Weak when ur around Seguir historia

luraywriter Luray Armstrong

Se sentia fraco perto de Naruto. E ele sabia que isso era um problema. Aqueles sentimentos, a dúvida, a confusão eram um problema. Porque o Amor é uma fraqueza. "So weak when you're around me Cause if I don't got you then I got nobody at all" Capa por: Bárbara Vitória.


Fanfiction Anime/Manga Todo público.

#querobiscoitofns #gincanafns
Cuento corto
13
4.8mil VISITAS
Completado
tiempo de lectura
AA Compartir

Capítulo único

Notas iniciais: Oee, tupo pão?

Fic nova que pertence ao desafio da gincana do biscoito FNS.

Essa daqui é a Universo ninja que ficou com o tema FRAQUEZA. Se passa primeiro na luta no Vale do fim no clássico e o reencontro deles no Shippuuden depois.

Inspirada na música Weak when ur around - Blackbear.

Espero que gostem, ainda hoje a outra fic sai e é mais leve e comédia que essa, fiquem atentos.





Give it a rest, my love
Let's take this slow
We both need some room to breathe
And if you know what's best for you and me you should leave, baby


Sasuke caminhava pela floresta no meio da chuva forte. Flashs da luta com Naruto no Vale do fim piscavam em sua mente o tempo todo, eram ainda pior quando ele fechava os olhos, mesmo que por pouco tempo.

O rosto de Naruto, desacordado, no chão, parecia tatuado em sua mente.

Sasuke parecia muito certo do que dizia durante a luta. Tudo era mentira. Uma fachada, uma peça. Era um ótimo ator, sabia disso há muito tempo.

Ele nem sabia o que pensar. Queria voltar, queria ficar, queria emprestar sua roupa para aquecer o amigo e tirá-lo daquele lugar antes que adoecesse.

E isso era incompreensível. Por quê? Por que não conseguia desfazer o maldito laço entre ele e Naruto?

Aquele sentimento, aquela amizade, que o fazia hesitar, errar golpes e, pior ainda, fazia-o cogitar desistir de sua vingança contra Itachi. Conseguia sentir o desespero dele em lhe pedir para ficar, conseguia ver, era quase palpável e isso lhe doía. Machucava em si mesmo machucar o outro e ele não entendia isso.

Itachi estava certo. Ele era fraco, lhe faltava ódio.

Ódio por todos e qualquer um e aquele laço não lhe ajudaria com isso. Naruto devia ser morto, devia ser destruído para que pudesse seguir em frente.

Então por que não conseguira fazer isso? Era a oportunidade perfeita! Ele estava inconsciente e indefeso no chão e Sasuke não conseguiu fazer nada! Nada!

Tentava se convencer de que o motivo era apenas por ser injusto e desonroso vencer um inimigo nessas condições, mas sabia que estava se enganando.

Se fosse outro, qualquer outro no lugar de Naruto, ele jamais hesitaria. Sabia disso, mas preferia fingir que não. Era melhor não saber.

Agora, embaixo da chuva forte, o Uchiha caminhava (sem a menor pressa, julgando que Naruto não acordaria tão cedo), para qualquer lugar. Ele não tinha ideia de para onde estava indo, só queria ter certeza de sair dali, ir para longe, para algum lugar onde não lembrasse do amigo, onde não existisse time 7.

As memórias passavam rápido em sua mente, agora englobando toda as únicas que ele considerava seus amigos.

Lembrava de Kakashi, no primeiro dia de aula. Julgara-o fraco e mole. Inacreditável que aquele seria o seu sensei, como poderia ficar forte com um incompetente lhe treinando? Sua opinião mudou no primeiro teste, para conseguir tirar os sinos dele. Diferente do que pensou, ele não era qualquer um. Passou a observar melhor seu sensei e durante a luta contra Zabuza, foi definitivo: ele não era incompetente e muito menos fraco. Ele conquistou a admiração de Sasuke ali.

Com Sakura foi meio difícil. Ela era irritante 99% do tempo. Mas, pouco a pouco, pôde ver que ela estava tentando melhorar como ninja e era engraçado ver as interações dela com Naruto de longe.

E Naruto. Sequer sentia que podia falar algo dele. A luta contra Zabuza Momochi também foi um divisor de águas em sua relação com Naruto, mas de uma forma diferente do que com Kakashi.

Ele não sabia explicar, mas parece que houve uma consolidação da ligação deles naquele momento. Não foi como se o laço deles tivesse nascido naquele momento, mas, na verdade, apenas se fortificado e fixado. Como se o destino tivesse dado o veredicto final de que aqueles dois garotos estariam para sempre conectados.

Mais do que isso, dentro de si mesmo, Sasuke sentiu algo dizer que ele não se incomodava nem um pouco com essa conexão. Naquela hora, naquele lugar, não havia problemas com isso. Parecia bom estar ligado a Naruto.

Agora, não mais.

Parecia um incômodo (e um incômodo terrível) se sentir tão ligado àquele dobe. Ele lhe prendia à ilusão de que poderia ficar em Konoha, crescer e ser uma pessoa normal e comum, ou melhor, um grande ninja trabalhando para o Hokage, como se nada mais importasse, como se ele pudesse esquecer seu passado.

Mas não podia. Não se deixaria esquecer.

Ele lhe fazia fraco.

Não queria machucá-lo, doía em si mesmo, cada soco nele parecia acertar seu estômago, causava-lhe uma sensação ruim. Ele amolecia suas barreiras.

Ele era como o sol derretendo o gelo em volta do seu coração.

E definitivamente devia à ele essa comparação idiota, romântica e sem sentido. Sasuke não era assim, ele não falava essas coisas.

O Usuratonkachi tinha algum tipo de poder sobre si e aquilo ia atrapalhar Sasuke em todos os seus objetivos. Não podia permitir.

Sabia que apenas se afastar não ajudaria, não quebraria aquele laço, não o faria parar de sentir fraco perto dele.

Tinha que matar…

Tinha que matar Naruto, era o único jeito, a única solução.

Quando um trovão fez um estrondo acima de si e ele cogitou voltar para tirar Naruto dali (além de estar chovendo, o dobe morria de medo de trovões). Porém, foi um pensamento que durou o tempo do barulho cessar. Sasuke teve ainda mais certeza e tomou a decisão.

Na próxima vez que o encontrasse, ia matar Naruto. Era o único jeito.


So weak when you're around me
Weak when you're around me, baby



...Anos depois...


Ali estava ele. Cheirando. Tocando. Ouvindo. Falando. Vendo.

Naruto estava ali à sua frente e seus cinco sentidos estavam completamente focados nele.

No antigo laboratório de Orochimaru Naruto, Sakura, Kakashi e um garoto que ele não conhecia, mas já odiava, pareciam estar atrás dele.

Naruto estava mais alto. O cabelo a mesma bagunça. Parecia mais forte e mais determinado do que nunca. Mais (e queria morrer por admitir isso) bonito…

Os olhos azuis ainda fortes, claros, sempre transmitindo a alegria e determinação que parecia transbordar de Naruto.

Era… sexy.

Ele definitivamente não pensava isso antes. Não muito. Ou pelo menos não entendia bem o sentido do que pensava.

Sasuke não tivera ninguém para ter esse tipo de conversa com ele antes e quando criança, estava apenas muito focado em ser um ninja, não pensara muito em relacionamentos e coisas do tipo não faziam parte de seus planos.

No começo de sua adolescência, ele estava com Orochimaru, focado demais em sua vingança para pensar em qualquer outra coisa, treinando até a exaustão para manter Naruto longe de sua mente.

Mas então ele estava ali, fazendo aquela coisa de novo.

Fazendo Sasuke se sentir fraco. Não havia defesas que o pudessem defender de Naruto, mas ele era um bom ator e iria fingir que não estava afetado, que não sentia saudades, que estar tão perto do outro não o fazia pensar em beijos e que o cheiro dele não o fazia querer se aproximar do pescoço do outro.

Provocou-o. Tentou o afastar, fazê-lo ficar com raiva. Não funcionou. Ele nunca ficava com raiva de si de verdade.

Então se lembrou de sua decisão. Não estava mais tão certo daquilo… não queria.

Mesmo assim puxou a katana. Cogitou a ideia, se imaginou ferindo Naruto tão gravemente que ele jamais voltasse a dar aquele sorriso lindo.

Não conseguiu. Murmurou qualquer coisa e saiu dali com Orochimaru.

Ele tinha que matar Naruto, só assim conseguiria cortar aquele laço. Mas não queria, de jeito nenhum poderia fazer isso.

Estava tão confuso, percebendo também os sentimentos estranhos que nutria por Naruto com aquela coisa inquebrável e sem definição. Imaginava o que era aquilo e não gostava das ideias que tinha.

Jamais admitiria, mas sabia que fugira. Fugiu covardemente de Naruto e o turbilhão de sentimentos que ele lhe causava.

Odiava aquela sensação.

Como se não houvesse proteção contra ele, como se estivesse vulnerável.

Se sentia fraco perto de Naruto.

E ele sabia que isso era um problema.

Aqueles sentimentos, a dúvida, a confusão eram um problema.

Porque o Amor é uma fraqueza.




Cause we're two little people in this big old world

I could make a living
Baby, you could be my girl
I won't sell drugs no more
I'll move you out the city
I'm taking you with me
I'm taking you with me
Cause if I don't got you then I got nobody at all
So weak when you're around me, baby
So weak when you're around me
Cause if I don't got you then I got nobody at all




Notas finais: espero que tenham gostado, ouçam a música

30 de Agosto de 2018 a las 23:18 11 Reporte Insertar 9
Fin

Conoce al autor

Luray Armstrong Perfil também disponível no Wattpad. Facebook: Luray Armstrong . SNS ❤ TODOKIRIBAKUDEKU ❤ KageHina ❤ Solangelo/Pernico ❤ Sheith ❤

Comenta algo

Publica!
Políbio Manieri Políbio Manieri
Eu acho que o Sasuke de 12 anos tem um grande potencial pouco explorado nas fics no geral... ele era bem mais confuso e bem mais desesperado com relação a muita coisa que não entendia, até por conta da idade e de precisar tomar decisões cada vez mais drásticas e em menos tempo. Adorei você ter abordado essa visão dele aqui, aquela impressão que foi construindo nele sobre os colegas de time e sobretudo ao naruto, e to quão ele se sente perdido e acaba chegando na conclusão de que já que ele n consegue controlar seus sentimentos a unica saída é fazer sanar a existência daquele que os provoca. Mesmo quando se afasta durante anos não parece ser o suficiente, é vê-lo de novo que as coisas tudo voltam, não tem jeito, não adianta se afastar, ele terá que matar, isso tudo só o destrói e o torna vulnerável. O amor é uma fraqueza. Muito boa a maneira como você expôs os sentimentos dele, bem claro e em poucas palavras, não tem como a gente não acompanhar o que se passa dentro da cabeça dele e até mesmo encontrar o sentido distorcido que ele segue como solução de vida. Que bela historia!
6 de Septiembre de 2018 a las 16:24

  • Luray Armstrong Luray Armstrong
    BEU DEUSO Q ANÁLISE LINDA EU TO APSJSOSKOS pq eu nem acho que ficou taaaaaao bom assim. Mas com certeza tenho q agradecer a Nonna pela betagem, sem ela puft Mas real, eu acho que o Sasuke era um bolinho de medo, dor e confusão que foi fudido pelo Itachi (que foi fudido pelo Terceiro e pelo clã) e estava condicionado naquela forma de pensamento. N da pra dizer q ngm tentou salvar ele ou ngm estendeu a mão pq todo o time 7 o fez, mas ele tava tão obcecado que não queria ceder, fez daquilo o único objetivo de vida. a história é inspirada na história de Zeus, que Cronos engolia seus filhos por causa da profecia que um deles ia lhe tomar o trono e Reia (juro que não lembrava do nome dela antes e até tive que pesquisar MAS OLHA SÓ A COINCIDÊNCIA CARALHO) escondeu ele e enganou Cronos, e depois se vingou do marido e Zeus de fato tomou o trono como na profecia. Por isso, achei que Endeavor matar os filhos ia ficar mais parecido com minha inspiração, e eu tava meio obcecado com fogo na época. 7 de Septiembre de 2018 a las 18:15
  • Luray Armstrong Luray Armstrong
    Corta a coisa toda sobre Cronos APNSDKJDKS Oq vinha dps daql era: Que bom que gostou :) Obrigada pelo comentário. Espero que tenha aproveitado bem esse tempo com este meu trabalho e me perdoe por qualquer coisa que não tenha gostado, adoraria te ver novamente em uma outra fanfic, beijos. ♡ 7 de Septiembre de 2018 a las 18:17
Kaline Bogard Kaline Bogard
Shippo muito, não vou negar. Não sou fã do Sasuke, mas admito que ele combina com o Naruto. Gostei dessa divisão, de colocar o passado e depois um salto no tempo, porque faz a gente pensar em tudo o que aconteceu nesse intervalo. Também reconheci ali a convicção do Sasuke, daquele moleque do anime (que as vezes da raiva) e como ele sempre toma a decisão errada. Matar o Naruto. CLARO, olhem a certeza com que ele pensa nisso. E dai... a realidade, porque ele nunca vai matar o Naruto, que é a pessoa que mais quer salva-lo. E ele termina um pouco mudado, mas não muito. Enxergar o Naruto como uma fraqueza é usar uma desculpa para esconder a verdade: o Naruto é a maior força que o Sasuke tem. Bom, é o que eu penso! Parabens pelo texto e por cumprir o desafio!
5 de Septiembre de 2018 a las 18:48

  • Luray Armstrong Luray Armstrong
    SIM Eu levo muito "O amor é uma fraqueza" pra minha vida, e tem essa dualidade. Pode ser tua maior força sempre que tu precisar, mas também pode ser tua maior fraqueza e te derrubar pra sempre Que bom que gostou :) Obrigada pelo comentário. Espero que tenha aproveitado bem esse tempo com este meu trabalho e me perdoe por qualquer coisa que não tenha gostado, adoraria te ver novamente em uma outra fanfic, beijos. ♡ 7 de Septiembre de 2018 a las 18:20
Caramelo Sama Caramelo Sama
AAAAAAAAH eu simplesmente amei muito essa história! Nossa Lu, perdoe o atrevimento da intimidade, eu achei tão lindo que nem sei explicar direito. Já me ganhou na música, aí depois na escrita fluida e tão harmônica com os sentimentos e emoções do Sasu. E claro, com as cenas. SNS tem muitos momentos, eu nem saberia nomear qual o meu preferido, mas gosto muito desses. Em específico desse reencontro, por que acredito que foi depois dele que o Sasuke pode compreender a magnitude do que ele de fato sentia pelo Naruto. E é tão lindinho como você transpassou de forma tão fiel os momentos 💜 Sinceramente, coisa mais formosa, vice?
5 de Septiembre de 2018 a las 17:00

  • Luray Armstrong Luray Armstrong
    A pode ficar à vontade com intimidades, anjo. Essa msc ♡♡Que bom que gostou :) Obrigada pelo comentário. Espero que tenha aproveitado bem esse tempo com este meu trabalho e me perdoe por qualquer coisa que não tenha gostado, adoraria te ver novamente em uma outra fanfic, beijos. ♡ 7 de Septiembre de 2018 a las 18:18
May UU May UU
OIe, cheguei aqui pra dizer que SasuNaru Rainha mexmo! Eu amo um OTP, adorei a sua oneshot, esta bem intensa e não sei extaamente como classificar: fofa > triste > doce > melancólica, algo entre isso aqui kekekek <3
1 de Septiembre de 2018 a las 00:09

  • Luray Armstrong Luray Armstrong
    Acho q melancólica é a palavra certa KKKKK 1 de Septiembre de 2018 a las 11:37
KL Kitsune Lyra
Ah que coisa linda, estou encantada por esse amor de Fic, sei que Sasuke sofre, mas pra mim todo sofrimento pra ele é pouco kkk oh do do Uchiha achando meu Naru uma fraqueza, ele é a força, o amor, a luz que ilumina, tudo de bom <3 adorei <3
31 de Agosto de 2018 a las 21:39

  • Luray Armstrong Luray Armstrong
    KKKKKKKKKK que maldade com o menino Uchiha Que bom que gostou :D Obrigada pelo comentário. Até a próxima, beijos. 1 de Septiembre de 2018 a las 11:37
~