500 Anos de Amor e Tragédia Seguir historia

jenniffersamara Jenniffer Samara

A linha entre amor e a tragédia é tênue, antiga e dolorosa. Nesta coletânea de contos através dos tempos, amores e infortúnios mesclam-se. Histórias habitadas por sores e donzelas, reis e rainhas, homens e mulheres comuns e amantes infortunados narram seus destinos.


Romance Histórico No para niños menores de 13.

#navegações #era-vitoriana #tragedia
17
6275 VISITAS
En progreso - Nuevo capítulo Todos los domingos
tiempo de lectura
AA Compartir

Introdução

  ⊱───────⊰✯⊱───────⊰

"Romeu e Julieta", um conto de amantes infortunados, separados por suas famílias, sociedade, e alguns podem dizer, pelo destino.Por que é que ficamos tão comovidos pelo amor que termina com a separação?

A linha entre amor e a tragédia é tênue, antiga e dolorosa. Na Antiguidade Clássica, o destino podia não ser tão gentil com os amantes, muitas das histórias de amor da mitologia grega estavam fadadas à desgraça, destruição e morte. "Os antigos gregos acreditavam que as fatalidades e os sofrimentos eram inevitáveis e podiam se abater sobre qualquer um. O que realmente importava era a forma como o ser humano se comportava diante das dores da vida", explica Viktor Salis, em seu livro Mitologia Viva.

Não é por acaso, um dos gêneros mais famosos da literatura grega foi a tragédia. As peças traziam amores arrebatadores, paixões devoradoras que acabavam em sangue e cinzas. A trama ia do ápice da felicidade a tristeza, até mesmo à miséria, uma representação da fragilidade da condição humana.

São todas as histórias de amor verdadeiras tragédias? Quer dizer, a menos que morram ao mesmo tempo, todos os amantes são eventualmente separados pela morte. Então Romeu e Julieta não é uma tragédia. Eles só poderiam estar juntos na morte. 

31 de Agosto de 2018 a las 23:17 0 Reporte Insertar 4
Leer el siguiente capítulo I - A Peste

Comenta algo

Publica!
No hay comentarios aún. ¡Conviértete en el primero en decir algo!
~

¿Estás disfrutando la lectura?

¡Hey! Todavía hay 3 otros capítulos en esta historia.
Para seguir leyendo, por favor regístrate o inicia sesión. ¡Gratis!

Ingresa con Facebook Ingresa con Twitter

o usa la forma tradicional de iniciar sesión