— É, eu sei. Agora vamos esquecer isso? Eu nem gosto de adolescentes – riu segurando o rosto dele para beijar.

Eu tenho 24 anos! – ouviram Sehun gritar e barulhos parecidos com tapas e resmungos.

Voltem a programação normal! – Chanyeol gritou e todos foram embora, concluíram pelos passos que ouviram no corredor.

— Temos os melhores amigos do mundo!

— E mais loucos – Suho riu.

Yixing levantou o queixo dele e selou os lábios iniciando um ósculo calmo cheio de sentimentos.


[...]


Seu namoro com Suho estava melhorando cada vez mais. Depois daquela noite que tiveram assim que chegou a Coréia, até Luhan alguns dias depois para rever Sehun e riu bastante ouvindo a história, muito mesmo. Amigo da onça.

— Hey, Lay, vem cá – Jongin o chamou na porta de seu quarto.

Saiu da cama e seguiu o mais novo até a sala e se sentou no sofá vendo a televisão com uma tela azul e logo um vídeo começou.

Oi, Xing! Tudo bem? – a imagem de Suho sentado no mesmo lugar onde Lay se encontrava agora surgiu na tela. — Você deve estar perdidinho, né? Eu sei, te conheço muito bem. Bem, hoje faz exatos 5 anos de namoro, viva! – levantou as mãos como se comemorasse. — E eu me lembro bem do pedido; estávamos jantando a comida do Luhan, poderia está melhor, e aí você se levantou fazendo toda uma declaração atrapalhada e quando ia me pedi jogou toda a comida em você – riu baixinho. — Mas aí do mesmo jeito você me pediu em namoro e eu aceitei. Eu achei muito fofo, igual você! Haha, eu te amo muito seu lesado, você não deve ter ideia do quanto, na verdade tem sim, mas, enfim... são cinco anos de namoro, sete de amizade e agora vem o que eu tanto queria falar depois de tudo isso, acredite, eu poderia ficar horas falando aqui sem me cansar haha, espero que não aconteça nada para atrapalhar e mesmo que aconteça eu vou pedi. Agora se vire, por favor.

Lay logo se virou dando de cara com todos seus amigos e um Suho de terno ajoelhado com um anel em uma flor na sua mão.

— Aceita ser meu marido, Zhang Yixing?

Assentiu várias vezes e logo pulou nele distribuindo vários beijos no seu rosto.

— Eu aceito!

Todos aplaudiram enquanto Suho colocava o anel no dedo do mais novo.

— Ah, Myeom, como eu te amo! – selou os lábios dele sendo retribuído e se levantou. — Eu estou noivo!

— Eu também, tá? A mais tempo que você – Baekhyun levantou a mão mostrando o anel e Chanyeol deu uma risadinha ao seu lado.

— Eu estou casado – Tao e Chen falaram ao mesmo tempo.

— Vamos parar de discutir? Estamos em um momento Sulay, licença – Suho chamou a atenção do povo que brigava e logo voltou a beijar Yixing.

— Agora você é quase oficialmente meu e nenhum adolescente ladrão de namorados vai te tirar de mim.

Riram juntos e ouviram um “Não sou um adolescente!” de Sehun.

21 de Septiembre de 2018 a las 03:19 0 Reporte Insertar 6
Fin

Conoce al autor

Comenta algo

Publica!
No hay comentarios aún. ¡Conviértete en el primero en decir algo!
~

Historias relacionadas