How to never stop being sad Seguir historia

shinobidesu Karina Diniz

E tudo o que resta é acabar com tudo.


Cuento Sólo para mayores de 18.

#borderline #drama
Cuento corto
11
6.4mil VISITAS
Completado
tiempo de lectura
AA Compartir

Como nunca deixar de ser triste.

Você não consegue se lembrar de quando começou. Percebeu tarde demais que a neblina que encobria teus olhos havia se tornado densa demais, os pés já dormentes em demasia para continuar a caminhada para lugar nenhum. Não há mais escapatória do abismo que você mesmo cavou, tudo o que resta, e se ainda resta, é tentar manter o autocontrole.


Mas nada mais é controlável, tudo é mutável e muda, como muda, o tempo todo, simplesmente muda. Uma hora calmo como funeral de um parente distante, outra hora caótico como um acidente automobilístico. As pessoas que não suportam as mudanças se foram há um mês, porém o que repete para si mesmo é que eles não se foram de verdade. Esse tipo de mentira contada com direito a algumas lágrimas no travesseiro e o peito ardendo entre a sensação de ser esquecido e a saudades são o que te fazem dormir à noite.


Nas madrugadas de pânico com o celular em mãos, você digita milhares de mensagens que nunca serão enviadas. O desespero de estar sendo abandonado constantemente te faz mandar uma, talvez duas das mensagens com frases desconexas sobre o que teus demônios sussurram para ti o tempo todo. Talvez eles estivessem errados. Talvez tudo seja apenas um sonho ruim.


Você passou uma semana esperando uma resposta que nunca veio.


Quando o abismo que você cavou ficou fundo demais pra ver o céu lá em cima, você simplesmente desistiu de tentar manter o controle do que acontecia lá em baixo. Em um impulso afastou todos que um dia te estenderam a mão, fez com que eles te odiassem mais do que você mesmo se odeia.


Mas que se foda, não é mesmo? Se eles realmente gostassem de você eles não te abandonariam assim como os outros que vieram antes deles fizeram. Tua função era apenas preencher o ego deles de se acharem tão superiores ao ponto de dizer que poderiam te ajudar, que poderiam te salvar. Fez certo em provar para qualquer um que fosse que não, ninguém pode te ajudar, porque você simplesmente não pode ser ajudado.


Agora vai ter tempo de sobra pra afogar sua amargura no álcool, descontar em si mesmo através de uma lâmina a raiva que sente do mundo. Ninguém mais vai te estender a mão, ninguém mais vai te impedir em uma dessas tentativas de tentar esquecer de sentir que você acabe com tudo.

E tudo o que resta é acabar com tudo.

17 de Julio de 2018 a las 14:50 6 Reporte Insertar 15
Fin

Conoce al autor

Karina Diniz 20 anos, um sol ardente em áries e a esperteza de carioca pra fugir de assalto. Nasci dia 30 de Março e tenho 5 graus de miopia em cada olho. Tomo remédios que me permitem viver com menos demônios na cabeça a cada dia que se passa. Tenho ótimas ideias e sou boa com começos, o problema mesmo é continuar. Tenho a terrível mania (que gosto de chamar de Síndrome de Martin) de colocar muitas descrições em coisas simples, no entanto, estou tentando melhorar nisso.

Comenta algo

Publica!
abacaxi T. abacaxi T.
Esse texto parece algo que a (maldita) voz da minha cabeça me diz em dias de crise. Mas apesar de eu descobrir, a cada dia, que o poço é mais fundo que eu imaginava, eu consegui pelo menos boas companhias que passam pela boca do poço e param pra conversar comigo frequentemente. Eu consegui encontrar mãos que não recuaram depois de serem mordidas, algumas pessoas resistem bem a dor. Elas vencem a voz, na maioria das vezes. Seus textos são muito bons, e eu só espero não estar falando sozinha.
October 26, 2018, 23:38

  • Karina Diniz Karina Diniz
    Se precisares de alguém para conversar, aproveita que eu também tô no fundo do poço e vamos ser companhia um do outro! É o único jeito de não enlouquecermos de vez nesses dias em que nada parece estar certo. October 30, 2018, 14:31
Elisa Dias Elisa Dias
Profundo e muito bom. Me tocou lá no coração.
August 29, 2018, 20:44

  • Karina Diniz Karina Diniz
    Fico feliz em saber que tenha gostado, foi feito de coração para outros corações. September 14, 2018, 17:47
Camy <3 Camy <3
Adorei a fluidez da escrita e adorei mais ainda a forma como você pareceu ler minha alma. Espero que tudo fique bem. Vai saber, às vezes essa ideia de que as pessoas não vão voltar é só algo que teus demônios te dizem pra te fazer desistir. Ou quem sabe elas estejam esperando mais uma mensagem. Ou talvez isso seja eu sendo positiva de novo e tentando esquecer os meus demônios. Espero que tudo dê certo pra ti <3
August 16, 2018, 04:37

  • Karina Diniz Karina Diniz
    Fico realmente feliz que essa história pôde chegar a tocar alguém! Escrevi ela em um momento muito difícil da minha vida, que felizmente, encontrei um jeito de lidar, e agora estou bem. Tudo sempre dá certo no final. Obrigado por ter dedicado um pouco do teu tempo para vir aqui comentar, isso significa bastante para mim. Espero que esteja tudo bem por ai, um abraço <3 September 14, 2018, 17:44
~