Momentos com você... Seguir historia

coalacchan Mandy Assis

As vezes nós criamos expectativas e idealizamos um futuro com tudo e com quem amamos, mas uma simples escolha pode mudar sua vida por completo. Não controlamos o futuro, nem o destino, porém eles dão a chance de escolhermos como seguí-los, por isso devemos agarrá-la.


Fanfiction Anime/Manga Todo público.

#yaoi #romance #drama #angst #naruto
Cuento corto
6
4816 VISITAS
Completado
tiempo de lectura
AA Compartir

Capítulo Único



Momentos com você...


Meu corpo se incendeia quando estou perto de você. Meu coração se aquece e minha mente perde o foco. As memórias que tenho sobre o Sasuke preenchem meus pensamentos. Mas chega a um ponto que não tenho mais controle das minhas lágrimas...


Esse álbum de fotos tão cheio, mas tão vazio ao mesmo tempo, acaba com o meu psicológico. Do que adianta casar com uma bela mulher quando não a ama? Por quantos anos irei viver essa mentira? Já não aguento os filhos que tenho com uma pessoa que não amo, e fazer parte de uma família que não me pertence. Cedi tudo que tinha por escolhas erradas, agora só tenho lembranças e essas fotos, envelhecidas, da minha infância e adolescência. Como será que ele está agora, depois de tudo que passamos? Será que ainda posso ter esperanças, mesmo depois de tudo?


As perguntas rodeiam minha cabeça, como se tudo que eu tenha feito naquela época foi em vão. A velhice já me alcançou, mas não esqueci os sentimentos que tenho pelo Sasuke, nunca esquecerei; se pudesse voltar no tempo faria o que meu coração mandasse. Do que adianta ser o hokage e ninja mais forte da geração se não sou feliz, não me sinto amado, nem mesmo pelo meu primogênito. Agora ele vai casar com quem realmente ama, enquanto eu morrerei sem nunca dizer um "eu te amo" de verdade.


— Ei, usuratonkachi. — E essa é a parte mais triste, vê-lo feliz com sua esposa, não a culpo, mas não consigo agir mais como antes quando estão perto de mim.


Os olhos negros dele me encaravam, porém não conseguia retribuir o olhar e sorriso que eram me direcionado. Na verdade, eu não pude tirar minha atenção das suas mãos entrelaçadas. Eu já devia tê-lo superado, no entanto toda vez que nossos olhos se encontram minha paixão renasce, contudo nada adianta, ele já é casado e tem uma filha. Será que chorar na frente deles tem problema?


Depois de tantos anos ele, finalmente, veio me ver. Sakura me abraçou com um sorriso estampado no seu rosto, queria estar assim, ela entrou na minha casa com tanta naturalidade e casualidade que me surpreendeu, tinha até esquecido que éramos próximos a esse nível. Estou tão perdido em minha mente, pensando no passado, que quase não reparei Sasuke se sentar ao meu lado. É assim que vai terminar nossa história?


Não poderei mais beijá-lo? E tocá-lo? Será que ainda posso ter sentimentos por ele?


Chega a ser cômico, nosso primeiro encontro, depois de anos, sentados em uma escada, e não conseguir nem ao menos olhar nos seus olhos. E então cheguei a essa foto, a pior de todas, nós estamos abraçados e sorrindo, sem preocupações; quando percebi meus olhos já estavam cheios de lágrimas, que escorriam pelo meu rosto e molhavam aquelas fotos. Senti uma mão deslizando pela minha bochecha, olhei para o lado e Sasuke tinha um sorriso amarelo no rosto.


— Eu também me sinto assim — Ele se aproxima como se fosse me beijar, mas nada aconteceu. — , mas tenho que lhe dizer algo, antes de tudo, a Sakura ta gravida de novo... — Eu quebrei nossa aproximação e levantei-me.


Não vale a pena correr atrás de alguém que não me quer, que dá desculpas para não ficar ao meu lado. Infelizmente não posso controlar o destino e o futuro, mas de uma coisa posso ter certeza: eu jamais terei Sasuke Uchiha como mais que um amigo.


"Cansei de chorar feridas que não se fecham


Não se curam (não)


E essa abstinência uma hora vai passar" ¹


Talvez se eu não fosse tão cego por reconhecimento, de me tornar um Hokage, não estaríamos aqui. Eu simplesmente estava louco quando casei com a primeira pessoa que se declarou para mim e esquece por completo da única que amei, pelo simples fato de querer filhos e fazer parte de uma família, mas quanto mais eu tentava percebi que só estava me forçando em um lugar que não era meu e então perdi tudo que tinha por egoísmo.


— Não adianta te forçar, nós já somos casados com outras pessoas, mas... mas eu não consigo te esquecer, nem dos meus momentos com você. Meus sentimentos não mudam há tanto tempo que... que... — Sinto suas mãos sobre o meu ombro e o olho no fundo dos seus olhos, meu coração bate tão forte que me tira o fôlego. — Eu te amo, Sasuke!


— Eu sei, eu também te amo — Seus olhos negros me encaram com tanta intensidade, mesmo depois de tudo, ainda tenho as mesmas reações de um adolescente apaixonado —, mas não poderemos ficar juntos, já se passaram tantos anos, tantas coisas que simplesmente não tem como. Não chore, a vida não é um conto de fadas, eu já pertenço a Sakura e a amo, contudo eu irei lembrar-me de você pelo resto da minha vida e dos meus momentos com você. Nosso amor já está acabado, envelhecido.


— Nós podemos aprender a amar de novo!² — meu grito ecoou pela rua deserta e meus olhos ardiam, as lágrimas escorrem pelo meu rosto até que caem no chão, molhando-o.


Meu peito dói...


Ele alisa meus lábios e então ele junta os seus aos meus, esse simples selo fez com que eu corasse, e intensificasse as batidas do meu coração. Vê-lo se afastar de mim e entrar na minha casa, procurando por Sakura, me fez perceber muitas coisas. Quando ele foi embora de mãos dadas com ela me toquei que: a vida nos dá a oportunidade de sermos felizes, mas esses momentos são específicos e únicos, por isso devemos agarrá-los quando temos a chance, agora minha cama não passa de lençóis vazios e a única coisa que me resta dele são minhas lembranças. 


Nota: 


Essa fanfic foi inspirada na imagem de capa, da artista Snow, e em algumas músicas: Thinking Out Loud, do Ed Sheeran; Sparkle, do anime Kimi No Na Wa (Your Name); A Thousand Years, da Christina Perri; e Just Give Me A Reason, da Pink. 


1: música da cantora Pitty, na sua estante.


2: frase traduzida da música de Pink, just give me a reason.   



24 de Julio de 2018 a las 01:55 3 Reporte Insertar 6
Fin

Conoce al autor

Mandy Assis https://www.facebook.com/mandy.assis.56

Comenta algo

Publica!
Karimy Karimy
A sua escrita é muito profunda e possuía uma coisa que prezo muito em narrativas: simplicidade. Acredito que as coisas mais importantes acontecem de forma bastante simples, e você mostra isso com muita propriedade nas suas histórias. A conformação e a certeza do Sasuke fizeram muito sentido e também tornou a one muito real em minha mente; porque consegui enxergar ele pensando e agindo dessa forma, como também consegui imaginar o Naruto mais emotivo, só que também compreensivo, assim como você retratou.
1 de Marzo de 2019 a las 16:31
Karol  Karambola Karol Karambola
Nossa eu tô acabada. Aí caramba, que dor do meu Narutinho assim. Eu gostei muito da mensagem da fanfic, acredito que temos que arcar com as nossas escolhas mas mano... Aaahhh que dor no meu coração. Que vontade de colocar o Narutinho no colo e protegê-lo de todo o mal.
12 de Agosto de 2018 a las 21:52

  • Mandy Assis Mandy Assis
    Nossa, fico muito feliz com a Karol lendo uma fic minha. Muito obrigada mesmo, fico feliz que tenha gostado <3 14 de Agosto de 2018 a las 14:24
~